Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O mundo está ao contrário e parece que agora todo mundo reparou! A questão é: como manter o equilíbrio, quando tudo parece ter virado de ponta cabeça?

Nem que você não queira, o assunto do Coronavírus é uma realidade e afetou toda a humanidade. Isso mexeu com o nosso planejamento, nossa rotina, a forma como a gente lida com as dores das pessoas e como podemos nos unir, mesmo a distância.

Tem muita gente ansiosa e preocupada e assumiu o “minha vida está cancelada”. Por isso quero compartilhar algumas estratégias para que você cuide e tome cuidado nessa fase de incertezas. E acima de tudo, mantenha o equilíbrio. Não é o fim do mundo e sim o despertar dele!

Golden Girls Smile GIF by TV Land

Comece cuidando

Cuidar não apenas checando se você tem um álcool na bolsa gel e se sua mão está limpinha! Cuide das pessoas próximas e que estão passando por momento difícil.

Cuide ligando para alguém que gostaria de receber sua atenção. Cuidar para que você não seja um risco para alguém. Ofereça seu suporte, suas boas palavras, sua visão otimista.

Quanto menos a gente propagar o caos, menos força ele tem. Compartilhe informações coerentes, de fontes seguras. É uma forma de você espalhar a empatia e respeito pelo próximo.

Drag Race No GIF by Shalita Grant

Tome cuidado

De fato sabemos que nessas épocas de caos manter o equilíbrio é algo trabalhoso. Mas cuidado para não entrar numa realidade que não é a sua! Ou acreditar que sua vida está congelada por tempo indeterminado.

Mais do que nunca a vida está nos pedindo discernimento e consciência! Especialmente para filtrar o que é realidade de fake news. Se o bom senso realmente existe – pois o que funciona para mim, não funciona para todo mundo, é nessa hora que deve usado.

Filtre para que esse momento de fragilidade não seja usado por outras pessoas com más intenções. E acabe plantando ideias desnecessárias de como você deve gerir a sua vida agora.

O que fazer para manter o equilíbrio. Sua vida não está “cancelada”

Para manter o equilíbrio agora, procure não entrar nessa energia de pânico, medo, caos e insegurança. Isso apenas aumenta a sua ansiedade e te deixa ainda mais angustiada.

Um bom exercício é se colocar no momento presente e perceber o que de fato está acontecendo agora. O que tudo isso pode te ensinar? E então se cercar de que você realmente está trabalhando para solucionar as coisas ou se está simplesmente rodando em círculos há algum tempo.

Há um tempo tenho aplicado alguns hábitos que me permitem não entrar nessa onda do inconsciente coletivo e me ajudam a blindar o que de fato não me levam a lugar algum.

  • Repense seus hábitos: veja se você tem procurado as notícias ou se alguém tem enviado a você. Passe a assistir menos TV e acompanhar menos os noticiários sensacionalistas. E se alguém está te perturbando com notícias caóticas, dê um tempo dessa pessoa.
  • Vai ficar em casa? Não precisa ser chato! Escute mais música, assista filmes de outras culturas, maratone uma série com os amigos no final de semana. Estude, marque um bate papo pelo skype com alguém distante, pegue livros emprestados. Escreva uma carta, planeje o que deve acontecer na sua vida esse ano.
  • Use mais o tempo livre: pratique o autocuidado, destralhe objetos sem uso, organize a bagunça do guarda roupa, cozinhe algo diferente, alimente a sua criatividade e curiosidade.
  • Ficar ao ar livre não está cancelado: organize um picnic, vá passear com seu pet, leia um livro na sombra de uma árvore. Medite em meio a natureza.

Pensamentos Finais

Eu costumo acreditar que tudo que acontece tem uma intenção. E o grande aprendizado coletivo é olhar para nossas vidas com mais seriedade. Talvez, se o vírus não estivesse aí você não repensaria seus hábitos e mudaria sua rotina no piloto automático.

Pode ser que você não se preocuparia com seu próximo, da mesma forma como tem feito agora. Quem sabe, nunca iria perceber o quanto ficar em casa também é bom e o tanto que você perdeu na rotina turbulenta do dia a dia.

Nessas horas é que passamos a valorizar as pequenas coisas, os pequenos gestos, as ligações ao invés de mensagens. A mesa posta para o almoço em família e o chá compartilhado no final do dia.

E não são coisas como essas que realmente fazem diferença no nosso dia a dia?

Tomara que quando esse momento de incertezas passar, você mantenha todos os bons hábitos que cultivou quando precisou desacelerar e repensar como pode viver melhor a sua vida.

@ load more