Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Falar sobre odiar o seu corpo parece pesado, e seria um exagero, se não fosse a mais pura verdade. Assim como eu, eu tenho certeza que você foi ensinada a detestar essa forma com todas as suas forças, e por motivos diferentes.

Seja uma mãe, uma amiga, uma professora ou até uma chefe, em algum momento você já ouviu alguma das frases abaixo, que falam exclusivamente sobre como o seu corpo é muito mais importante do que você imagina. Isso, claro, vale apenas para as mulheres – os homens estão à salvo desse tipo de exposição pública.

Mas, sim, toda mulher foi ensinada a odiar o seu corpo por causa dessa mesma importância que ele ganhou quando definiram que existe um padrão de mulher perfeita que todo mundo precisa tentar ser. É o bendito body shaming: a arte de falar mal do corpo alheio sem filtros. Existem casos extremos, claro, porém é um fato que todas nós já passamos por isso em algum grau.

Não é preciso nem mesmo comentários diretos sobre o nosso peso, mas sobre as roupas que usamos (e que deixam o nosso ‘corpo horrível’ à mostra), as comparações com mulheres mais dentro do padrão e tantas outras frases que pontuam, diariamente, o que é não ter um corpo perfeito.

Até por isso, decidimos listar 18 frases que te ensinaram a odiar o seu corpo:

1.“Você vai mesmo comer sobremesa?”

2.“Nossa, você acabou de almoçar… Espera  mais um pouco pra comer de novo”

3.“Por que você não é mais como fulana?”

4.“Essa calça não tá justa demais pra você?”

5.“Leva uma saída de banho pra praia… Ou coloca uma camiseta”

6.“Por que você não usa um maiô?”

7.“Olha o corpo da fulana!”

8.“Você não fica mais confortável com um vestido soltinho?”

9.“Será que essa blusa não tá muito curta?”

10.“Acho que calça skinny não é pra você…”

11.“Essa roupa não tá muito colada?”

12.“Você já foi na academia essa semana?”

13.“Você pode tentar o tratamento que a fulana fez pra perder peso”

14.“Você é gorda, não pode usar isso”

15.“Coloca uma roupa mais acinturada, disfarça a barriga”

16.“Você tá magra demais, precisa engordar um pouco”

17.“Nossa, você tá enorme! Perder peso vai te fazer bem”

18.“Você vai ficar muito mais feliz se cuidar melhor do seu corpo”

O objetivo com tudo isso claro, não é fazer você lembra de como aprendeu a odiar o seu corpo, ou odiá-lo ainda mais. Mas escancarar coisas que todas nós fazemos (e eu me incluo nessa) para aprendermos a olhar para nós mesmas e para outras mulheres com mais gentileza.

Aceitar o próprio corpo é o ideal para todas nós, mas também não é tarefa fácil, porque precisamos driblar esse body shaming constante. Passamos o dia como o Neo de Matrix: tentando desviar de comentários que nos lembram que não estamos no padrão de beleza, e que o nosso corpo está longe de ser o ideal.

Porém, como tudo no mundo, o nosso corpo é uma ferramenta. Ele é indispensável para fazermos o que precisamos fazer no mundo – e se essa ferramenta não está bem de verdade, então é claro que ela precisa de cuidados! Mas o cuidado precisa vir de um lugar de gratidão: afinal, ter um corpo para andar pelo mundo e realizar os nossos sonhos é algo maravilhoso. E ainda bem que a gente tem o poder de fazer com ele o que bem entender – inclusive aceitá-lo pelas suas curvinhas e gordurinhas.

Gorda ou magra, alta ou baixa, toda mulher tem o corpo perfeito para o que ela precisa. É a nossa missão é ajudar você a aceitar essa sua forma pelo o que ela é, e te incentivar a fazer o mesmo com outras mulheres. Por isso, antes de falar sobre o corpo daquela atriz ou sobre o prato do almoço da sua amiga, pense no quanto isso vai fazê-la odiar a si mesma depois. Eu tenho certeza que você vai optar por reforçar o quanto ela é linda.

Imagem: Pexels

@ load more