Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A gente fala tanto sobre autoestima e a importância do autoconhecimento, que às vezes esse discurso pode ficar um pouco perdido e cansativo. Nem sempre as dicas que vemos por aí são práticas, do tipo que a gente consegue fazer no nosso dia a dia. Por mais que desenvolver a autoconfiança seja um trabalho muito mais interno do que externo (ou seja, a gente cuida da mente ao invés de fazer coisas), dá para equilibrar os dois.

Como, então, estimular o desenvolvimento da sua autoconfiança no dia a dia? Você pode começar de uma forma muito simples: colocando a sua vida no papel. Isso significa que você vai escrever quais são os seus pontos fortes e fracos (seja sincera, hein?) para entender onde você está no momento e o que precisa ser mudado a partir daí. Claro que o ideal é você encontrar um equilíbrio, não vale escrever 15 pontos negativos e dois positivos. Tente fazer uma relação de duas características positivas para duas negativas ou uma escala de três e três. Isso te estimula a encontrar, de cara, uma base entre o que você considera bom e o ruim.

Além disso, você pode testar algumas outras práticas que vão te ajudar nesse processo. Por exemplo:

Formas de desenvolver a autoconfiança no dia a dia

1.Organize-se

Muitas vezes, a gente sente um baque na confiança porque acha que não dá conta de todas as tarefas do dia a dia. A falta de organização pode ser um dos motivos para isso, e criar uma rotina mais organizada pode ser a solução para esse problema. É óbvio que só a organização não faz milagre, mas manter uma agenda ou um bullet journal facilita o seu dia a dia e dá uma visão geral do que você tem conseguido fazer – a gente garante que é muita coisa!

2.Faça um exercício de manhã!

A gente também já comentou por aqui muitas vezes sobre os benefícios dos exercícios físicos, mas é sempre bom lembrar como eles são importantes para a sua autoconfiança. Além de movimentar o corpo e liberar o estresse, praticar uma atividade física desenvolve o seu senso de realização, ajuda com o fortalecimento da autoestima (você se sente incrível!) e ainda ajuda no tratamento da depressão e na manutenção da sensação de bem-estar. Isso significa que você se sente bem depois de fazer um exercício e mais motivada para encarar as tarefas do dia a dia.

3.Ajude alguém

E não faça isso só porque você quer se sentir melhor, mas porque é muito legal ajudar os outros! Quando a gente se dispõe a pensar mais no próximo do que em si, não só termina o dia com aquela sensação boas energias como também fica com a cabeça mais clara para lidar com as próprias questões. Você não precisa, necessariamente, fazer um trabalho voluntário para  isso, mas pode ajudar um colega de trabalho que está com uma questão, alguém da família que ficou encarregado das tarefas da casa naquele dia ou uma amiga que só precisa desabafar.

4.Trace um plano

Ao invés de só colocar no papel os seus pontos positivos e negativos e deixá-los lá, juntando poeira em um canto, use essa oportunidade para traçar um plano para a sua vida. Você pode usar esse exercício como um impulso para mudar de carreira, para buscar uma especialização profissional ou para melhorar os seus pontos fracos. Estabelecer metas (e se esforçar para cumpri-las!) é uma forma certeira de construir a sua autoconfiança.

5.Pense melhor na sua roupa

A gente sabe que só mudar o que você veste não constrói a autoconfiança de ninguém, mas é um fato que usar uma roupa que você gosta te faz sentir mais confiante. Na hora de montar o look para o trabalho ou primeiro encontro, pense bem no que você vai vestir e escolha roupas que façam você se sentir bem. Usar uma camiseta que você ama ou aquela saia que te faz sentir linda ajudam você a se sentir melhor durante o dia.

6.Postura!

Outro ponto super prático que você pode trabalhar no seu dia a dia é a sua postura. Uma postura ereta – ou seja, quando você se sente mais reta, com o queixo para cima, sem olhar para baixo e com os ombros caídos – não só passa confiança, como faz você se sentir confiante.

É óbvio que essas pequenas dicas só funcionam bem se você trabalhar ao mesmo tempo a sua autoestima e o seu amor próprio. Com o tempo, a confiança vira parte de você, mas é preciso cuidar dos seus pensamentos e prestar atenção na forma como você olha para si mesma. É um trabalho diário, mas que vale a pena.

Imagem: Pexels


O que você faz para desenvolver a sua autoconfiança? Conte para a gente respondendo a pergunta abaixo ou clicando aqui.

@ load more