Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Desejo sexual é uma questão bastante relativa: muda de pessoa para a pessoa, dependendo da sua orientação sexual e da sua história de vida. Enquanto temos os assexuados em um extremo e do outro, as pessoas não-assexuais, encontramos no meio do caminho aquele que se considera demisexual.

Antes de começar a falar mais sobre isso, a gente precisa de uma definição básica: demisexuais são as pessoas que só sentem atração sexual por quem já tem algum tipo de ligação emocional e/ou intelectual. Ou seja, quem é demisexual não transa com outra pessoa só por transar e não sente vontade de transar do nada. Ela precisa de uma ligação emocional forte, algum tipo de envolvimento com outra pessoa, para essa vontade aparecer.

Tipo, vamos supor que apareça uma foto maravilhosa do Ryan Gosling sem camisa. Uma pessoa não-assexuada, que se identifica como hétero, homo ou bi, sente uma atração física por ele, aquela vontade de dar uns beijos, aquele calor lá embaixo. Já no lado o oposto, o assexual vai olhar para a foto e não sentir absolutamente nada, o interesse sexual dessas pessoas não existe, não faz parte das suas vidas.

O demisexual, por sua vez, vai olhar para a foto do Ryan Gosling sem camisa e também não vai sentir atração física por ele. Por isso, eles ficam mais próximos dos assexuados. A questão, porém, não é que a pessoa demisexual é totalmente desprovida de desejos sexuais, mas como ela não tem uma ligação emocional com o Ryan Gosling, como ela não tem nenhuma proximidade com essa pessoa, essa vontade é inexistente.

O demisexual precisa de envolvimento emocional

Isso tudo significa que a pessoa demisexual não vai sentir vontade de beijar alguém aleatório na balada ou de transar no primeiro encontro. Se ela não tem uma ligação emocional forte com a outra pessoa, se não se vê conectada de alguma maneira, se não tem sentimentos por ela, essa vontade não existe.

É claro que a gente não pode generalizar: dentro do grupo demisexualidade, existem pessoas que curtem masturbação e as que não curtem, tem as que sentem atração física por outras pessoas e as que não sentem. Mas o ponto comum é que todas elas sentem a necessidade de ter uma ligação emocional com o outro para engajar em relações sexuais (e isso vale para beijo também, ok?).

O que torna a pessoa demisexual não é necessariamente os momentos em que ela sente um desejo sexual em relação à outra pessoa, mas a falta desse mesmo desejo em relação à todas as outras. Por isso, essa orientação cai no espectro da assexualidade (se você não lembra, assexual é a pessoa que não sente nenhum tipo de atração física ou sexual – clique aqui para saber mais sobre isso).

A pessoa demisexual tem um problema?

A resposta é não. Existe um problema de aceitação com pessoas que se identificam como demisexual ou assexual, porque as demais não acreditam que seja ‘normal’ alguém não sentir desejo sexual o tempo inteiro.

Porém, é diferente quando esse desejo sexual muda de uma hora para a outra ou se ele nunca esteve lá, para começo de conversa. Uma pessoa que sofre de depressão, por exemplo, pode perceber uma queda na libido – é algo perceptível e que pode até gerar um incômodo.

O demisexual ou assexual, ao contrário, não se incomoda que o seu desejo sexual diminui, porque ele nunca esteve lá – ou quando esteve, era em situações muito pontuais e específicas. Por isso, não é possível dizer que essa orientação é uma doença ou um indicador de que alguma coisa está errada, apenas que a pessoa tem uma relação diferente com o sexo.

Resumo da ópera: se você percebe que só consegue transar com alguém quando tem algum tipo de intimidade mais profunda, com laços emocionais, pode ser que você seja demisexual. Se esse for o caso, leia sobre o assunto, estude e abrace a sua orientação – você não tem nada de ‘exigente’ na hora de escolher alguém para ficar, apenas precisa de um incentivo diferente para ter essas vontades. E tudo bem.

Foto: StockSnap


Você conhece alguém ou se identifica com a orientação demisexual? Conte a sua história respondendo a pergunta abaixo ou clicando aqui.

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more