Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Já estava amanhecendo. Eu não conseguia ver as horas, mas um feixe de luz clara entrava pela janela que deixamos entreaberta. Como sempre, fomos dormir muito tarde. Ou muito cedo.

Lembro de pouca coisa da noite anterior. Lembro de vê-la dançar. Eu lembro muito bem daquele sorriso me provocando enquanto a música impedia que escutássemos nossos próprios pensamentos. Depois de todo o esforço pensando sobre como chegamos em casa, eu olhei para ela, de lado, na minha direção. Aquela luz batia em sua pele translúcida, quase brilhante. A boca estava mais vermelha que o normal. Quem sabe o álcool. Provavelmente.

Ela estava excepcionalmente maravilhosa com uma camisa branca e muitos botões abertos. Apenas. Eu saí da cama devagar para não acordá-la, fumei um cigarro enquanto a água fervia, preparei o café e voltei. Ela ainda estava lá, mas agora de costas.

Eu deitei ao lado dela e não conseguia parar de olhar aquele corpo. Que corpo. QUE CORPO. Procurei pelo relógio e não encontrei. Voltei a olhar para ela e percebi que saber o horário não era algo importante, nem sempre é.

Não esperei muito até passar as mãos em suas pernas. Estavam quentes. Quentes como aquela estação. Como o sorriso da noite passada.

Conto Erotico: Ela sabia o que eu queria, é claro que ela sabia 3

Me aproximei e senti seu cheiro. Fiquei arrepiada de uma forma inexplicável, mas extremamente humana. Desejo, instinto. O cheiro dela envolvia tudo. Quando me dei conta, minha mão estava dentro da sua camisa e enquanto eu apertava seus seios, ela suspirou profundamente e sorriu. Ela sabia o que eu queria, é claro que ela sabia. Ela sempre sabe.

Sua mão encontrou a minha e fomos até onde eu esperava. Estava molhada, deliciosamente molhada. Era gostoso sentir meus dedos ficando encharcados ao mesmo tempo em que ela gemia baixo. O som era tesão puro. Era domínio.

A virei de modo que eu pudesse ficar por cima. Abri os botões restantes de sua camisa de forma sutil. Ela me olhava nos olhos fixamente. Não desviava o olhar. Eu estava perdida nos olhos dela. Ela queria o mesmo que eu.

Conto Erotico: Ela sabia o que eu queria, é claro que ela sabia 2

Beijei seu pescoço enquanto ela puxava os meus cabelos. Beijei sua boca e mordi seus lábios. Fui descendo devagar e aproveitando cada centímetro daquela pele. Sentia seus músculos contraindo. E os meus também.

Minhas mãos a seguravam com força e eu sentia o seu suor. Eu sentia o meu suor. Era a mistura perfeita. Passei minha língua por dentro das coxas dela e olhei seu rosto. Continuava me olhando.

Linda.

Quando a penetrei, não era mais um gemido baixo. Eu comecei fodendo devagar e ela queria mais. Ela PEDIA mais. Eu não precisava pensar no que fazer. Era natural. Era uma conexão. Ela era minha. Ela é.

Eu sentia sede. Ela queria minha língua. Eu queria o gozo dela na minha boca. E não demorou muito. Eu não sei quanto tempo, mas ninguém precisava esperar por nada.

Conto Erotico: Ela sabia o que eu queria, é claro que ela sabia 1

Nos olhamos, sorrimos e nos abraçamos. Descemos pra tomar café da manhã juntas. Fumamos em silêncio. Fazia um calor infernal, mas não existia nenhum outro lugar no mundo onde eu gostaria de estar.

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more