Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

“Porque eu o amo” é uma justificativa utilizada por muitas mulheres para se manterem em um relacionamento abusivo, ou em um compromisso que não acrescenta nada em suas vidas.

Seja sincera com você mesma, pra que serve um relacionamento? Porque nos relacionamos?

relacionamento abusivo

Imagem: Pixabay

Um dia eu estava tomando café com algumas pessoas e TODAS elas, inclusive eu, estávamos fazendo reclamações a respeito dos relacionamentos. Em algum momento, perguntei: “por que nos relacionamos?”. E alguém respondeu: “porque não somos uma ilha”. A conversa acabou ali.

E de tanto refletir sobre a questão, eu posso dizer com propriedade que a gente se relaciona pra ser feliz, oras. Um relacionamento deveria servir para tornar a vida do outro mais leve, mais colorida. Ter alguém do lado deveria ser sinônimo de parceria. Alguém que te coloca pra cima, que incentiva seus projetos pessoais, seu trabalho, seus estudos.

Que participa da sua vida, que compartilha das coisas que você gosta, que goste da sua família, dos seus amigos, do seu cachorro, e vice-versa. Relacionamentos servem para construir, fortalecer e dividir os problemas diários (além dos filmes, da pipoca, do sexo e o pôr-do-sol).

Faça uma pergunta sincera a você mesma: por que você está dentro de um relacionamento, e como você se sente?

Relacionamentos devem construir, e não destruir quem você é. Se você está com alguém que ao invés de incentivar seus estudos a convença a desistir deles, REFLITA.

Se você está com alguém que não gosta dos seus amigos, que critica sua família e a faz viver em uma bolha, REFLITA.

Se você está com alguém que aparentemente a ama muito, e por isso passa a criticar seu jeito de ser, suas roupas, como você dança, ou quando você faz qualquer coisa que você sempre fez, e que antes não parecia ser um problema… REFLITA.

(Lembrando que a gente sabe muito bem quando é feita uma crítica construtiva e quando alguém precisa nos diminuir pra se sentir melhor).

Se você está com alguém que critica suas fotos, suas postagens, que exclui pessoas das suas redes sociais, que quer controlar seu celular, suas conversas, e tudo isso baseado em histórias mirabolantes a seu respeito que a pessoa mesmo inventa, REFLITA.

Se você está mais sozinha dentro de um relacionamento, do que fora dele, REFLITA.

Se você se sente agredida, ofendida e até mesmo negligenciada e, ao final do dia, pede desculpas pelo que sente, REFLITA.

Isso tudo faz parte de um relacionamento abusivo.

Amar alguém não é motivo para que você continuar em um relacionamento abusivo

relacionamento abusivo

Imagem: Pixabay

Eu sei que ao ler este texto, você se reconhece em um relacionamento abusivo, ou em um relacionamento muito ruim. Só que negar cada linha dessas porque você o ama tanto é não sobrar nenhum amor pra você mesma.

Não estou aqui pra te julgar. Estou aqui para dizer a você que tem jeito. Você pode buscar ajuda na sua família, nos seus amigos, e até mesmo num psicólogo. Você pode pedir a Deus. O que você não pode é continuar se reduzindo para caber no mundo de alguém.

Se tudo que você quer é ser amada, o primeiro passo é amar a si mesma. Parece clichê eu sei. Mas enquanto você se mantém em relações que destroem o melhor de você, a sua necessidade de amor aumenta, e as suas chances diminuem.

Talvez você não consiga sair agora, é difícil eu sei. Mas não desista, busque ajuda e sinta-se bem.

Porque você merece!


 

@ load more