Quem somos Termos / Política de Privacidade Contato
< Superela.com
Você está em:
Clube Superela
+18
home recentes populares temas relacionamentosexoautoestimabelezaestilotrabalhoentretenimento perguntar

vocês já passaram por um relacionamento abusivo?

gente, eu acho que estou passando por um relacionamento abusivo (ele é controlador, não me deixa ter amizade com outros homens, tem coisas que ele não me deixa fazer...). vocês já passaram por isso? como lidaram com uma relação dessas?
Caroline . 4 anos

9 Respostas

Naomi . 4 anos
Graças à Deus, não.
Sempre respondo à altura e não levo desaforo pra casa de ninguém, ainda mais de homem. Não tolero de maneira alguma que fiquem podando minha liberdade.. isso de "não pode fazer isso ou aquilo" não se aplica à mim.

Sugiro que vc levante a cabeça, literalmente. Ele não pode querer controlar tudo o que vc faz, isso é ridículo! E vc permitir que isso aconteça é pior ainda. A vida é sua, as amizades são suas! Homem que gosta de controlar tudo é sinônimo de homem inseguro e imaturo.
+7 arrasou
Rbpj . 4 anos
Vivi três anos com um homem. No início ele era maravilhoso, gentil e carinhoso. No início implicava com minhas roupas, me pedia para não fazer algo que gostava muito e que eu não falasse que certas pessoas. Tudo de forma bem sutil porque dizia que era para meu "bem". Eu bobona, carente e insegura achava que era preocupação e que ele me amava.

Mas, aos poucos ele foi se revelando e me proibia de fazer as coisas e fez com que as pessoas me considerassem louca, pq na frente dos outros era um anjo mas eu me comportava de forma descontrolava pelo inferno que vivia. Claro, que começaram as agressões físicas e verbais. Ele me batia e dizia que eu era a culpada porque o irritava e me pedia desculpa do jeito mais carinhoso do mundo e eu aceitava.

Tinha medo de contar o que passava para minha família por vergonha e medo da reação dos meus pais, principalmente da minha mãe com quem nunca tive uma boa relação. Sabia que ela irá me criticar muito quando soubesse.

Por causa dessa situação tive depressão, ansiedade e síndrome de pânico. Fiquei na merda pq não tive forças para sair daquilo. Mesmo me maltratando achava que morreria sem aquele homem. Mas, amor não mata, se mata não é amor. No meu caso era medo, insegurança e falta de amor próprio.

Viajei, voltei 2 dias antes do combinado e peguei meu ex com outra na nossa cama. Foi a maior humilhação que passei na vida, bati nele e nela e quebrei tudo em casa. Ninguém me segurava naquele dia. Na hora ele vendo meu descontrole chamou meus pais que vieram me pegar e como sempre ele posou de santo. Quando me acalmei contei a eles tudo que estava vivendo e eles praticamente me perderam na casa deles para não ve-lo mais. Só chorava e me sentia um lixo de pessoa. Mas, o fundo do poço tem mola.

Meus pais me levaram para fazer uma viagem, sair de perto dele e quando voltei comecei um tratamento psiquiátrico porque estava fora do meu juízo perfeito.

Hoje, estou muito bem, feliz e casada com um homem que antes de qualquer coisa me respeita como ser humano.

Meu conselho é que não aceite o minimo abuso do seu parceiro, pq tudo começa com pequenas coisas. E aquele velho ditado: Antes só do que mal acompanhada. Não aceite qualquer um só para dizer ao mundo que tem alguém. Ame-se e cuide-se pq assim boas coisas surgirão na sua vida.

Entenda que é pessoa mais importante da sua vida. Tive que viver um inferno para entender que nada nem ninguém pode ser maior que nossa dignidade.
+13 arrasou
Deza . 4 anos
Rbpj...
Que história de superação incrível, que bom que você saiu desse inferno de relacionamento, um exemplo a ser seguido. Você se tornou uma mulher maravilhosa, Parabéns.

