Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Este texto com as maiores mentiras sobre dietas já começa com a verdade: quanto mais as mulheres se sentem mal com seu próprio corpo, mais a indústria de dietas lucra. Na mesma proporção. Mais ódio, auto-rejeição e mal estar, mais dinheiro.

mentiras sobre dietas

O peso do corpo é pequeno perto do peso da vergonha, da culpa e do medo que gira em torno da relação que muitas mulheres tem com a comida e com o peso.

A manipulação da indústria de dietas é genial! Sério, os caras são bons! Eles conseguiram criar toda uma realidade paralela – e infelizmente a maioria das pessoas vive lá – e nos fazem acreditar que não somos boas, inteligentes, bonitas, simpáticas, competentes o suficiente e que a solução pra isso é mudar a aparência e buscar um tal padrão que é irreal e inatingível.

Pra chegar lá vale tudo, sem considerar preferências, ambiente, estilo de vida, histórico, individualidade… que nada, vamos encaixar todo mundo nessa caixinha aqui. E é muito conveniente pra indústria de dietas ter milhares de pessoas vivendo na realidade paralela da mentalidade de dietas. Assim eles ganham um cliente vitalício, olha que legal!

Quando você acredita na ideia de voltar para a dieta para ser saudável, você vai continuar consumindo mais. Se a verdade prevalecesse, a gente ia parar de comprar coisas – produtos, remédios, tratamentos, cirurgias e procedimentos de todo tipo – e isso é o que esta indústria bilionária não pode deixar acontecer.

Quanto mais nos tornamos dependentes das soluções milagrosas para o emagrecimento, mais nos distanciamos de nós mesmas, dos nossos sonhos e propósito de vida, mais ansiosas e infelizes nos tornamos (e ainda acreditando que o fracasso é nosso!).

Vamos agora conversar sobre as maiores mentiras sobre dietas e porque elas estão tão bem camufladas.

Maiores mentiras sobre dietas parte 1

Você já pode ler a parte 2 aqui.

Mentira n° 1: “Fazer dieta emagrece”

mentiras sobre dietas - 1

Tá, vou começar de leve: fazer dieta até emagrece… maaaas recuperamos todo peso perdido logo depois. E um pouco mais.

Se um fumante para de fumar por 15 dias, ele deixa de ser um fumante? NÃO.

Se uma pessoa perde peso e fica duas semanas magra, isso conta como emagrecer? Pra mim, não. Emagrecimento de 2 semanas não é emagrecimento definitivo. 95% das pessoas não tem resultados com dieta. Os 5% recuperam o peso perdido em até 4 anos.

Dietas não funcionam e ainda promovem a ideia ERRADA de que quem não consegue é fracassada. Isso aumenta a insegurança, a desconexão e a dependência de métodos não naturais e agressivos ao corpo, promovendo total desconexão com o corpo gerando ansiedade, stress, algumas vezes depressão e o que fazemos quando isso acontece? Pois é, a vontade de comer chocolate aumenta, e as mentiras sobre dietas também!

Mentira n° 2: “Dieta é cuidar da saúde”

mentiras sobre dietas - 2

É um grande desafio no meu dia a dia de trabalho mostrar pras pessoas que dieta e saúde são coisas muito diferentes. Dieta não é sinônimo de saúde, nem de bem-estar. Pelo contrário. O tamanho, peso ou aparência de uma pessoa não mostra nada sobre o quanto ela é saudável ou não. Existem magros saudáveis e não saudáveis. Existem gordos saudáveis e não saudáveis. E não dá pra saber disso só olhando pra pessoa, mas com exames, testes e diagnósticos feitos por pessoas competentes. Não com os olhos.

Fazer dieta pode ser uma das piores coisas que você pode fazer pela sua saúde tanto física (pode diminuir o metabolismo, te deixar mais cansada, aumentar a pressão, pode causar depressão ou um transtorno alimentar e muito mais) e principalmente pela sua saúde mental e emocional, cujos prejuízos são difíceis de identificar.

Eu sou uma sobrevivente, sei bem disso. E mesmo anos depois de despertar, ainda vejo vestígios dos anos de auto-rejeição.

