Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Existem épocas na nossa vida em que estamos rodeadas de pessoas, como na época da faculdade. Esses amigos vêm e vão – a garota que está sempre pronta para um happy hour, a amiga da turma de exercícios, aquela que nunca diz não e por aí vai…

o que significa quando ele curte as suas fotos

Claro, todas temos aqueles amigos que estão sempre por perto, enquanto muitos vão se distanciando e tomando outros rumos com o passar do tempo.

Algumas dessas amizades simplesmente se separam. Você não precisa mais de alguém para ir a um happy hour, por exemplo, ou para fazer aquela viagem.

Mas, como saber que uma amizade já passou do ponto?

Em que momento é possível notar que não vale a pena manter essa relação?

O comportamento dessa pessoa está afetando negativamente quem está por perto, inclusive você.

Eu já tive amigos que eram como irmãos, mas com o passar do tempo, fui conquistando meus sonhos, a inveja foi chegando aos poucos, se instalando e adoecendo alguns desses vínculos – que eu considerava pra caramba.

O que era divertido se transformou em um comportamento prejudicial. Começaram as piadinhas de que eu era sortuda, que tinha o popô virado para a lua, que conseguia isso e aquilo por pura sorte.

Nunca viam o lado doloroso do esforço – como quase sempre! E tudo isso foi intoxicando essa relação de amizade e cumplicidade. Algo que era lindo se transformou uma coisa asquerosa, sabe aquele ranço? Pois é…

Chegou uma fase em que isso estava tão perturbador, que tive que tomar uma decisão e dar um basta naquilo.

Eu não podia estar disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana para ouvir esse tipo de coisa de pessoas que eram “amigas”, mas que torciam contra.

Quando alguém cai em um padrão de comportamento prejudicial, pode parecer cruel da nossa parte deixar essa pessoa de lado.

No entanto, quando esse comportamento tóxico se repete por várias e várias vezes, está causando um impacto emocional negativo em você e na própria pessoa.

Você deve lembrar de priorizar seu próprio bem-estar acima de tudo – e isso pode resultar em afastar essas amizades da sua vida.

Tudo se torna uma competição, e só há espaço para um único vencedor

A competição é saudável e não precisa ser uma coisa ruim. O sucesso do seu amigo naquele novo projeto deve ou pelo menos deveria motivar você a ter mais garra ainda e conquistar o que tanto sonha.

Mas, essa competição pode se tornar tóxica quando todas as conversas se transformam em uma oportunidade de mensurar quem é melhor que quem e quando usam isso para tentar desmerecer você e suas conquistas.

Se você está feliz, essas pessoas tóxicas procuram maneiras de burlar o que você está sentindo…

Não conseguem ficar animadas com a sua promoção ou com o seu encontro com aquele boy maravilhoso – estão focadas no pensamento de que, se coisas boas acontecerem com você, significa que você não estará disponível para elas – #ciúmes.

Ela cria expectativas irreais e fantasiosas

Todos nós queremos estar lá para os nossos amigos. Queremos ser os primeiros a aparecer com os lanchinhos da viagem e uma garrafa de vinho quando levarem um pé na bunda.

Eu estou sempre fazendo o melhor que posso para manter uma relação saudável com os meus amigos, enquanto também cuido de mim e gerencio a minha vida profissional, social, emocional, etc… Você também é assim?

Mas, de vez em quando, a gente encontra alguém que nunca está satisfeito com nada, que ninguém nunca é o suficiente.

Nesse caso, a vida se torna uma série constante de reclamações – você não escolheu o restaurante certo ou o filme mais legal, pediu a pior pizza do bairro, a nova vizinha fala demais, a festa estava chata, o jantar servido no casamento não era bom e blá blá blá.

A negatividade é exaustiva e suas expectativas – que são uma fantasia – nunca podem ser satisfeitas.

Embora esse tipo de amizade não seja a pior em termos de toxidade, também não é alguém de que você precisa ter em sua vida – principalmente se você estiver tentando se concentrar e manter o foco no lado positivo.

Então, como você rompe uma amizade tóxica?

Todos sabemos que a comunicação é a chave para qualquer relacionamento – incluindo as amizades. Dependendo de alguns fatores, como o tempo de amizade, entre outros, pode ser útil conversar sobre o relacionamento de vocês.

Desabafe, se abra e fale sobre suas preocupações e o que a irrita. Explique por que precisa de um tempo e vá deixando esse relacionamento de lado.

Mesmo que essa conversa não salve a amizade, ela vai abrir uma linha de comunicação entre vocês e quem sabe, num futuro próximo, vocês se reencontrem…

Fácil? De maneira alguma, pelo contrário, mas você deve se colocar em primeiro lugar, principalmente se o tipo de relacionamento (qualquer que seja ele) está te prejudicando, colocando em xeque a sua saúde mental e emocional.

@ load more