Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Feliz Dia do Amigo!

Amizade: “sentimento de grande afeição ou apreço entre pessoas ou entidades, de quem é amigo, companheiro”.

Uma palavra tão comum mas tão complexa…

Tem sua origem do termo latino amicus, amigo, que derivou do grego amore

(Já deu pra ver como eu gosto desse negócio de origem das palavras, né? O Google se tornou um grande amigo também!)

E também já deu pra ver que na amizade tem amor, né? Tem que ter! Como não teria? E tem cumplicidade, reciprocidade, sem custo e sem culpa.

Tem ombro e alma, tem riso e lágrima, um sorriso, um olhar, palavras ditas e cantadas. Algumas vezes, tem até o silêncio.

Amizade é presente sem data, que chega e enche a vida, na cor, tamanho e modelos exatos. Tipo roupa sob medida, só que não gasta com o uso!

Não tem preço, não tem troca e a gente não sabe como viveu tanto tempo sem.

Dia do Amigo

Começa de repente e a gente nem sabe direito como, quando ou porque se tornou amigo do fulano, “brother” do beltrano. Geralmente, tem um começo indefinido, mas raramente tem um fim. Bom, às vezes, acontece, né?

Pode ter distância, pausa. Mas bastou um “Oi!”, que tudo volta a ser como era. Exatamente do ponto onde parou. Parece filme, né?!

E quem tem a sorte de ter, na mesma pessoa, um amigo que é também seu amor? Sorte, destino… sei lá! Deve ser demais!

Amizade verdadeira. E se for falsa, é amizade, por acaso?! Amizade colorida. Aquela com o PA, que pode tomar rumos diferentes do planejado. Às vezes, também acontece, né?

Aquela amizade entre primos, entre pai e filho, amizade entre homem e mulher – que acho que existe, sim!

Amizade entre a mãe e a filha. Minha mãe sempre disse: “primeiro mãe, depois amiga”. Talvez por isso, nunca tenhamos sido grandes amigas. Mas cabe chamar de amizade assim mesmo.

Irmão amigo, amigo que é mais que um irmão. Amigo de infância, amigo do amigo que virou mais meu amigo que o amigo.

Confuso?! Não para quem tem um…

Um brinde ao Dia do Amigo!

Amigo distante – porque SER e ESTAR são coisas bem diferentes. E não é necessário ESTAR, para SER.

Amigo bravo, amigo sério, amigo palhaço, melhores amigos – será que tem pior amigo?

Amigo que abraça, acalenta e consola: “Vai passar…

Amigo que fala a verdade na sua cara. Afinal, a pior verdade ainda é melhor que a melhor mentira, né?

Daqueles leais, que estendem a mão, compram a bebida e cuidam quando a gente exagera na dose, segurando o cabelo e escondendo o celular. Que escondem a chave do carro ou fazem o motorista da vez. E que nos tiram de cada enrascada… e nos colocam em cada uma também! Aff!

Amigo do tipo que compram a briga e ajudam a sumir com o cadáver! Só não esquece que ele sabe sumir com um cadáver, tá?

Aah, amigo… como Deus pode ter feito um pedaço meu, fora de mim?

Como pode ser tão igual, sendo tão diferente?

Me completa, me contrasta, me ensina. Me agrada tanto e até me irrita, às vezes.

Como viver sem você?

Feliz Dia do Amigo!

Como se precisasse de um dia, para quem é todo dia…

Imagem: Friends (1994)


E que tal celebrar o Dia do Amigo ajudando a essa nossa leitora aqui embaixo?

@ load more