Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Gata, não existe quase nada mais gostoso do que estar com a depilação em dia! Nada melhor do que estar de bem com o seu corpo, se cuidando e se sentindo linda, com a depilação íntima preparada para bons momentos consigo mesma ou com seu parceiro.

Entre os muitos cuidados com a beleza, a depilação aparece como um dos mais utilizados. A extração dos pelos de certas partes do corpo é um dos hábitos mais antigos do universo feminino – você sabia?

Tipos de depilação íntima feminina

Hoje, existem muitos métodos de depilação íntima. Métodos definitivos e temporários. Além de um cuidado com a região íntima, esses tipos de depilação também auxiliam na higiene do local, que fica menos abafado, dificultando o aparecimento de fungos. Muitas mulheres, além de fatores estéticos e higiênicos, costumam depilar a zona íntima para ficarem mais atraentes e seguras com seus parceiros. E para isso, nada melhor que aprender como fazer depilação íntima com desenhos!

Se você adora novas ideias de como se depilar e se sentir atraente, veja agora 10 modelos super legais e escolha qual a melhor depilação íntima para você arrasar!

1. Lisinha! Lisinha!

tipos de depilação íntima feminina - modelo lisa
Meninas, este é, de longe, o tipo de depilação íntima mais pedido nos salões. Por conta da possibilidade de uma maior exposição, as mulheres adoram o modelo. Dica: evite roupas muito apertadas após o procedimento, isso diminui os riscos de foliculite e de pelos encravados.

2. Risquinho sensual

exemplo de como depilar zona íntima feminina - modelo risquinho

Esta é uma opção que também é muito pedida. Algumas mulheres têm receio de ficarem completamente expostas, dessa forma deixa um modelo mais cavado e bem charmoso.

3. Levando o bofe para o céu, na depilação asa delta

exemplo de como se depilar zona íntima feminina - modelo asa delta

As mulheres mais conservadoras sempre optam por este modelo. Como uma das mais pedidas, muitas mulheres retiram apenas os pelos das virilhas e mantém a região central.

4. É romance estampado no corpo – Depilação Coração!

exemplo de como fazer depilação íntima com desenhos - modelo coraçao
Entre os tipos de depilação íntima artística, esta é com certeza a mais pedida. O desenho é moldurado na região pubiana e remove-se os pelos ao lado de acordo com a vontade da cliente.

5. Veja a direção correta – Depilação Seta!

tipos de depilação íntima feminina - modelo seta
Uma opção muito divertida para a depilação íntima feminina é a seta. Muitas vezes o desenho pode ser colorido com hena, mas sempre deve se ter o cuidado de usar tintas específicas para a pele. Tintas para cabelo, artes plásticas e acrílicas não são indicadas, já que podem causar irritações graves na região vaginal.

6. Iniciais! Esse vai gamar!

qual a melhor depilação íntima feminina - modelo inicial do nome

Que-ri-das! Vejam isto, você pode colocar as iniciais do nome de quem você quiser. A depilação artística te ajuda a fazer uma homenagem carinhosa para o seu parceiro e coloca as iniciais dele na sua púbis!

7. Vem espiar essa Fechadura!

tipos de depilação íntima feminina - modelo fechadura

Muitas vezes a depilação artística é feita em datas especiais e pode significar muita coisa para o casal. Os moldes são vendidos em perfumarias: basta escolher qual a melhor depilação íntima para sua ocasião. Neste caso, por exemplo, a fechadura simboliza o começo de uma nova etapa, ou a descoberta de novos momentos e possibilidades. Vá em frente, abra e descubra!

8. É pura tentação – A maçã do pecado!

tipos de depilação íntima feminina - modelo maçã
Esta fruta representa a sexualidade, com uma mordida do lado pode atiçar ainda mais a libido do casal! Uma dica valiosa é verificar sempre se a cera é descartável, isso é mais seguro para a cliente e para a profissional!

9. A delicadeza da borboleta!

tipos de depilação íntima feminina - modelo borboleta
Um dos símbolos de feminilidade, a borboleta está entre os desenhos preferidos das mulheres! Dica: se tiver dificuldades ao depilar a zona íntima com os detalhes do desenho na depilação, apare os pelos com uma pequena tesoura antes de usar a cera, além de facilitar o trabalho, os pelos curtos deixam a tarefa menos dolorida.

10. Brilhante como uma estrela!

exemplo de como fazer depilação íntima com desenhos - modelo estrela
Um dos desenhos mais difíceis de realizar, a estrela é linda, mas possui muitos ângulos. O molde é fundamental, uma vez que cobre os pelos para formar o desenho.

Dica: Após a depilação da região íntima, deve-se aplicar um creme hidratante na região, tendo o cuidado de aplicar apenas na parte externa. Durante o período menstrual, a alguns tipos de depilação íntima tendem a ser mais dolorosos e a área fica mais sensível a infecções. Por isso é mais indicado depilar a zona íntima antes ou depois do período menstrual.

Depilação íntima sem dor é possível? SIM!

Para quem não sabe, existem várias dicas e práticas para quem sonha com uma depilação íntima sem dor. O que vale aqui é ir testando até encontrar o método mais confortável para você. Afinal, esse lance de sofrer para arrancar alguns pelinhos é coisa do passado, né? Então, bora pras dicas:

1. Saiba optar pelas melhores opções de cera

Vamos começar com uma opção bem acessível. Supondo que você não tem muito tempo livre, e nem disposição ou grana pra sair por aí pesquisando sobre métodos de depilação íntima sem dor, a melhor alternativa é trabalhar com o que já se tem. Não precisa mudar de salão, e nem de depiladora. É só saber trabalhar com as opções que o estabelecimento te der. Além disso, ainda existe a opção de se depilar em casa mesmo. Então veja bem: a dica master aqui é saber escolher a cera certa.

