Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Você sabe onde foi parar seu amor próprio?

Eu tenho visto entre a mulherada algo que ao meu ver é um senhor problema, a total falta de autoestima de muitas mulheres. Eu não sei porquê me surpreendi, tendo em vista que, há não muito tempo atrás, eu fazia parte dessa estatística. Eu sei o que é passar os dias no poço escuro da falta de amor próprio, porém eu, hoje, não consigo reconhecer a mim mesma naquele tempo. Parece que não era eu. Enfim, eu estive nesse lugar onde muitas de vocês estão agora. E o que eu quero que vocês saibam é: se eu consegui sair do poço, então vocês também conseguem.

onde foi parar seu amor proprio - 1

Independente de qual seja o seu “problema” em relação a quem você é, seja ele uma implicância com seu nariz, com gordura corporal, com cabelo, com barriga após a maternidade, com alguma cicatriz, com teus peitos ou até mesmo com a tua personalidade, quero deixar bem claro aqui que, qualquer que seja o problema, se resume a falta de autoestima. Então eu te digo, não é necessariamente uma operação, uma dieta ou uma escova progressiva que vai resolver teu problema. Não vai. O buraco, minha amiga, é mais embaixo.

Onde foi parar seu amor próprio?

Então podemos começar nosso assunto partindo do princípio que, até que você aceite o seu “problema”, operar ele não vai mudar em nada. A tendência é, se você não gosta dos seios, você opera eles, e então você logo vai encontrar outro “defeito” do qual se queixar. Ou você está se sentindo insegura e acima do peso, fazer a dieta do líquido ou arrumar um namorado não vai resolver o seu problema.

“Ah Marcela, mas o que então vai resolver o meu problema?”

onde foi parar seu amor proprio - 2

Primeira coisa, parar de se comparar. Simplesmente PARE. O meu corpo não é como o da Kim Kardashian, assim como está a léguas de distância do da Gisele. Mas também não me pareço nem um pouco com a Juliana Paes e nem com a Marina Ruy Barbosa. Pra vocês terem uma noção, meu corpo não parece nem com o da minha mãe! Então gente, comparação é inútil! Absolutamente inútil. Não gaste energia achando que você precisa se parecer com fulana ou cicrana. Não, você não precisa.

Segunda coisa, você tem o costume de olhar pra cara da tua melhor amiga e falar pra ela todo santo dia o quanto você acha que ela é feia, desajustada, sem graça, gorda, caída, ou que ela não se veste bem e não tem personalidade? Eu duvido que você diga isso pra ela. Então porquê você diz isso pra si mesma todos os dias, hein???

onde foi parar seu amor proprio - 3

A regra de ouro da mulher com autonomia é, nunca diga a você mesma o que você não diria pra sua melhor amiga. Nunca. Pelo contrário gente. Pelo amor de Deus, ninguém dentre toda a população mundial vai ter que olhar pra cara e conviver com você todos os dias da tua vida. Ninguém. Só você mesma vai. Então vamos seguir a lógica de pensar que, se você é a única pessoa no mundo que vai passar todos os dias, horas e minutos do resto da tua vida com você mesma.

Então eu quero que a partir de hoje, você olhe pros teus olhos no espelho e peça desculpa pra você. Faça esse exercício. Peça desculpa por ter dito tanta coisa feia a respeito de si mesma. E a partir daí, gente, comece a se olhar com os olhos da compaixão. Como a tua melhor amiga te olharia. A tua melhor amiga conhece teus defeitos, conhece teus pontos fortes e pontos fracos, então trate de conhecer a si mesma também. E não se julgue. Não cobre de si uma perfeição que não existe.

Eu não estou aqui dizendo que amanhã você vai acordar do nada se amando. Não vai. Não funciona assim. Porém, somente através da compaixão por si mesma e da certeza que não somos iguais a ninguém, é que você vai conseguir construir um relacionamento de verdade consigo mesma. Você quer construir esse relacionamento consigo mesma ou você quer viver esmagando a barriga na cinta e lotando o rosto de maquiagem todos os dias por não gostar do que vê, porém fingindo que é feliz?

onde foi parar seu amor proprio - 4

Meninas façam o exercício do espelho. Façam todos os dias se puderem!

E paralelo a isso, eu quero que vocês criem o hábito de todos os dias anotarem uma coisa legal a seu respeito, seja algo que você gosta no teu corpo, ou algo que você gosta na tua personalidade como pode ser também, algo que você fez de legal no dia. Anotem. Todos os dias, uma coisa. Não é difícil e muito menos impossível. E vai te ajudar a começar a criar o hábito de ver o que você tem de bom.

onde foi parar seu amor proprio - 5

São dois pequenos passos. Bem pequenos. Mas não se começa nada sem dar o primeiro pequeno passo.

Desejo a todas vocês, que se disponibilizarem a embarcar nessa jornada, muita paciência. Bons hábitos são criados, assim como um bom relacionamento bonito com nós mesmas. E tal como qualquer outro tipo de relacionamento, este também precisa ser alimentado e cuidado todos os dias.

onde foi parar seu amor proprio - 6

Imagem: Stocksnap


Já sabe onde foi parar seu amor próprio? Que tal ajudar alguém no Clube a recuperar também? Responda aqui!

@ load more