Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Usar a tecnologia de plataformas como o Kimbino e planejar-se são vitais para ter sua casa e não sofrer muito financeiramente.

Ter sua emancipação é uma dos momentos mais importantes da vida adulta. Desprender-se dos pais para morar sozinha ou com seu companheiro(a) é libertador, mas uma série de responsabilidades vem junto. Inclusive financeiras.

Mas quem estiver usando o argumento do dinheiro para não dar esse passo, ou então já tem seu lar criado há um tempo, mas encontra dificuldades, pode eliminar esta barreira rapidamente com as dicas que daremos a seguir.

Dicas para organizar a casa sem precisar gastar muito

1. Abra uma planilha e comece o planejamento

Sem planejamento, nada rola. Não adianta fazer tudo no improviso e só ir na empolgação, ainda mais em uma fase da vida onde bagunça será uma palavra em voga. Suas finanças não podem ser tão confusas como as caixas da mudança e onde colocar cada utensílio.

Com uma planilha, você pode certificar-se dos gastos em todos os passos e saber se a aventura é viável, onde dá para fazer cortes e onde até dá para gastar um pouco a mais. Dá para comprar um novo sofá? Até quanto posso procurar por aluguéis? Estou gastando demais com supermercado? Vou precisar dividir o apê? Tudo isso têm respostas e é importante saber delas antes do dinheiro acabar e você ver que tomou uma decisão errada por ter gasto demais.

2. Conte com ajuda

O apartamento foi escolhido. Está mobiliado. Você está morando com seu marido/companheiro(a)/amigo(a). Não carregue o fardo de fazer tudo sozinha. Lavar a louça, passar a roupa, fazer as compras, tudo pode ser dividido, inclusive e especialmente os gastos.

Passamos da época de papéis definidos e limitadores. Hoje todo mundo tem que fazer de tudo, então homem para a cozinha, mulher nas contas e todo mundo se ajudando. Assim o peso é menor também no bolso.

3. A tecnologia é sábia

Então além da planilha, saiba usar ela. Por exemplo, um bom aplicativo que ajuda a gerenciar o tempo pode ser perfeito para saber onde encaixar aquela boa limpeza geral no apê ou então quando dá para ir para a cozinha e fazer pratos para a semana.

Outra plataforma boa é o Kimbino. A empresa junta os panfletos de supermercados e lá dá para achar excelentes negócios para fazer seu orçamento ficar no verde e você comprar mais barato. Um exemplo é a seção de ofertas savegnago e seus descontos nas lojas.

Ou seja, na hora de pensar na compra do mês ou até mesmo em uma compra menor, ter no seu celular uma plataforma como a da Kimbino pode te poupar um bom dinheiro. Descontos sempre são bons, independente da loja ou produto. E ainda ajudam a preservar o meio-ambiente já que poupam o uso de papel dos folhetos.

4. Compre em quantidade

Caso você tenha uma família grande ou more com mais gente, comprar em quantidade é um excelente negócio.

Pegando o item anterior, por exemplo, vendo o folheto online do Extra dá para notar que sempre há descontos na segunda unidade ou então o preço de um produto com maior quantidade é proporcionalmente mais barato.

Poder comprar em quantidade exige mais dinheiro em mão, mas também significa não ter que voltar tantas vezes. Isso gera um grande impacto no orçamento, mas cuidado para não cometer desperdícios – até para não deixar de pensar verde! – ou gastar demais com essas porções maiores!

Imagem: Pexels

@ load more