Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Nos últimos meses os meus sonhos com você têm sido frequentes. É madrugada. 04h35min para ser mais exata. E eu estou chorando. Chorando por causa de um pesadelo. Chorando por tudo que o mesmo jogou na minha cara em relação a você. No sonho o meu pai tinha falecido e alguns dias após o acontecido eu tive que me encontrar com você para resolver questões burocráticas. Lembro-me que eu estava mais avoada que de que costume e você então me perguntou o que estava acontecendo, questionando a minha falta de atenção.

Eu, como sempre, fui surpreendida, e irônica te respondi que o meu pai tinha falecido há poucos dias e lhe perguntei em seguida como você queria que eu estivesse me sentido. Queria que eu estivesse fazendo festa? E te cutuquei deixando bem claro que não sou igual a você que vive escondendo seus sentimentos, de tudo e de todo o tempo todo. Continuamos fazendo o serviço burocrático e eu, vez ou outra olhando minhas redes sociais, vi comentários do chefe mais distante dizendo que eu tinha arrasado no texto e que imaginava o tamanho da minha dor após tamanha perda.

E então eu acordei. Chorando e gritando muito. Depois de um tempo até consegui dormir mais um pouco. Ao acordar parei para pensar nesse pesadelo. Para pensar em tudo o que já estudei e vivenciei na psicanálise e não consigo encontrar um significado menos óbvio para isso. Minha vivência com a psicanalise é muito rasa, mas as vivências que tive com você não. Você era muito presente na minha vida, digo presente não no sentido espiritual de uma conexão, pois hoje consigo enxergar que foram poucas as vezes que estávamos conectadas, de fato um ao outro.

Seu colo era para o qual eu corria quando queria fugir dos meus monstros internos, para então me sentir menos sozinha. Mas eu também fazia questão de dividir minhas conquistas e alegrias.
Você, nos momentos mais obscuros de seu ser, também me procurava sempre que queria abrigo. E isso me fez achar que existia uma cumplicidade e reciprocidade, daquelas que não evaporam daquelas que nenhuma bobagem é capaz de romper. Daí então me lembrei do nosso rompimento. Lembrei-me dos meus ciúmes bobos. Lembrei-me do seu desprezo. Lembrei-me das palavras em momentos de ira. Lembrei-me também da sua indiferença. E confesso que isso me fez chorar mais que a hora que acordei.


A psicanálise tenta descobrir/esclarecer o que o nosso inconsciente está tentando nos dizer, ou nossos desejos reprimidos. Não só isso claro, mas não tenho embasamento teórico suficiente para abordar outros pontos da mesma. Sou apenas uma estudante de jornalismo fascinada por várias vertentes da psicologia e uma delas é a psicanalise, por isso me atrevo a estudar sozinha, obtendo poucas orientações de alguns profissionais da área.

Os nossos sonhos e pesadelos passam mensagens importantes

Mas voltando aos mil pesadelos que tenho tido com você, analisando um por um, e não só esse que descrevi acima, eu cheguei à conclusão de que o mesmo tem acontecido com frequência porque eu posso até ter superado você, mas ainda não consegui superar a falta que você faz na minha vida. Ainda não consegui superar uns resquícios de mágoa que esse pesadelo deixou claro para mim. Ainda não superei o medo que tenho do que vou sentir ao reencontrar com você. Ainda não superei o fato de ter acreditado tanto nas suas promessas.

Eu ainda não superei, mas já me conformei de que você foi apenas uma passagem na minha vida. Enquanto essa superação completa não vem, eu vou seguindo. Vivendo dias mais leves, mais tranquilos, e acredite ou não, desejando dias leves para você também (leia mais aqui). Apesar de tudo ou de nada, eu quero te ver sempre bem. Boa sorte ai com as suas camuflagens, com seus sentimentos e com suas vivências. Desejo-lhe sempre muito sucesso. Cuida-te dai que sigo me cuidando daqui. Até qualquer dia.

Imagem: Pinterest

@ load more