Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Eu sei, gata. Você gastou até o que não devia, e agora está devendo até sua mãe para a operadora de cartão de crédito. Mas calma! Não precisa pesquisar na Deep Web o valor do seu rim no mercado de órgãos não. A rainha dos endividados, digo, eu mesma, irei ensinar a você como sair dessa encrenca, parar de ter medo de atender o telefone e ainda poder voltar a gastar sem medo. E tudo isso em cinco dicas lindas!

Como sair da pindaíba e voltar a gastar sem medo de ser feliz

(Misericórdia, cobrança de novo não!)

1. Diagnostico da lesão

gastar sem medo

Agora é a hora da verdade: Descubra o quanto você deve! Chega a bater um desespero! Pegue o papel e a caneta e anote tudo o que deve, tudo mesmo, até aqueles dois reais que você pegou emprestado com um amigo para comprar coxinha e disse que pagaria no dia seguinte (e isso tem quase cinco anos).

Agora, coloque a sua renda mensal. Viu que ela é bem menor que suas dividas né? Dá vontade de chorar? Dá! Mas nada de manchar o papel com lagrimas não mona, você se colocou nessa furada e é você quem vai sair dela.

Agora, com tudo anotado, você seguirá o plano que fará você sair do SPC e Serasa, e finalmente poder voltar a gastar sem medo! Ebâ!

“Mas Bab soberana como irei fazer isso?”

Simples gata, com a regra do 50+35+15.

“Oi como assim?”

Escreva aí, chuchu:

50% do que você ganha irá para gastos essenciais como: comida, moradia, saúde, educação e transporte. Lazer? Esquece! Pague o que deve ao Seu Barriga primeiro, Seu Madruga, e depois você pode ir para Acapulco!

Então 35% serão para pagar as dívidas!

E, finalmente, os 15% você irá guardar!

“Mas como assim??? Se eu devo, como irei guardar?

A resposta é simples e óbvia. Se você tivesse feito isso antes, não estaria nesse beco sem saída agora. Logo, veja isso como uma fralda em um bebê: ela irá evitar que você faça novas cagadas e, se fizer, será mais fácil limpar!

2. Saindo da síndrome do Instagram

gastar sem medo

Se você não tem um padrão de vida estilo Fifa, não queira mostrar isso nas redes sociais!

Gata, agora que você entendeu o tamanho da merda que tu fez, não vai adiantar nada ter colocado um plano no papel se, na pratica, tu só quer postar foto em restaurantes badalados, academias famosas e looks de grife. Ainda mais quando você deve até pro tio da cantina da faculdade!

Academia? Corta, faça exercícios que não precisam ser pagos, tipo caminhada! Restaurantes? Esquece! Gata, compra um miojo por R$ 1,25 e você já fica satisfeita, olha que delícia! Looks de grife? Vai comprar como, se não tem cartão de crédito? E se tiver, não vai poder ter nunca mais! Você não foi feita para ter cartão de crédito, entenda isso de uma vez por todas. Você ainda não tem maturidade para isso! Faça como Becky Bloom (PS: assistam, é ótimo) e congele eles!

gastar sem medo

Olha o meu exemplo, já sai do buraco mas até hoje não tive mais cartão de crédito. E sou muito feliz assim!

3. Guerra é guerra né pai?

gastar sem medo

Você já se organizou, já esta com os 35% da sua bufunfa nas mãos, chegou a hora de guerrilhar com os operadores de telemarketing!
Ligue para eles e diga como nosso amigo Edwardison Jackbsison:

“Quaé mano, oh to com uma merreca aqui na mão, e quero pagar esse bagulho, tu ta ligado? Bora que to querendo pagar, só tenho isso aqui vey! Rola um discontinho não?”

Ou o clássico:

“Tio a parada é a seguinte: Tenho x pra dar de entrada, quanto que tu me da de desconto? E quanto fica as outras parcelinhas mano, oh vey, sem tiração, não tenho como pagar mais que isso não, se não der vou continuar devendo essa parada até ela caducar e meu nome da limpo de novo daqui a cinco anos nessa bagaça”

Ah que sedução, não tem credor que resista e esse charme! E aí o caminho para voltar a gastar sem medo está cada vez mais próximo!

Como eu tenho orgulho do Edwardison ♥

PS: Não assuma parcelas mais altas do que você consegue pagar!

4. Mantenha-se na linha, carretel!

gastar sem medo

Dívidas negociadas como o Edwardison ensinou, e gastos sob controle. Agora, chegou a hora de sair do SPC de vez! Tenha força na peruca e fuja das brusinhas! Só assim sairá do fundo do poço. Sei que as serpentes irão trazer muitas semi joias para você olhar, ops, maçãs, mas você será forte! Não caia nessa de “divido para você” e “prazo para pagar”!

( Meu coração diz que sim, mas meu bolso diz que não) 

5. Crie uma reserva de emergência!

Depois de pagar todas suas paradas, é a hora de comprar “brusinhas”! E de criar uma reserva de emergência, reserva de emergência essa que deve ser de no minimo 5 meses dos gastos essenciais, aqueles 50% lembra? Ela vai ficar guardadinha para caso você perca o emprego, bata no carro de alguém, tenha uma liquidação da Melissa, opa, esquece esse último, a gente nunca se recupera totalmente.

Então ter esse money guardado é muito importante porque até hoje na minha vida não apareceu nenhuma Naiara Azevedo dizendo: “Toma aqui um cinquenta reais”, ai que sonho!

gastar sem medo

Então chuchus, foi muito bom estar com vocês! Vamos deixar de ser pobres juntas mulher, e voltar a poder gastar sem medo de ser feliz (e de forma consciente, é claro)! Beijos de luz!

@ load more