Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Por que fazer exercícios físicos é tão difícil? A gente sempre coloca na lista de metas para o ano começar a academia, mas dificilmente consegue manter a promessa de ir todos os dias da semana por uma hora. Agora que o ano começou oficialmente, não existem mais desculpas para deixar de cumprir o que você se propôs (mas se você precisa de uma ajudinha, a gente tem a solução!).

Segundo a coach fitness da Be Best Energy, Vanessa Furstenberger, tem um erro comum nessa brincadeira: normalmente, a gente tenta colocar os exercícios em horários que não estamos acostumadas e não escolhemos uma atividade que a gente gosta. Isso significa que: se você não tem o costume de acordar cedo e não gosta de musculação, levantar às 06h da manhã para ir para a academia não será nada divertido.

“A melhor saída para quem ainda não faz exercícios é encontrar um bom horário para começar a fazê-lo e tbm algo que goste. De repente, uma simples caminhada na rua pode despertar uma motivação para se exercitar e até para procurar outros tipos de modalidades que complementam essa caminhada mais pra frente”, explica a profissional.

Então, pegue aquele seu tênis guardado no fundo do armário e mãos à obra! Separamos algumas dicas infalíveis para quem quer fazer exercícios físicos e manter essa rotina saudável por muitos e muitos anos.

fazer exercícios físicos

1.Procure uma atividade que te deixa feliz

Segundo Rodrigo Domingos, profissional de educação física da rede Just Fit Academias, o melhor a fazer sempre é procurar uma atividade que você gosta. Se você não curte musculação ou não acha que pode vir a gostar dessa atividade, descarte-a e procure por outra coisa que te deixe animada e empolgada para fazer. Vale de tudo, desde aulas de zumba até algumas horas de yoga na semana. O importante é você mexer o corpo.

2.Entenda sobre as suas capacidades físicas

Outro erro comum é você começar a fazer um exercício sem buscar ajuda profissional antes. Procurar um professor capacitado para entender as suas aptidões físicas é importante para saber qual o tipo de exercício que deve ser uma prioridade para você. Se você estiver sedentária (sem fazer exercícios há muito tempo), saber quais as limitações do seu corpo nesse momento evita lesões e contusões sérias.

3.Na dúvida, caminhe!

A caminhada é uma opção incrível para quem ainda não pode bancar uma academia ou consultar um profissional, porque é um exercício simples e sem impacto. Você só precisa de um tênis e uma roupa confortável, e não perde o tempo de deslocamento até uma academia ou estúdio – fora que é muito fácil de fazer! “Aos poucos vai se tornando rotina, trazendo resultados na melhora da saúde e da estética, motivando para que a pessoa busque novas atividades e abra uma hora na sua agenda para isso”, diz Vanessa.

4.Comece pequeno

Lembra quando a gente falou aqui sobre a regra do minuto? Ela também pode ser aplicada às atividades físicas. Rodrigo explica que o nosso corpo é altamente adaptável, o que significa que você pode começar com alguns minutos de exercícios por dia ou algumas vezes na semana e aumentar esse tempo conforme você evolui, ganha mais força e melhora a sua capacidade respiratória. Por exemplo, que tal 20 minutos de caminhada três vezes na semana, que aumenta para 30 minutos quatro vezes na semana, até que você faça esse exercício todos os dias?

5.Não se prenda à quantidade

Os médicos aconselham 3 horas na semana para uma rotina saudável, mas o que importa mesmo é você separar um tempo para movimentar o corpo de alguma maneira, seja meia hora por dia, seja duas horas seguidas no final de semana. Mas ter alguma atividade no seu dia a dia deve ser o foco, já que ajuda a controlar o estresse, diminuir a ansiedade, aumentar a sensação de bem-estar e trabalhar o foco e a força física.

 

6.Fazer exercícios físicos é um compromisso

Você não falta em uma reunião importante de trabalho, certo? Com o exercício físico, o princípio é o mesmo: para ele se tornar parte da sua rotina, você precisa transformá-lo em uma prioridade. Ou seja, ele é um compromisso na sua agenda, que não pode ser desmarcado, a não ser em casos extremos. Essa prática precisa se tornar um hábito na sua vida, caso contrário, será difícil mantê-lo.

O principal é você lembrar que essa atividade física precisa ser um momento de diversão e relaxamento. Você precisa se sentir bem, entende? Caso contrário, se torna uma cobrança e mais um peso no seu dia a dia – e a gente bem sabe que não é disso que você precisa. Teste diferentes atividades, procure uma que você goste e aproveite esse momento para cuidar de você mesma.

eficiência no trabalho

 

Foto de capa: Reprodução


Você já superou a dificuldade em fazer exercícios físicos? Que tal ajudar a nossa leitora? É só você responder a pergunta abaixo ou clicar aqui para participar da discussão.

@ load more