Caroline,
Eu também já sofri alguns relacionamentos abusivos, mais é aquele negócio, você só passa por isso, se você quiser. Quando escolhermos alguém para amar, para morar juntos, vemos mais a capa da pessoa, não conhecemos a pessoa por dentro, quando começamos a viver junto com ela, aí é que percebemos quem é a pessoa.
Aí cabe a você vê e decidir se quer continuar naquilo (porque a tendência é piorar) ou cair fora o quanto antes.
A maioria dos meus ex's sempre fizeram chantagem emocional, ameaçava se matar, choravam, não saia do meu pé, um porre só, para eu não terminar o relacionamento. Mais quem aguenta isso?? Eu mesmo não!!!
Tinha outros que controlava minhas roupas, saídas, aí eu: "pode parar por aí ô meu, você não é meu dono'' tentava conversar ainda, pra ver se parava, se não, terminava mesmo.. Outros que tentou me agredir psicologicamente, esse aí não tive meio tempo, mandei ele pastar mesmo. Graças a Deus nunca sofri agressão física de nenhum, mais também se isso acontecesse ia ser a última vez.
Gata uma mulher que se ama, jamais deve deixar um homem lhe rebaixar a ponto de você se sentir um lixo, sua autoestima, seu amor-próprio, só você tem, só você constrói, ninguém te dar esse tipo de amor, vem de você.
Então permita-se ter relacionamentos em que você se sinta bem e feliz.
Boa sorte no amor...

Bjus de luz***
+6 arrasou
Trix . 4 anos
Nunca vivi uma relacao abusiva, mas ja tive um stalker na minha vida ha qse dez anos. Esse cara me deixou realmente apavorada. Nunca houve ameacas, mas ele era muito inconveniente. Ligava de varios telefones diferentes, mandava varias mensagens. As mensagens eram absurdas. Numa vez que eu desliguei o celular pq estava fazendo trabalho na casa de uma amiga, quando liguei o aparelho ele tinha me enviado ** mensagens! E a cada mensagem dava pra perceber a oscilacao no humor dele. Na primeira ele me chamava pra sair e na ultima falava que eu me achava esnobando ele, quem eu pensava que era, me xingava. Muito louco. So fiquei tranquila quando mudei de bairro.

Eu sempre temi homens assim, desde crianca vendo meus tios agirem com minhas tias com agressividade e violencia, ate essa experienca com o stalker. E hoje todos os dias vemos noticias sobre violencia contra a mulher. Ta complicado se envolver. Eu nao tennho medo algum de sofrer por amor, me apaixonar e nao ser correspondida, mas tenho mto medo de sofrer violencia de um parceiro, seja ela qual for.

