Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Falta pouco para o dia das crianças! Antes de comprar tudo o que seus filhos pedirem, veja aqui como economizar no presente do dia das crianças para não estourar o seu orçamento!

Se você já está preocupada com o presente dos seus filhos saiba que aqui você encontrará várias ideias para economizar nos presentes do dia das crianças.

Eu tenho duas filhas: a Isabella (com 5 anos) e a Yasmin (com 2 anos e 5 meses). Não sei se é o seu caso, mas elas me pedem brinquedos que nunca vi antes!

Mas como elas descobrem esses brinquedos? Na internet, especificamente em canais do YouTube. Assim como elas, hoje as crianças têm muito acesso a esta plataforma. Quem me segue no YouTube e no Instagram sabe que eu ensino educação financeira para minhas filhas, e apesar da minha filha mais nova não saber sobre valores ela já tem algum entendimento – hoje ao ganhar a mesada uma parte ela guarda no cofrinho dos sonhos e a outra ela pode gastar.

Dei início a esse processo de ensinar educação financeira quando a minha filha mais velha me mostrava os vídeos que assistia e também quando íamos em lugares como lojas de brinquedos, ela muitas vezes chorava pedindo brinquedos.

Trabalhei de maneira lúdica para que ela entendesse sobre a importância de ela ter seus sonhos, ensinei sobre imediatismo e adiamento, enfim, foi um processo que demorou, mas hoje ela está com um nível avançado e já investe – claro, com minha ajuda, mas ela sabe o que são juros, o que é tesouro direto e agora está aprendendo sobre fundos imobiliários.

Voltando ao assunto do dia das crianças…

Devido à publicidade que existe na internet temos que ficar de olho nos conteúdos que nossos filhos assistem. Por exemplo, a publicidade descobriu que o unboxing é uma grande fonte de ganhar dinheiro.

Para quem não conhece, basicamente o unboxing é um vídeo onde não aparece o rosto da pessoa que fala, aparecem apenas as mãos dela desembrulhando um pacote ou uma embalagem de brinquedo e mostrando o que vem dentro, como funciona, etc.

Com isso a criança fica hipnotizada assistindo, pois tem a sensação que ela está abrindo aquela embalagem, e com isso pede aquele brinquedo para os pais. Seus pais, por sua vez, por sentirem que estão ausentes, por trabalharem fora e chegarem tarde, muitas vezes acabam cedendo e comprando brinquedos caros, que comprometem o orçamento da família. O pior é que muitas vezes a criança brinca duas vezes com o tal brinquedo e já o larga.

Mas então, como economizar no presente do dia das crianças?

Separei sete orientações para que você consiga economizar no presente do dia das crianças:

1. Se planeje

Faça um bom planejamento para saber o quanto pode gastar. Antes de comprar um presente, é importante fazer um bom planejamento do dinheiro. Leve em consideração todas as contas já assumidas, lembre-se que o final do ano está próximo ao dia das crianças, e no começo do ano seguinte chegam mais dívidas, como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar, etc. Dessa forma, é mais fácil saber o quanto poderá gastar nos presentes este ano.

2. Compre antes

O ideal é sempre comprar o(s) presente(s) meses antes do dia da crianças, em épocas onde não há uma grande procura por brinquedos. Você também pode conseguir melhores preços, já se deixar para muito próximo da data com certeza irá pagar mais caro.

3. Fique atenta na escolha

O barato pode sair caro! Portanto tenha cuidado ao comprar produto sem garantia, pois além de perder dinheiro você ainda pode comprometer a segurança e saúde dos seus filhos.

4. Troque por experiências

Explicar para seus filhos que não é necessário comprar algum presente neste dia, e sim comemorar o dia deles de alguma forma. Sugerir que vocês podem fazer um passeio em lugares gratuitos, como parques, e podem até fazer um piquenique ou mesmo ir em pontos turísticos da cidade.

5. Faça um bazar de trocas

Ao invés de comprar, porque não fazer troca de brinquedo? Quantos brinquedos estão encostados na sua casa? Junte os amiguinhos, cada um leva um brinquedo que não brinca mais e troca por um brinquedo de outro amiguinho. Assim eles aprendem que algo que não serve mais para eles pode servir para o outro, e com isso você trabalha também a sustentabilidade.

6. Sempre negocie

Peça desconto, faça cotação em pelo menos três lugares antes de comprar, e se possível pague em dinheiro (os descontos costumam ser maiores com esta forma de pagamento).

7. Não leve as crianças!

Por último: não deixe de levar seus filhos para comprar o presente junto com você. Vejo muitos educadores dizendo para evitar levá-los às lojas, mas na minha opinião precisamos desde cedo orientá-los, pois o consumismo está cada dia mais presente na vida deles e eles precisam ter a consciência sobre a importância de fazer um bom uso do dinheiro.

Espero você no próximo artigo!

Imagem: Unsplash

@ load more