Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Pois é. Para quem não sabe, a atriz Isis Valverde está sendo, MAIS UMA VEZ, duramente criticada na internet por causa dos machismos nossos de cada dia. Antes de tudo, vale à pena reforçar aqui que, apesar de reconhecer o trabalho da moça, e considerá-la apenas maravilhosa, não sou uma fã. Então, podem ficar tranquilas. Tudo que falo aqui hoje é com certo distanciamento.

Isis Valverde não merece o título de “mãe de novela”

Alguns dias após dar à luz o pequeno Rael, Isis Valverde voltou aos trabalhos. De todas as fotos lindas que ela publicou em seu Instagram, porém, as de corpo inteiro parecem ter incomodado MUITA gente.

Para ser mais precisa, ontem, dia 28, ela publicou a seguinte foto:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por isis valverde (@isisvalverde) em

E, claro, choveram vários comentários iguais a esses aqui:

isis valverde

E esses foram só os que eu coletei em uns 10 minutos de pesquisa. Existiram outros comentários como:

“Vá cuidar da sua vida e da do seu filho ao invés de ficar na rede social”, “está querendo se mostrar pra quem? Saia da internet e vá curtir seu filho”, “desnecessário ficar mostrando o corpo assim, respeite as outras mães que não estão conseguindo voltar ao corpo normal mesmo meses e até anos depois de parir”, “onde vocês estão vendo corpo perfeito? A barriga está inchada”, “essa não é a realidade das mães no puerpério. Você é mãe de novela” (Fonte: Vogue Brasil)

E é esse o perrengue que toda mulher que se torna mãe passa

Sinceramente, quem acha que as reclamações das mulheres frente aos machismos atuais é “mimimi” tem zero de empatia. Com a mulher é assim: se acabou de ter um filho e tá completamente desleixada, não pode, ficou baranga. Se teve um filho e continua linda, tirando várias fotos e seguindo a carreira, também não pode. Primeiro porque “tem que cuidar do filho” (parece até que fez o pequenino sozinha). Segundo porque “esse não é o padrão, logo, uma imagem dessas pode diminuir a autoestima das mulheres que não tiveram um puerpério como esse”.

Cara. E o pior de tudo vocês não sabem. Os comentários de outras seguidoras e mulheres e homens que criticaram Isis Valverde não são nenhum pouco melhores. A maioria manda esse pessoal “ir lavar uma louça”, “deixar de recalque”, “deixar de ter inveja porque a atriz não ficou baranga que nem você” e por aí vai.

E seguimos sem sororidade, senhoras e senhoras.

Isso é terrível, sério. Chega a ser desmotivador. O esquema é o seguinte:

  • Se ela tem dinheiro e pode se cuidar, ÓTIMO. Ela poderia, também, ser podre de rica e optar por não usar maquiagens e nem modelar. A questão é que a imagem dela faz parte da carreira. Além de atriz, ela é modelo. Logo, um de seus trabalhos é, literalmente, ser bonita dentro dos padrões da indústria da beleza e moda atuais.
  • Eu concordo com esses padrões? Não. Mas não cabe a mim criticá-la por isso. Eu critico a indústria, entendem? Não ela.
  • E outra: em um dia, ela postou uma foto em frente a um espelho. É questão de segundos para tirar uma foto dessas. Ninguém aqui sabe o que ela fez durante o resto do dia. O lado ruim de redes sociais como o Instagram é esse. Nós só mostramos o lado bom das coisas. Imagina o que foi, para ela, conseguir tirar uma foto assim? “Primeiro, limpa os mamilos de tanto leite que jorra por segundo, depois, planeja a pose, acerta a luz e por aí vai.
  • Por fim, ela não é menos mãe por deixar o bebê por alguns minutos para trabalhar. Pode ter certeza de que, por trás das câmeras, o pequenino estava lá, ao lado da mamãe que, já exausta por TER SE TORNADO MÃE, ainda precisou sair bonita nas fotos e, nos intervalos, amamentá-lo.

E podem parar de pegar no pé da moça

Só durante essa pesquisa que fiz para escrever esse post, vi que a web pega Isis Valverde pra cristo direto. Primeiro foi aquela confusão entre Grazi Massafera e Cauã Reymond. A atriz foi acusada como “pivô” da separação dos dois. Isso porque, na época, ela estava contracenando com Cauã e fazendo par romântico com ele. Lindo isso, né?

Depois, ela começou a receber trocentas mil críticas sobre o tamanho dos seus seios durante a novela A Força do Querer. Aparentemente, “Ritinha”, sua personagem, tinha seios pequenos demais.

E agora isso.

Dá até uma canseira, né? Que tal se a gente começasse a sentir mais empatia pelo outro? É, isso mesmo. Imaginar o que uma pessoa pode estar passando antes de julgá-la, entender que nada na vida é preto no branco e, principalmente, PARAR de xingar os outros de forma gratuita só porque existe uma caixinha de comentários que lhe permite isso.

A verdade é que todo mundo deveria seguir o conselho da minha avó: “Se não tiver nada de bom para falar, gente, não fala nada”. Não ajuda ninguém. Não agrega em nada. Só te deixa ainda mais exposta.

Imagem: Reprodução


O que você responderia a essa pergunta logo abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more