Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

– Amor, já liguei o chuveiro, vem pro banho! – Gritei.

Era a primeira vez que ele ia lá em casa, eu estava muito empolgada. Fomos correr pelo parque, tomar café na padaria e aproveitei para convidá-lo a minha casa e tomar um banho. Nada demais, estávamos suados afinal.

Chegamos ao meu ‘apê’, o convidei para entrar e antes que eu pudesse acender a luz, ele agarrou a minha cintura, beijou meu pescoço, acariciou meu corpo todo e me virou de frente, dei um beijo molhado nele e fui retribuída com um gemido baixo de satisfação. Fazia muito tempo que estávamos com vontade um do outro.

Ainda grudados fomos para o sofá, sentei por cima dele, agarrada ao seu pescoço, enquanto ele segurava minha cintura, me puxando para ele.

Tiramos nossas blusas, sem ligar para o quanto estávamos suados devido ao treino, suas mãos passeavam pelas minhas costas e escorregavam para debaixo do meu top, acariciando meus seios, eu mordia sua orelha de leve, descendo até seu pescoço, causando-lhe arrepios.

Conto Erótico: Amor, vem pro banho 7

O clima prometia uma transa selvagem no tapete da sala, o tesão era palpável. Mas, de repente, seu telefone começou a tocar, ignoramos nas primeiras vezes, mas não parava e com medo de ser importante, ele resolveu atender.

Era do trabalho, ele falava, falava, e parecia que ia demorar…

Cansada de esperar seminua e deitada no chão da sala, levantei, tirei minha calça de ginástica, fui até ele só de calcinha e falei bem perto do seu ouvido: “vou tomar um banho”.

Na hora ele corou, ficou paralisado e acho que nem prestava mais a atenção na conversa do telefone. Larguei minha calcinha no chão e fui nua para o banheiro, enquanto ele me seguia com o olhar.

Já no banheiro, pude ouvi-lo desligar o telefone às pressas. E para atiça-lo mais ainda gritei:

Amor, já liguei o chuveiro, vem pro banho!

Em dois minutos ele estava ali na minha frente e nu. Me pegou pela cintura e foi andando comigo para dentro do box, até minhas costas encostarem na parece fria, enquanto seu corpo quente me pressionava ainda mais.

Conto Erótico: Amor, vem pro banho 3

Demos um beijo demorado, ele começou a beijar meu pescoço, descendo para os meus seios, lambendo-o bem de leve, fazendo meu corpo todo arrepiar. Fez isso mais umas três e começou a chupá-lo demoradamente, com suas mãos passeando por todo o meu corpo.

Em seguida, foi para o outro seio, me lambendo deliciosamente. Nisso, minha buceta já estava implorando por ele, e seu pau por mim, pois já o estava sentindo duro em minhas coxas.

Comecei a masturbá-lo enquanto ele gemia baixo contra o meu seio. Desnorteado, ele largou o meu seio e eu, sem pensar duas vezes, me ajoelhei para beijar o seu pau, lambi a cabecinha e só depois o enfiei por inteiro em minha boca, sem parar de olhar em seus olhos em nenhum momento.

Eu o chupava sem parar, o colocava todo em minha boca até chegar a garganta, bem devagar, só para provocá-lo. Aos poucos fui aumentando o ritmo e seu corpo acompanhava num movimento intenso. Eu já estava sem folego, mas ainda o queria em minha boca, o chupava com mais força, até que num impulso, ele gozou. Engoli tudo, lambi meus lábios e me levantei ainda desnorteada.

Conto Erótico: Amor, vem pro banho 2

Ele olhou para mim sorrindo de satisfação e me beijou ardentemente, acariciou e lambeu o meu corpo inteiro como se dependesse de mim para saciar a sua sede. Ele era incrível, eu estava adorando tudo aquilo, ele ali comigo, totalmente disponível para mim, não sei por que demoramos tanto tempo para nos envolver.

Enquanto eu me perdia em suas caricias, ele beijava minhas coxas, dando leves mordidas, subindo até meu clitóris, deu uma leve lambida fazendo eu me arrepiar, puxou meu corpo contra a sua boca e me virou de costas para ele rapidamente.

Deu uma mordida forte em minha bunda e foi beijando, lambendo, descendo até chegar a minha buceta, que implorava por ele. Inclinou meu corpo e abriu mais minhas pernas para que eu ficasse bem empinada e me lambeu.

Sua língua escorregava por toda a minha vagina de tão excitada que eu estava, eu gemia alto e quanto mais eu gemia, mais ele pressionava sua língua contra o meu corpo, me lambia com intensidade, com vontade, me fazendo perder o chão.

Estava vendo estrelas quase chegando a um orgasmo intenso e ele com certeza percebeu, e para me provocar, nesse momento ele parou, levantou e enfiou seu pau com força dentro de mim. Gozei. Gozei muito, muito mesmo.

Conto Erótico: Amor, vem pro banho 1

Ele continuou dentro de mim, se movimentando e acariciando meu corpo, eu estava esgotada, mas ainda com tesão, desejando aquele pau duro dentro de mim cada vez mais fundo. Nesse ritmo, não demorou muito e eu gozei novamente e ele junto comigo.

Sentamos no chão, cansados, eu em seu colo, sem notar a água caindo em cima de nós. Ofegante, ele sussurrava em meu ouvido a todo tempo o quanto eu era linda e incrível. Nenhum dos dois tinha tido uma transa tão gostosa antes e com certeza queríamos mais.

Nos recompondo, nos demos conta que o chuveiro ainda estava ligado, terminamos nosso banho, um ajudando o outro a se limpar, entre massagens, beijos e amassos, admirando a beleza um do outro. Naquele banho que com certeza foi o melhor de nossas vidas.

Imagem: Reprodução / 007 – Skyfall

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more