Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Existe uma forma de saber como diminuir a ansiedade sem recorrer a remédios, antidepressivos e por aí vai? Claro que sim! Para isso, é preciso fazer com que seu corpo e mente estejam em sintonia e, acredite, isso não é tão difícil quanto parece. Mas… vamos do começo? Senta aqui, respira e vem comigo que vou te contar como se livrar desse mal:

Como diminuir a ansiedade de forma saudável?

como diminuir a ansiedade

Todos nós temos aqueles dias em que a lista de tarefas parece ser muito longa, muitas pessoas estão exigindo nossa atenção ao mesmo tempo e parece que nada está se saindo da forma como deveria. Quando assustamos, estamos com taquicardia, nos sentindo extremamente acuadas e angustiadas. Ahh, a ANSIEDADE. A perninha balança, a mão sua e por aí vai.

Controlá-la parece uma tarefa impossível, mas é pra isso que estamos aqui hoje! Saca só essas 6 dicas (e mais uma especial de bônus) que vão te explicar como diminuir a ansiedade dum jeito MUITO foda:

1. Coloque na sua cabeça que você não está sozinha

como diminuir a ansiedade

Tradução: abraço de emergência

Ter ansiedade é normal, você não é uma aberração. O problema é que a maioria sequer admite que sofre disso, entrando num processo de tapar a treta com a peneira. E é aí que mora o perigo, sabe?

O primeiro passo para saber como diminuir a ansiedade é parar de fingir que ela não acontece com você. Encare-a de frente e entenda que ninguém é de ferro. Só assim você conseguirá refletir sobre os verdadeiros motivos dela estar acontecendo e o que fazer para reverter o quadro atual.

Se permita fraquejar de vez em quando, sabe? Faz parte.

2. Crie limites saudáveis

Ok, primeiro passo feito: você finalmente aceitou que sofre de ansiedade e quer mudar isso. Chegou a hora, então, de aprender a se proteger dela. Para isso, vou falar um pouco sobre energia. Pasme: o conceito de “mal” vai muito mais além do físico ou da intenção, sabe? Uma pessoa que não gosta de você mas não fala NADA já é o suficiente para sentir que há algo de errado.

Sabe quando entramos em um lugar e a energia está pesadíssima? Ou então quando cismamos que fulan@ não é uma boa pessoa, mas el@ não fez nada com você? Pois então: e-ner-gia, e das bem negativas. Tendo isso em mente, quero que você tire um tempo para si mesma e reflita sobre TUDO que poderia estar te fazendo mal. Em que partes do dia você se sente mais ansiosa? E em que lugar? Coincide com a presença de uma pessoa ou algum episódio (tipo uma reunião, por exemplo)?

Tendo todos esses aspectos esclarecidos, chegou o momento de tentar se afastar deles. Tire um tempo para se recuar de pessoas, lugares, ruídos, informações e novidades que possam mudar o seu estado de espírito. Caso isso não seja possível, tente se abstrair delas. Afinal, agora você já sabe de onde sai a fonte de tanta ansiedade e pode tentar contornar a situação para o seu próprio bem.

3. Libere a ansiedade do seu corpo

como diminuir a ansiedade

Beleza, você já sabe o que te deixa ansiosa, já aceitou a condição, mas o danado do sentimento não sai de você. Relaxa. Mais normal que isso não existe. Mas e aí? Como diminuir a ansiedade então se toda essa reflexão não te aliviou?

Mexa esse seu corpinho! Faça coisas que você gosta (assistir TV, ler um livro, dançar e etc), tente se exercitar (seja com corridas ou caminhas), pratique Yoga, tire um cochilo e por aí vai. O segredo é: se ocupar com coisas que te fazem fugir da realidade por um tempo. Assim, sua mente e seu corpo terão, pelo menos, uns 10 minutinhos de descanso por dia.

4. Cultive pensamentos positivos

Não é para fingir que a sua ansiedade não existe, ou que os problemas com os quais você está lidando não são importantes. O uso de pensamentos positivos dará força à sua consciência e te lembrará, constantemente, que existe bondade nessa vida. Acredite: precisamos MUITO de mensagens como “isso vai passar” quando estamos nos angustiando por algo.

Além disso, quando a bad bater, lembre-se de TODAS AS COISAS PELAS QUAIS você se sente GRATA. Pode ser pela saúde, pela presença de pessoas queridas e até mesmo pelo fato de o sol existir e o mundo girar. Não importa o que seja. O que importa é se lembrar de que existem mil outras coisas que te fazem muito bem, contra algumas coisas que estão te deixando extremamente ansiosa.

5. Seja compreensiva consigo mesma e se cuide

Coma bem, durma o suficiente, pratique exercícios e faça mais coisas para si própria. Dê um descanso para sua mente e coração. Seja boa consigo mesma. Se preciso, procure por um profissional confiável que possa te ajudar e entender suas próprias vulnerabilidades e como lidar com elas.

Lembre-se de que nosso corpo é o nosso santuário.

6. Respire

como diminuir a ansiedade

A respiração profunda intencional (aquela que enche a barriga e o peito de três a seis segundos pelo nariz e, depois de uma breve pausa, é liberada devagar pela boca) é a maneira mais rápida de entender como diminuir a ansiedade. Afinal, ela nos afasta dos pensamentos ansiosos e nos ancora ao presente.

E, por fim…. uma das melhores formas de saber como diminuir a ansiedade é..

… cultivar mais o seu amor próprio. É ele que vai te ajudar a se sentir grata por todas as coisas boas que te rondam e te dará forças para se cuidar e seguir em frente! 

Imagem: Reprodução


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more