Dê preferência para a cera quente

Se o salão tiver opções de cera quente, ou fria, peça pela quente. Se for se depilar em casa, procure por ceras que possam ser esquentadas. Acontece que a temperatura alta do produto fará com que os poros da região se dilatem, tornando a saída dos pelinhos mais fácil. E aí, quanto menos resistência os fios tiverem para sair, menos dor você sentirá.

Procure por composições diversas (ceras com algas marinhas, camomila e etc)

Ainda sobre cera, procure saber qual é a composição do produto usado para depilação íntima. Muitos estabelecimentos já apresentam opções como ceras com algas marinhas, mel, capim santo e até mesmo camomila. Acontece que todos estes componentes acalmam a pele, principalmente as mais sensíveis. E aí, mais uma vez, a resistência dos pelos se torna menor. Agora, tem uma cera, que possui óleo de cravo em sua composição, que serve até mesmo como anestésico natural e antisséptico. Daí, é torcer para encontrar o produto, ou para que o salão tenha essas opções.

2. Conheça seu tipo de pele e, se preciso, converse com sua depiladora

Não é segredo algum quando contamos que a depilação íntima é um processo intenso. Nossa pele fica exposta a todo tipo de ‘perigos em potencial’, como alergias a certos produtos e irritação da pele – dependendo da técnica utilizada para retirar os fios. Sendo assim, um passo importantíssimo para se executar antes de qualquer depilação, seja com ou sem dor, é conhecer sua própria pele.

Procure aplicar um pouco do produto em outra região do corpo para ver se você é alérgica aos componentes que vêm na cera. Caso você se depile em um salão, passe lá um pouco antes de seu horário e peça um pouco do produto para passar no braço, por exemplo. Se depois de algumas horas não acontecer nada, deu tudo certo!

Outro detalhe importante é saber o quão sensível sua pele é. Quanto mais sensível, maior o cuidado na hora de se depilar, principalmente na hora da depilação íntima. Afinal, essa região costuma ser a mais sensível de nosso corpo.

Daí, existem algumas coisas que vale a pena notar, caso você decida pela depilação íntima em um salão:

  • a área que será depilada deve estar limpa e seca. Procure tomar banho antes de se depilar, e não use qualquer tipo de hidratante na região antes disso. Uma dica bacana é aplicar talco no local para que ele fique bastante sequinho. Caso o salão não tenha essa prática, é só levar seu próprio talquinho e pedir para a depiladora passá-lo na região com um algodão;
  • se os pelinhos tiverem mais de um centímetro de comprimento, peça para a depiladora apará-los com uma tesourinha, ou então faça isso antes de ir até o salão;

Essas duas diquinhas não cruciais para que a depilação íntima seja menos dolorida. Quanto mais sequinho e limpinho estiver o local, e quanto menor estiver o pelo, mais fácil será para retirá-lo.

3. Práticas para se fazer ANTES da depilação

Esfoliação

Alguns dias antes de se depilar, tente esfoliar a região com cremes específicos e seguros para retirar toda a pele morta do local. Assim, na hora da depilação, a pele estará mais macia, fina e menos resistente. Para escolher o produto certo, um bate-papo com uma dermatologista é FUNDAMENTAL.

Métodos anestésicos naturais

Um pouco antes da depilação íntima, você pode fazer duas coisas: fazer uma compressa de água quente no local, ou utilizar gelo para diminuir a sensibilidade do local. Para ambos os casos, é sempre bom avisar a depiladora, porque a pele ficará mais sensível.

A compressa quente vai servir para dilatar seus poros, fazendo com que a retirada dos pelos seja mais fácil. Já o gelo vai “anestesiar” um pouco o local em função da dormência que ele provoca. Só não exagere muito porque o excesso fará com que sua pele crie resistência, já que seus poros tendem a se fechar.

Compressa com chá de camomila

A camomila é uma ótima opção para acalmar sua pele antes da depilação íntima. É só pegar uma toalhinha pequena e ir aplicando o chá nas regiões que serão depiladas. Você vai notar o quanto a pele fica macia e tolerante à dor do procedimento.

Ceras contra a dor

Sim, elas existem. Procure por mais informações com sua dermatologista porque existem várias marcas para diversos tipos de pele. Com a ajuda de uma profissional, você conseguirá escolher o melhor produto para você.

Cremes anestésicos

Os cremes anestésicos são uma ótima opção para quem é muito sensível a dor. Porém, é muito importante conversar com sua dermatologista à respeito, ainda mais porque alguns deles só são vendidos com prescrição médica. Um bate papo com uma depiladora profissional também é bacana para saber quais são as melhores opções, e a quantidade que devemos passar. Um detalhe importante: se a depilação íntima for com cera quente, teste a temperatura em seu braço para evitar queimaduras.

Analgésicos

É possível, também, tomar um analgésico uma hora antes da depilação íntima. A sensação de dor que o processo provoca será diminuída e a depilação, mais suportável. Porém, é sempre bom ter em mente que você estará tomando um medicamento, cuja composição possa prejudicar seu organismo caso a ingestão desse remédio seja prolongada. É bom conversar com um médico para saber direitinho como tomar, e pesar na balança para saber se vale a pena se submeter a uma “droga lícita” para suportar os desconfortos de uma depilação íntima.

Veja mais dicas nesse texto aqui!

Não importa o modelo, o que realmente importa é estar confortável com o método e feliz com o resultado. Converse com a sua depiladora, descubra os detalhes de como fazer depilação íntima com desenhos e como se depilar com maior conforto. Com certeza você poderá experimentar todas as possibilidades que a depilação oferece! Um grande abraço e até a próxima!

Imagem: Pinterest

@ load more