Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Entre os dias 7 de junho e 7 de julho a França receberá a 8ª Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA. A competição ocorre a cada quatro anos desde 1991 e na edição deste ano, 24 seleções de todos os cantos do globo disputar a taça.

Transmissão em rede nacional e comentaristas femininas de grande renome

Esta será a primeira vez na história da competição que os jogos da Copa do Mundo Feminina serão transmitidos no Brasil pela TV aberta. A Rede Globo mostrará todas as partidas da seleção feminina brasileira, já a Band dará um passo adiante e, além de todos os jogos do Brasil, transmitirá o jogo de abertura entre França e Coréia do Sul e diversos outros confrontos de destaque.

A narração da Globo ficará a cargo do conhecido Galvão Bueno e contará com comentários de Caio Ribeiro e Ana Thais Matos, uma promissora jornalista do SporTV e participa do programa “Troca de Passes”.

Enquanto isso, a Band contará com o narrador Ulisses Costa atuando em conjunto dos comentaristas Velloso e Alline Calandrini, uma das grandes estrelas do futebol nacional. Calandrini já atuou como jogadora no Corinthians, no Santos e na seleção e atualmente comenta os jogos do Campeonato Brasileiro feminino na emissora.

Popularidade em alta com recorde de venda dos ingressos e estádios lotados para o espetáculo

O futebol é o esporte mais popular do mundo e movimenta mais de US$ 700 milhões todos os anos apenas em apostas. Estima-se que somente a Copa do Mundo movimente mais de US$ 260 milhões.

Com o crescimento da importância do futebol feminino ao redor do globo, essa tendência deve ser refletida nessa Copa do Mundo e existem diversos sites de apostas esportivas online como Betway Sports, prontos para receber as fãs do esporte que acompanharão as partidas de casa.

Não é apenas na TV que a Copa feminina cresceu em importância: a edição deste ano bateu o recorde de venda de ingressos com mais de 720 mil tickets vendidos e fãs de todas as partes do mundo devem comparecer aos estádios.

As partidas ocorrerão em todas as principais cidades francesas e são uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais sobre esse povo. Os grandes destaques são os estádios Parc de Princes em Paris (47.600 torcedores), Stade de Lyon em Lyon (57.900 torcedores) e Stade de Nice em Nice (35.100 torcedores).

Copa do Mundo Feminina de 2019

Imagem: CC BY-SA 2.0 “Seleção dos Estados Unidos (uniforme branco) foi campeã em 2015 e vem com tudo para 2019”

Equipes competitivas e confrontos acirrados

A seleção dos Estados Unidos é a grande campeã da competição com três títulos (1991, 1999 e 2015). A Alemanha está em segundo lugar com dois (2003, 2007) e a Noruega (1995) e Japão (2011) contam com um título cada. A melhor colocação do Brasil na Copa foi um segundo lugar em 2007.

As grandes favoritas para levantar o troféu em 2019 são as equipes dos Estados Unidos, Alemanha e Japão, mas a França e a Inglaterra também devem ser muito competitivas. Além delas, a seleção brasileira conta com a lendária Marta e promete um bom desempenho em 2019.

Brasil, Estados Unidos, Nigéria, Noruega, Japão e Suécia disputaram todas as edições da Copa realizadas até agora. África do Sul, Chile, Escócia e Jamaica são estreantes em 2019 e podem surpreender.

Assim como a Copa do Mundo masculina, as seleções são divididas em grupos que disputam diversas fases até chegar até a grande final. São seis grupos com quatro times e três partidas na primeira fase. Os primeiros e segundos colocados em todos os grupos e os quatro melhores terceiros colocados em questão de pontos avançam.

Após a fase de grupos, as oitavas (dezesseis equipes), quartas (oito equipes), semifinais (quatro equipes), disputa de terceiro lugar (duas equipes) e finais (duas equipes) são disputadas em forma de mata-mata.

O Brasil está no Grupo C ao lado da Austrália, Jamaica e Itália. Os outros grupos são A (França, Nigéria, Noruega e Coreia do Sul), B (África do Sul, Alemanha, China e Espanha), D (Argentina, Escócia, Inglaterra e Japão), E (Camarões, Canadá, Holanda e Nova Zelândia) e F (Chile, Estados Unidos, Tailândia e Suécia).

As Olimpíadas do Rio foram das mulheres e tudo indica que a seleção tem tudo para brilhar nessa Copa. Na primeira fase o Brasil joga contra a Jamaica (09/06 às 10h30), Austrália (13/06 às 13h) e Itália (18/06 às 16h).

@ load more