Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Me chamo Lúcia e sou casada há 5 anos com Márcio, um homem bom, e também um bom marido. Tínhamos um casamento normal, um casamento feliz. Me casei muito nova, com 17 anos, Márcio na época com seus 28 anos, me encantou totalmente, casei virgem.

Não conheço muito sobre meu corpo. Reprimo meus desejos, já que meu marido nunca deixou que eles aflorassem. Nunca pude contar para ele as fantasias que eu tinha e que me faziam acordar molhada de tesão durante a noite.

Desde que me casei nunca trabalhei fora, só em casa com os afazeres domésticos. Por isso nunca fui uma pessoa de muitas amizades.

Mas o tempo foi passando e isso começou a me incomodar, foi então que um dia resolvi conversar com ele, e falar que queria fazer algo diferente e trabalhar fora, e não mais cuidar apenas da casa.

Eu queria conhecer novas pessoas, fazer coisas que até então não havia feito. Queria conhecer um pouco mais de mim.

Ele negou de início, disse não gostava da ideia, mas eu sabia que ainda iria convencê-lo. E foi assim que aconteceu, depois de tanta insistência minha, ele acabou aceitando.

Comecei a trabalhar e conheci Aline, uma garota bonita, que trabalhava na mesma loja que eu.

Aline era uma pessoa misteriosa, acho que por isso ela despertou meu interesse, logo quis me aproximar dela. Ela era divertida, extravagante, muito sensual. Nos tornamos amigas.

Aline então começou a frequentar minha casa praticamente todos os dias depois do expediente, a chamava para fazermos um lanche e ela sempre aceitava.

Márcio sempre chegava antes de mim do trabalho, e se eu me atrasasse ele começava a me ligar insistentemente. Porém eu sempre tentava manter a hora certa de chegar em casa para não causar conflito, e Aline estava sempre comigo.

Meu marido não estava gostando da minha amizade com Aline, pelo fato dela estar sempre frequentando a nossa casa. Mas ele nada podia fazer, afinal eu realmente estava decidida a aumentar o meu círculo de amizades.

Um dia ao chegar com Aline, percebo que meu marido não está em casa

Achei aquilo estranho, porque ele sempre costumava chegar antes de mim. O procurei pela casa e ao chegar na cozinha, vejo um bilhete dele sobre a mesa dizendo que atrasaria naquele dia..

Ao me virar me deparo com Aline, ela estava a minha frente, com seus olhos grandes sobre mim, e sorria, nunca havia visto daquela forma. Acho que a ausência de meu marido a estava deixando mais à vontade.

Era uma noite quente, e disse para Aline que iria para o meu quarto tomar uma ducha para me refrescar. Ela acenou com a cabeça e disse que ficaria na sala me esperando.

Tirei a minha roupa para entrar no banho. Adorava ficar pelada. A sensação de nudez me trazia liberdade tão reprimida por meu marido. Deixo a água fria cair sobre meu corpo, como se aquele ato me purificasse de todos meus pensamentos impuros.

Ouço a maçaneta da porta do banheiro se abrir, levo um suto, Aline a abre a e me olha, por inteira. Seu olhar parece querer desvendar os meus pensamentos mais obscuros e excitantes. Estou completamente paralisada, não sei o que dizer, e nem como agir.

Ela vem até mim.

Minha amiga cuidadosamente abre o box para me olhar melhor. E com sua mão suave toca meus seios. Não digo nada. Apenas sinto sua mão quente, sobre meu corpo.

Aline então retira seu vestido, deixando todo seu corpo perfeito à mostra.

Ela então entra no box, e seu corpo quente se choca com o meu corpo frio daquele banho gelado. Ela encosta seus lábios nos meus, e enfia sua língua na minha boca. Aline me puxa pelo cabelo e me encosta na parede enquanto me beija.

Passo minhas mãos pelo seu corpo gostoso, acaricio seus peitos grandes, seus mamilos estão duros, que vontade de mamar neles.

E então passo minha língua por eles, a cada mordida que dou, Aline geme de prazer. Enfio meu dedo em sua boceta, ela está muito molhada, e então desejo ardentemente sentir o gosto que ela tem.

Me ajoelho a seus pés, e fico de frente a sua bocetinha perfeita. Encaixo minha boca nela e a chupo, seu gosto me enche de tesão.

De repente ouço a porta do banheiro se abrir, é meu marido.

Ele me olha perplexo, como se não acreditasse no que estava vendo. Eu ajoelhada me levanto, e vou até ele ainda nua. Ele está imóvel, não demonstra reação alguma.

Márcio apenas me olha. Tento dar um beijo em sua boca, mas ele vira o rosto me evitando. E então ajoelho em sua frente. Abro o zíper da sua calça, ele não me impede.

Abaixo a sua cueca, e acaricio seu órgão, Aline se junta a nós e também se ajoelha a frente de meu marido. Ele nos olha. Ele se entrega.

A minha boca com a de Aline se juntam, e se beijam ao lamber o pau do meu marido, o gosto dele em minha boca se mistura ao gosto dela. Ele está duro. Excitado.

Puxo meu marido pelas mãos e vamos para o nosso quarto. Aline nos segue.

Conduzo Aline para a cama, a fazendo ficar de 4 sobe ela. Sua bunda gostosa está virada para Márcio. Ele então vem até ela, e com apenas um movimento soca seu pau duro em sua boceta. Ouço Aline gemer, sua voz cheia de tesão me faz simplesmente delirar.

Me deito na cama, de frente para ela, e abro minhas pernas para que eu possa sentir a sua língua tocar a minha xota. Ela me chupa com vontade, enfiando seus dedos dentro dela.

E ao ver nossos corpos unidos, Márcio socando cada vez mais forte e com vontade em Aline, e ela me comendo com sua boca, explodo em um gozo que faz meu corpo tremer por inteiro, e me sinto como jamais havia me sentido antes:

Completamente livre.

Imagem: Phazed

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more