Chegar aos 30 anos não é nenhum drama, eu juro. Você não se sente mais velho, os cabelos brancos não chegam de uma hora para outra e no fundo você continua a mesma pessoa que era aos 22, só que com outras prioridades e um conhecimento bem maior sobre a vida e o mundo. O que acontece é que a vida segue, e você e as vidas das pessoas com quem convive, os lugares onde ia e as manias que tinha naturalmente amadurecem.

Com o passar da vida aprendemos que estamos onde deveríamos estar e que algumas coisas mudam, mas em sua maioria para muito melhor!

Diferenças entre os seus 20 e 30 anos:

1. Você percebe que sua saúde é algo precioso

Nesta fase da vida você vai reparar que tudo que você negligenciou de cuidar de si mesmo tem que ser consertado de alguma maneira agora. A importância de fazer exercícios, cuidados ao tomar sol e aqueles cabelinhos que caiam as vezes hoje são valiosos.

2. Amizade é algo com poucos e bons

Quando a principal preocupação da sua vida é se divertir, quanto mais amigos e companhias para fazer diferentes programas, melhor. Com o tempo você vai percebendo que a qualidade das amizades é o que te faz querer estar perto, é o que vai te fazer bem.

Diferenças entre os seus 20 e 30 anos - 1

3. Sua mãe sempre teve razão…

Ela te avisou! Depois de virar mãe ou ter pessoas próximas que viram pais e mães você entende o quanto as preocupações dela faziam sentido e que nenhuma das coisas que ela te pedia para fazer eram em vão.

4. A importância da independência financeira

Ganhar o seu dinheiro, guardá-lo, conquistá-lo e poder fazer o que quiser com ele é uma das melhores sensações, é quando você realmente sabe quais são suas prioridades de vida e seus verdadeiros valores.

5. Como o amor próprio é importante

Não adianta, você pode não gostar de várias coisas em si mesma – físicas ou não – mas você aprende a entender que sua mente e corpo serão seus até o final da vida. Aprender a se amar e se tratar bem faz a vida ser uma jornada bem mais gostosa.

6. Autoconhecimento é questão de sobrevivência

Agradar os outros, seguir modinha não cabem mais no seu dia a dia. O trabalho/filhos/esposa/marido/seus pais já tomam quase todo o seu tempo. Aprender a entender o que você gosta ou não é uma questão de sobrevivência para não enlouquecer.

Diferenças entre os seus 20 e 30 anos - 2

7. O amor é algo para cultivar e lutar

Aquele rosto lindo com sorriso de covinhas e os braços sarados não compensam uma pessoa sem graça e que não te valoriza. O amor é muito mais do que isso, e em momento algum ele é fácil de manter. O foco passa a ser o companheirismo e os planos pro futuro, se não for pra ter uma pessoa que lute por e com você pelos sonhos de ambos, vale mais a pena ficar só e feliz.

8. O seu fígado

Você judiou dele né? Festas, micaretas, baladas de quinta a domingo, carnavais alucinados e boas risadas bebendo com a turma de faculdade e em formaturas te mantinham com um fígado “aquecido” que hoje demora 2 dias para parar de doer se beber cerveja e vinho na mesma noite.

Imagem: Unsplash