Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Todos nós já sentimos ciúmes em algum momento, mas quando isso foge o controle, é possível que todo amor sentido vire sofrimento. Quando gostamos de alguém, temos a tendência de sentir ciúmes dessa pessoa – e não há problemas com isso, mas muitas vezes as pessoas tomam atitudes precipitadas acreditando que esse alguém é sua propriedade, quando, na verdade, não é.

No começo pode ser apenas um charminho, mas isso rapidamente pode se tornar algo mais sério, como querer sempre ter a vida da outra pessoa sob controle. Tentar descobrir o tempo todo o que o seu parceiro está fazendo é uma tarefa muito cansativa.

É muito cansativo ficar atrás, checando mensagens, exigindo as senhas de email e redes sociais. Ter a vida de alguém totalmente sob os olhos é uma atitude exagerada e, na maioria das vezes, quem está vivendo isso não consegue perceber a gravidade do que está fazendo. Isso revela uma postura muito negativa de quem quer a todo custo ter o outro sob o seu domínio.

Não e uma tarefa fácil tentar mostrar que o ciúme já ultrapassou limites e esta começando trazer infelicidade para a relação. E cá entre nós: é muito desconfortável ter que ficar se explicando a cada novo passo dado. Tentar convencer que a gente continua amando aquela pessoa independentemente de terceiros. Quem tem esse sentimento à flor da pele sabe exatamente como é difícil lidar com a sensação de estar sendo enganado e também de achar que sempre que tem alguém novo na área,  isso pode representar um perigo.

Chega a ser quase inexplicável esse sentimento que aparece e quer formar uma barreira em volta de quem a gente ama. Eu entendo, acredite. Mas mesmo entendendo não posso deixar de falar das consequências que o ciúme exagerado traz: pois além de revelar uma baixa autoestima, gera um desgaste em quem esta ao nosso lado. Por mais que se tenha amor, ninguém suporta passar o resto da vida tendo que dá explicação a todo instante.

Por mais difícil que seja entender, é preciso se conscientizar que alguém fica por gostar e por se sentir bem, mas que a partir do momento que isso não acontece mais, é possível que esse alguém se vá – e quem fica tem que ter tranquilidade para seguir em frente.

É preciso estar atenta aos momentos onde se sente tanto ciúmes que não consegue mais viver tranquilamente. Existe um momento onde não existe mais sentimento, mas sim dependência. Ter sentimentos saudáveis é tão importante quanto a nossa saúde física. Por isso caso esteja perdendo o controle do ciúme que sente, não tenha vergonha, peça ajuda e permita-se ser ajudada, porque mais importante que o amor ao próximo é o seu amor próprio.

Imagem: Pexels

@ load more