Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Você já sentiu vergonha do seu corpo? É bizarro o tanto de mulheres que se sentem pressionadas pela mídia, hoje em dia.

Estar dentro do padrão é ter que se colocar numa caixinha pequena e ilógica, moldar seu ser e suas escolhas baseadas no que a sociedade acha bonito e atraente.

Curioso que beleza é algo relativo, mas mesmo assim nos sentimos obrigadas a nos encaixar numa bolha para assim nos sentirmos bonitas.

Mulher bonita é aquela que senta com as pernas fechadas. Tem o IMC abaixo da média, mas consegue manter as pernas torneadas, cintura fina e barriga negativa.

Além de que mulher escandalosa é péssimo né? *contém ironia*

Tentar caber nessa caixinha é um saco, por fim a gente acaba se limitando e se prendendo. E essa felicidade que nos prometem, não existe.

Porque é impossível ser feliz se estamos nos controlando o tempo todo.

Se seguramos uma risada para não chamar atenção, se não usamos as roupas que queremos para não sair da linha, se nunca arriscamos para não correr o risco de não ser aquilo que esperam de nós.

Mas ser uma mulher feliz e livre é se arriscar o suficiente para não acabar sendo vítima mais uma vez desse patriarcado.

E se eu não quiser viver para agradar os outros, por mais julgamentos que eu receba, vale muito mais a pena do que nunca saber o que de fato é liberdade.

E se eu não achar nenhum homem que aceite o fato de que sou forte, independente e livre, que seja. Não quero ninguém que ache normal eu precisar agradar a sociedade toda para receber um respeito totalmente superficial.

Sinto muito se você pensa que as mulheres precisam esperar você salvá-las. Se você se sente mal por não ser o primeiro. Por uma mulher te repreender quando você age totalmente misógino e machista.

Sinto muito por você se sentir tão pequeno, que precisa diminuir uma mulher para se sentir “homem o suficiente”.

Você é tão linda, e eu quero que enxergue em você essa beleza. Quero que rasgue as revistas que exigem que você seja algo que você não é, quero que suas ações sejam guiadas pela sua moral e pela sua pessoa.

Que não seja o mundo falando o que você deve fazer ou ser, que seja você dizendo para o mundo que não vai ser do jeito dele.

Acredite de verdade na sua força, porque lutar contra o patriarcado é muito exaustivo e difícil. Mas é por todas nós que se nota que essa luta vale a pena. E toda vez que nos unimos por um objetivo em comum o chão treme com nossos gritos e protestos. Uni-vos!

Imagem: The Art Gorgeous

@ load more