Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Não é de hoje que o ser humano tem problemas na mudança de rotina. Desde sempre, sair da famosa zona de conforto, faz muitos de nós pensarmos em como a mudança é trabalhosa e não está ao nosso controle.

Taí o primeiro motivo: CONTROLE

Quando não temos o caminho ou o planejamento, algo dentro de nós apita:

Cuidado, perigo!

Seu cérebro está preparado para te proteger de várias situações. Por isso, não saber ‘’onde se está pisando’’ entra nessa classificação. A mudança de rotina causa transtornos, respirações mais profundas, superativação de áreas do cérebro que fazem você ficar em alerta e, até mesmo, perder o sono.

Porém, existe solução pra tudo isso. Primeiro é confiar que aquilo em que você deseja pra si (de bom) acontece. Mudanças são feitas para te tirarem de um ciclo que já terminou (ou está terminando) e te colocar em algo novo. Algo que vai te projetar e trazer novas lições que te possibilitem evoluir e subir mais um degrau em direção aos seus sonhos.

Acredite: quanto MAIS você desejar, sentir e comunicar o que quer, mais isso tem possibilidade de acontecer.

“Raí, qual o segundo motivo?”

Alteração de rotina

Toda mudança de rotina traz com ela uma senhora que chega até você e diz:

Levanta, acorda, pés no chão, barriga pra dentro, as regras agora são essas!

Aqueles que estão acostumados a ter o certo, o que já está adaptado ou o que já se sabe como fazer sofrem D-E-M-A-I-S quando isso acontece. Alterar a rotina, principalmente para determinados perfis, é duro, mas imagina se a vida não possibilitasse isso? Você seria a mesma criança com os mesmos brinquedos, dependência emocional dos pais, sem poder ter autonomia e fazer o que quiser.

Amig@, olha pra mim: a mudança de rotina teve que acontecer pra você conseguir ser quem é hoje. Você foi passando do carrinho e da boneca, para o interesse pelos amigos, pelo querer trabalhar e assim por diante.

ESTAR PRESO À ROTINA é pra quem tem medo de abrir os braços pra renovação da própria vida.

Já diziam os sábios: os mesmos hábitos, não levam a resultados diferentes.

Então, pare agora e pense: O quanto você tem se permitido ficar numa rotina que não traz resultado por comodismo?

SAI DISSO AÍ!

Abra os braços e confie na mudança: Segue em frente e veja o novo.

“Mas Raí, isso causa estranhamento, tenho medo…”

Amig@, o nome disso não é estranhamento. O nome disso é DOR!

Esse é o terceiro motivo pelo qual você tem medo da mudança.

A dor que isso pode te causar.

O quanto mexer em alguns aspectos da sua vida, pode trazer feridas, dores de cabeça ou pessoas que fizeram mal à tona.

Mas deixa te dizer: DEIXA VIR.

Como dizem por ai: Para o músculo crescer, é preciso deixar sentir dor.

(Lembra de quando você volta a academia depois de tanto procrastinar? Então, essa dor ai mesma rs)

A dor está te preparando para os ganhos maiores que estão vindo para você. Não a trate como uma inimiga, trate como uma treinadora das suas emoções. Ela vai te ajudar a chegar ao teu sonho.

Ou você realmente acha que hoje está preparad@ para receber o seu sonho?

Ah jura? Será que está mesmo?

Nenhum de nós está preparado e, por isso, tem que treinar.

“Então, quando vou saber que estou pront@ para meu sonho acontecer?”

Quando ele se realizar.

Quer saber mais? Acesse meu canal aqui: Leva Pra Vida.

Precisamos acabar com o nosso medo de mudanças!

Imagem: Unsplash

@ load more