Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Dores durante a relação sexual não são um bom sinal – principalmente quando elas persistem, mesmo após o ato. Se você sofre deste mal, conhecido como dispareunia, saiba que existe solução.

A dispareunia afeta homens e mulheres e não existe uma faixa etária específica para que esta disfunção apareça. O problema é considerado um transtorno sexual, fruto das mais variadas causas, sejam elas físicas ou psíquicas. O diagnóstico preciso, no entanto, só um médico será capaz de fazer.

Apesar de o transtorno acometer tanto homens como mulheres, é muito mais recorrente na ala feminina. De fato, pode atingir até 50% daquelas que possuem uma vida sexual ativa – esta é uma estatística de peso, concorda? Conheça um pouco mais sobre a dispareunia e saiba como ela pode ser tratada!

Como saber se tenho dispareunia?

dores na relação sexual 3

Este distúrbio sexual pode causar desde um leve desconforto até uma dor intensa no canal vaginal durante a relação. Para ser caracterizada como disfunção, essa situação deve se repetir em todas as vezes que há penetração e não apenas esporadicamente.

No caso da dispareunia, o incômodo é tão grande que acaba acarretando em rejeição ao sexo, já que a sensação de dor constante diminui a libido. Por consequência, o transtorno termina por afetar, em muitas das vezes, a relação e o convívio com o parceiro, ressaltando ainda mais a importância de se procurar tratamento especializado.

Se você tem percebido que essa dor é uma constante em sua vida sexual, mas antes não era, saiba que existem diferentes tipos do transtorno: a primária, a secundária, a situacional e a generalizada.

A do tipo primária está relacionada à dor na primeira relação sexual. Já a secundária se caracteriza quando o problema surge após anos de relações sexuais. A situacional, por sua vez, acontece em caso de dor ocasional, com determinados parceiros, enquanto a generalizada é aquela em que a mulher sempre sentiu o desconforto com a penetração.

As prováveis causas da dispareunia

dores na relação sexual 2

As dores durante o ato sexual podem surgir por conta de um problema físico ou psíquico. Por isso é tão importante entrar em contato com o seu médico para que ele possa avaliar melhor a origem do transtorno no seu caso específico.

De qualquer forma, dentre as causas físicas da disfunção, podemos citar desde um problema de lubrificação até infecções na região genital como candidíase, tricomoníase e outras; infecção no clitóris, ânus ou canal urinário; doenças da pele a exemplo da foliculite e pediculose púbica e também doenças sexualmente transmissíveis.

Se a causa do transtorno é psicológica, outros fatores entram em cena: pode ser uma criação baseada em crenças morais e religiosas muito rígidas; falta de desejo pelo parceiro; traumas de infância relacionadas à sexualidade; educação repressora; culpa e outros aspectos.

Ainda que a causa seja somente física, o problema pode acabar afetando também o psicológico, fazendo com que a mulher passe a ter receio das relações por conta da possível sensação de dor.

Como é feito o tratamento

dores na relação sexual 1

É a partir da consulta médica que você terá acesso ao tratamento mais indicado. No caso da dispareunia causada por doenças, como infecções, o mais provável é que sejam administrados antibióticos para tratar o problema, dentre outros medicamentos.

Por outro lado, se a disfunção tiver raízes psicológicas, a paciente deverá ser tratada por um conjunto de profissionais, incluindo um terapeuta, que poderá ajudar a identificar se o problema sempre existiu ou investigar os motivos pelos quais ele surgiu.

Se você se identificou com as situações e problemáticas tratadas, não perca mais tempo e procure um médico para que possa voltar a ter uma vida sexual ativa e feliz. Depois de todas estas informações, você já sabe que a dispareunia tem tratamento e merece cuidado e atenção para ser superada.

No caso de possíveis doenças, torna-se ainda mais urgente procurar ajuda, uma vez que elas podem evoluir e causar ainda mais danos à saúde.

Procure soluções e não abra mão de uma vida sexual satisfatória!

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more