Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Talvez você não tenha percebido, porém existem diversas empresas listadas na bolsa de valores que estão presentes no nosso dia a dia.

Pois é!

Isso muitas vezes passa despercebido aos nossos olhos porque não reparamos na quantidade imensa de marcas que estão escondidas em cada momento no nosso dia.

Basta abrir um pouco os olhos e conhecer quais são essas empresas que você convive diariamente e nunca percebeu.

Quando você percebe que investir na bolsa não é jogar um jogo de azar, mas sim investir em empresas e em negócios lucrativos, você consegue tomar melhores decisões e se adaptar com as oscilações do mercado.

E quais são essas empresas?

Onde elas estão?

Eu adoro dar dicas para todos os níveis de investidores no meu blog pessoal. Um dia minha amiga Letícia me perguntou como ela poderia começar a investir na renda variável da maneira correta.

Como qualquer pessoa que está começando, a bolsa de valores, em um primeiro momento, pode parecer apenas um local de apostas. Mas ela é uma maneira de investir em negócios lucrativo, sem ter o seu.

Já parou para pensar o quê você faz quando você acorda?

Você acorda e escova os dentes usando uma pasta de dente da Colgate (COLG34). Entra no banho, usa o sabonete da Johnson (JNJB34) e lava o cabelo com o shampoo da Univeler (ULEV24).

E o que você veste?

Camisa que comprou na Hering (HGTX3), com uma calça de Renner (LREN3) e uma alpargatas. E é lógico que não poderia faltar um perfume na Natura (NTCO3).

E não pode esquecer de sair sem comer algo. Talvez um pão com manteiga, uma fruta, um yogurt. Tudo isso que você comprou da última vez que fez compras no Carrefour (CRFB3) ou no Pão de Açúcar (PCAR4).

Toma um último copo de água (SBSP3) e vai para o trabalho com o seu carro e que foi abastecido com gasolina (PETR3).

Ao chegar no escritório, você fica em um prédio que foi erguido por alguma das maiores construtoras do Brasil, como a Cyrela (CYRE3), a Gafisa (GFSA3), a Ez tec (EZTC3) ou a JHSF (JHSF3).

O computador que você usa para trabalhar foi configurado pelo Totvs (TOTS3) e a rede de telefonia que você usa no trabalho é da Telefônica (TLNC3)

E é claro, quando precisa trocar mensagens com os amigos no WhatsApp você usa o plano da TIM (TIMP3).

No almoço, você vai em um restaurante e resolve pedir o básico, arroz (CAML3) com feijão (JOPA3), contra-filé (BRFS3) e batata frita (MDIA3). E claro, não tem como almoçar sem tomar algo e você pede uma H2OH! que é distribuída pela Ambev (AMBV3).

Você volta para o trabalho para terminar o expediente. Quase no final do dia, suas amigas te chamam para um Happy Hour e você aceita. Claro!

Antes de ir você toma um Engov que comprou na Droga Raia (RADL3) e no barzinho você e suas amigas pedem um baldinho de Stella e sempre tem uma que pede Corona, ambas da Ambev (AMBV3).

E para pagar a conta?

A maquinha é da Cielo (CIEL3), e você passa como seu cartão de crédito que pode ser do Itaú (ITUB4), Santander (SANB3) ou Bradesco (BBDC4).

Quando chega em casa decide fazer um macarrão (MDIA3) e antes de dormir apaga todas as luzes (EGIE3).

Isso não é fantástico?

Em um simples dia, tantas empresas estão presentes no nosso dia. E muitas outras, escondidas em cada momento.

E tem empresa que passam ainda mais despercebidas, como a Maxion (MYPK3) que vende partes de componentes automotivos.

Isso prova mais que tudo que bolsa é uma maneira de investir em bons negócios, presentes no nosso dia-a-dia de uma maneira muito mais simples. Mas afinal, o quê é a bolsa de valores?

Entendendo a Bolsa de Valores

A bolsa de valores é um mercado organizado onde se negociam ações de sociedades de capital aberto, que podem ser privadas ou públicas.

Esses pedaços são chamados de ações, uma fração do valor da companhia que é negociada em um pregão, todo dia útil.

Essas empresas no geral são de grande porte e muitas vezes são multinacionais.

Qualquer empresa pode se tornar pública. Basta fazer IPO.

A verdade é que a bolsa só é lembrada quando está em alta ou quando está em queda. E muitas vezes é tratada como cassino.

Bolsa não é cassino!

Para qualquer ativo, existe uma oferta e uma demanda que regula os preços no mercado de ações. Até títulos de renda pública variam no curto prazo, e eles não são chamados de cassino, então por que a bolsa é?

A bolsa seria cassino se você apostasse apenas uma moeda em um ativo, esperando a roleta girar e que sua empresa escolhida fosse a ganhadora.

Mas a realidade é diferente.

A Bolsa de Valores é cíclica, os setores são cíclicos e cada empresa tem seu ciclo, tanto de alta como de baixa.

Pra ficar mais claro, vamos imaginar o seguinte:

A Felicia tem uma loja de sorvete localizada em Santos, onde vende seus produtos na beira-mar.

No verão, a sorveteria de Felicia faturou o equivalente a 9 meses e assim ela conseguiu cobrir todos os seus custos e viver a sua vida.

Na primavera e outono, como a demanda é menor, ela vendeu bem menos, porém conseguiu ganhar seu dinheiro.

E no inverno?

Ela não vendeu nada.

Porém a alta demanda no verão foi suficiente para ela equilibrar as suas contas o restante do ano, dado que inverno a procura por sorvetes costuma ser baixa.

A mesma coisa que aconteceu com a sorveteria da Felicia, acontece com diferentes empresas. A grande diferença é que o valor da sorveteria não é apurado diariamente, eles está escondido e só a Felícia sabe o quanto vale a sorveteria dela.

Então como você que quer investir em ações pode saber qual a verdade valor de uma empresa?

Investindo em ações

Bom, o primeiro passo você já deu. Entendeu que bolsa não é cassino e sim um meio onde empresas são negociadas.

A grande pergunta, e que todos tentam responder é:

  • Qual o preço que essa empresa vale?

Ou melhor…

  • O quanto essa empresa valerá no futuro?

Quando você faz esse tipo de pergunta e tenta buscar o valor da empresa, você está analisando os fundamentos da ação.

Ou seja, compreendendo o modelo de negócio da empresa, ciclo econômico, estoque, mercado competitivo, custos e despesas operacionais e entre outros aspectos relevantes para determinar o valor de mercado dela.

Porém existe outra abordagem e que geralmente é a que faz parecer que bolsa é cassino: Análise técnica.

Diferente da análise fundamentalista, a análise técnica tenta entender o comportamento do preço da ação ao longo do tempo.

Basicamente: Comprar em um momento de preço baixo e esperar que o preço suba em um período definido para vender a ação.

Esses dois métodos de avaliar uma ação são válidos e funcionam quando bem executados. Descubra qual combina mais com o seu perfil, saia das dividas e comece a investir na bolsa de valores.

Abraço e até a próximo.

@ load more