Sobre seu namorado, vc ja conversou com ele sobre como isso te atrapalha? As vezes os caras pensam que eh assim que as coisas sao num relacionamento, provavelmente ele agia assim nos relacionamentos anteriores. No inicio, quando o cara faz essas coisas, a mulher apaixonada nao percebe a real intencao do cara e nao corta entao ele vai se sentindo a vontade para tomar um lugar que nao eh dele (dono da sua vida). Desde que nao tenha havido agressao fisica (sei que toda forma de agressao eh horrivel, mas esta eh imperdoavel. Se acontecer eh uma vez so) acho que vale a pena conversar com ele e dizer o que te incomoda. DR mesmo. E ver qual eh a reacao dele.
+2 arrasou
Viviane Pereira . 4 anos
Eu acredito  estar passando por um relacionamento abusivo, pois me encaixei em vários aspectos do tema.
0 arrasou
Diná Lima . 4 anos
Caroline, eu já. Ano passado. Como lidei ? Bem, eu não havia percebido no que tinha me metido, então eu simplesmente brigava e fazia o que eu queria e então achava que tava  tudo bem assim. Mas não, por que eu fazia o que queria mas era sempre dando satisfação e me preocupando com o que ele ia falar, so por medo de mais uma briga desgastante. ~Durante esse "relacionamento" eu desenvolvi até problema com ansiedade que carrego até hj~.
Quando me dei conta, a merda já estava feita, eu estava emocionalmente apegada a ele (apesar de nunca ter gostado dele) ,  mesmo assim, terminei com ele, várias vezes. Ou seja, não agi certo , pois acabava voltando a cometer o mesmo erro , pois num relacionamento abusivo , o abuso vem de um manipulador e era assim que ele me convencia a voltar. Mas isso acontecia por que eu ainda não tinha visto tudo, era pior do que eu pensava, além dele ter ameaçado se matar e me "deixar​ com a culpa", certo dia, ele deixou claro que estava comigo apenas para ter uma namorada para dar carinho e sexo a ele. Ele não falou , mas ficou claro. Quando isso veio a acontecer eu já tinha feito o que devia ter feito no primeiro abuso dele , terminei, não lembro bem como terminei , mas lembro que foi libertador ...  porém, muito doloroso, não pelo fim, pelo fim, não derramei uma lágrima, já que foi um alívio. Mas pelo jeito que acabou, pois eu, Leo vendo sinais de abuso, machismo e falsidade desde o primeiro dia, insisti achando que não tinha nada a perder e no final, perdi , por um mês , o pouco de paz que tinha e até o momento em que eu retruquei , tinha perdido a dignidade também, ele usou o sexo para me ofender e me chamou das piores palavras que se pode dizer a uma mulher. Depois disso, eu respondi a altura e tô aí, tentando superar os traumas que o "relacionamento" me deixou, estou com alguém que gosto muito desde  antes do namoro com meu ex , ainda bem que ele tem paciência comigo pq " arisca "não é o que me define , é mais que isso.
Se quer uma sugestão , acho que é óbvio, se você acha que está num relacionamento abusivo , dificilmente vc está errada , a gente não se engana com isso .. e essas coisas que vc citou é o que meu ex fazia. Então, sujeito que escape antes que piore ... Faz o que sabe que é o certo, por você ❤
+2 arrasou
Diná Lima . 4 anos
Sujiro *
0 arrasou
Muhammad . 4 anos
Minha ex diz que o relacionamento foi abusivo, eu alertava ela sobre os caras que eu via ter maldade, e era mais medo de perder sabe? Só que eu não impedia ela de conversar, eu falava pra não dar intimidade sabe? E tipo pra não perder mesmo, aqui no ***** ou em outro lugar eu vejo que muitos relacionamentos acabam por vocês conhecerem e conversa com um cara acha legal e ir rolando etc, esse era meu medo, porem hj eu vejo que são coisas que eu não precisaria pedir sabe? Eu sinto falta dela, queria conversa com ela, ate voltar, mas eu não pediria pq isso vem da consciência, se a mulher for querer trair e tals acho que ela vai de qualquer jeito e eu não vou ficar sabendo (se tiver um jeito de saber me falem PF kkk) mas é isso meio que falei como o homem aqui pq vai muita opinião feminina e tals se não serviu de nada peco desculpas.
+1 arrasou
Paula Assis . 4 anos
Eu já! De início achava que era somente ciúmes e deixei de sair de casa por meses só porque ele achou ruim de eu ter saído com minhas amigas pra jogar sinuca (detalhe que quando isso aconteceu, ele já estava morando em outro estado e ainda sim queria mandar em tudo). Eu não podia conversar com outros caras, muito menos jogadores de futebol (já terminamos uma vez por isso e ele me xingou muito, como se eu fosse a pior pessoa do mundo).
E quando a gente brigava porque eu descobria alguma traição, ele dava um jeito de contornar a situação e me colocava como culpada, me xingava.
Namorei assim a distância por 1 ano e meio entre idas e voltas (fui onde ele morava algumas vezes). Ele exigia tanto de mim que eu fui cansando com o tempo e entre uma separação e outra eu ia gostando menos até que acabou de vez.
0 arrasou

Sua resposta AQUI

Que bom que vai responder!! Só lembrando que estamos aqui para realmente AJUDAR outras pessoas, então pense nisso! Obrigada! :)
relacionamentosexoautoestimabelezaestilotrabalhoentretenimento
🙋 Editar resposta 🙅 Excluir resposta 👀 Ocultar resposta 👀 Republicar resposta 😠 Denunciar resposta 😠 Remover denúncia
...