Mentira n° 3: “Fazer dieta é fácil, todo mundo consegue”

mentiras osbre dietas - 3

Tomar remédio, laxante, passar fome, sentir medo de comida, fazer atividade física por obrigação ou pra se punir por ter comida não é fácil, muito menos saudável.

Não é impossível e qualquer pessoa é sim fisicamente capaz de fazer tudo isso, mas com essas práticas o corpo se torna resistente a perda de peso, além de sofrer muito com as consequências mentais e emocionais e com os prejuízos físicos ao metabolismo.

Não, não é fácil e não vale a pena. O custo é muito alto.

Quanto mais acreditamos em tudo isso, mais buscamos dietas, mais dinheiro, tempo, energia e sanidade. Nos dedicamos a uma causa destinada a falhar. Sempre.

Mentira n° 4: “Dieta e cuidar da alimentação é necessário”

mentiras sobre dietas - 4

Toda santa dieta nos diz nas entrelinhas que não somos confiáveis, que nosso corpo não é confiável. Precisamos olhar pra fora, buscar resposta nos “alimentos certos” (e não na sabedoria da nossa biologia) pra ter uma boa alimentação.

E eu não estou falando que devemos descuidar ou comer de qualquer jeito (claro!), mas não precisamos colocar 80% da atenção do nosso dia pra termos uma boa alimentação. Assim como você não precisa pensar no seu filho 100% do seu tempo pra ser uma boa mãe ou trabalhar 18 horas pra ser uma boa profissional.

A mídia incentiva tanto o medo, a preocupação constante que parece que a qualquer descuido “tudo está perdido”. Isso não funciona a longo prazo e também não traz emagrecimento definitivo. Dieta não ensina ninguém a se relacionar com a comida de forma saudável, prazerosa, tranquila, definitiva. Pelo contrário. A mentalidade restritiva nos faz perder peso, mas ganhar tudo de novo (às vezes mais!).

Mentira n° 5: “Dietas são super sustentáveis e fazem bem para o corpo”

mentiras sobre dietas - 5

Não adianta conseguir fazer dieta por alguns dias e de repente se pegar comendo enlouquecidamente uma grande quantidade de comida sem nem sentir o gosto – sabe aquela coisa de ‘quando eu vi já tinha comido’?. Viver esses altos e baixos é desesperador – e, de novo, a gente acha que a culpa pelo descontrole é nossa.

Não é porque a blogueira do Instagram come 1200 calorias por dia ou não come carboidrato que você precisa fazer assim também. Somos 7 bilhões de pessoas no mundo e cada uma tem características próprias.

O que você come varia dependendo do quanto você se exercita em um dia, sua atividade hormonal, estabilidade emocional,  a qualidade do seu sono e muitas outras coisas. E isso ninguém vai te ensinar, só você pode aprender. Só eu sou expert em Lígia Fabreti e só você é expert em você. Olha que lindo isso!

Mas nós temos que parar de buscar respostas fora de nós, em cardápios, fórmulas e receitas prontas e começar a procurar onde as respostas realmente estão: em nós mesmas.

Mentira n° 6: “Dietas te ajudam a controlar sua fome”

mentiras sobre dietas - 6

Você não precisa controlar sua fome, você só precisa respeitá-la.

Claro que você vai emagrecer se só tomar água com limão… mas e quando seu corpo precisar de energia e nutrição?

Pera, que eu vou te contar o que acontece: você vai estar tão faminta por causa da restrição e vai estar com vontade de comer absolutamente tudo (e meio que ao mesmo tempo) e vai comer muito rápido, bem mais do que seu corpo gosta e precisa, e vai comer desse jeito enquanto promete pra si mesma que é a última vez. Vai fechar os olhos e prometer que depois dessa “última refeição”, vai “comer certinho”. O pior é que a gente realmente acredita nessa promessa fantasiosa.

E quantas “últimas refeições”, você já teve? Quantas vezes, cheia de culpa, com medo de engordar, se sentindo péssima, você voltou pra dieta? E é assim que o ciclo de dietas recomeça e se perpetua…


E aí o que está achando sobre as maiores mentiras sobre dietas? Comente no Facebook e deixe sua opinião! Você ver a segunda parte aqui.

Imagem: Pexels

@ load more