Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

“Eu não tenho energia suficiente para lidar com seus bloqueios”. Ao ler esta mensagem enviada para o meu Whatsapp, fiquei um bom tempo reflexiva e percebi que os bloqueios mencionados se referiam ao fato de eu ser e fazer muitas coisas que ele reprova. Conclui que o cara que me mandou a mensagem não era o primeiro a dizer isso e não será o último. Alguns dias depois, uma pessoa do meu Facebook compartilhou o poema “For women who are difficult to love” (Para mulheres difíceis de amar), da Warsan Shire. Lendo cada verso, diversas questões foram geradas em minha mente. A primeira foi “o que é ser uma mulher difícil de amar?”.

Ser intensa? Ser chorona? Amar demais? Ser bem sucedida na carreira? Ser independente? Ser inteligente? Ganhar um bom salário? Ser famosa? Ter transtornos psicológicos? Falar demais? Gostar de tomar cerveja e falar palavrão? Transar com caras no primeiro encontro? Não ser feminina? Ter uma posição política bem definida? Ser feminista? Ser bissexual?

Pelas minhas experiências e de mulheres próximas, eu cheguei a conclusão de que quando uma mulher se encaixa em qualquer categoria acima, ela provavelmente será considerada difícil de amar. E, isso acontece porque muitos homens possuem um ideal de como uma mulher deve ser e agir para ser amada. É aquele padrão do famoso “bela, recatada e do lar”, vulgo Amélia.

Mulheres difíceis de amar ou homens incapazes de tentar? 1

Pois é, em pleno 2017 o imaginário coletivo dos homens sobre as mulheres ainda contínua esse. Por mais que muitos homens já tenham superado isso, não vamos negar, mas a maioria ainda pensa assim. Sejamos francas: fora da nossa bolha de amigos progressistas, que apoiam a causa da igualdade de gênero, o que não falta é homem machista com esse tipo de pensamento. Ah, e não podemos esquecer dos amigos progressistas que apoiam a causa feminista, mas continuam sendo machistas e recusando a se relacionar com qualquer mulher que esteja fora da idealização vigente.

Não somos mulheres difíceis de amar

Não. Não somos difíceis de amar. Somos seres humanos, que possuem suas singularidades, complexidades, qualidades e defeitos. Estamos, sim, fora do padrão do que é uma mulher boa para amar na visão masculina.

No entanto, temos que ter em vista que esse padrão é construído com base no machismo e nessa visão uma mulher boa para amar é a Amélia, ou seja, aquela que não vai colocar o ego do homem em perigo, que não o deixará inseguro, que colocará para baixo do tapete toda sua singularidade em prol do bem-estar e segurança dele. Essas são as boas para amar. As difíceis de amar são aquelas que não deixam quem realmente são para ter um relacionamento, pois sabem que os homens que precisam mudar para compreendê-las e amá-las.

Mulheres difíceis de amar ou homens incapazes de tentar? 2

Leia o poema  “For women who are difficult to love” (Para mulheres difíceis de amar), de Warsan Shire

Você é um cavalo correndo sozinho
e ele tenta te domar
te compara com uma estrada impossível
com uma casa em chamas
diz que você o cega
que ele não poderá
jamais te deixar
te esquecer
querer qualquer coisa
além de você
você o atordoa, você é
insuportável
qualquer mulher antes ou
depois de você
é extinta pelo seu nome
você enche a boca dele
seus dentes ardem com a memória do seu gosto
o corpo dele é só uma enorme sombra em busca do seu
mas você é sempre intensa demais
assustadora em seu modo de desejá-lo
sem vergonha e dada a sacrifícios
ele diz que homem algum pode chegar aos pés do que
vive em sua cabeça
e você tentou mudar, não tentou?
fechou mais sua boca
tentou ser mais suave
mais bonita
menos volúvel, menos desperta
mas mesmo dormindo você podia senti-lo
viajando para longe de você em seus sonhos
então o que você quer fazer amor
quebrar a cabeça dele ao meio?
você não pode fazer casas em seres humanos
alguém já deveria ter te dito isto
e se ele quer partir
deixe que ele vá

você é aterrorizante
e estranha e bela
algo que nem todos sabem como amar

Tradução: Taís Bravo

Imagem: Pexels

@ load more