Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Mulher, hoje o papo é sério. Você por acaso se sente um pouco “para trás” quando o assunto é sexo? Do tipo “tenho X anos de idade e nunca tive relações sexuais“? Pois é. Você não é a única. Eu já tive isso, provavelmente sua vizinha, sua mãe, sua prima e aquela moça que espera o ônibus no mesmo ponto que você também tiveram. Então ó: bora sentar um tiquinho aqui e conversar um bocado sobre essa “cobrança” que nos assombra? Vamo!

Sexo é o assunto que mais se fala hoje e menos se faz

relações sexuais

Queria começar esse textão falando sobre essa frase aqui em cima (que ouvi em algum lugar do qual não me lembro). Nos dias de hoje, sexo é uma dos assuntos que mais rolam em mesas de bar, grupos de estudos, comunidades em redes sociais etc. Pra todo lado que olhamos é um “manda nudes” daqui, uma imagem do negão da piroca dali, o gemidão do whatsapp acolá e por aí vai.

TODO mundo conta vantagem de ter transado, toda roda de amigas e amigos tem casos engraçadíssimos para compartilhar e, do NADA, parece que todo mundo goza horrores, trepa bastante e coisa e tal. Pois bem… e se eu te contar que muita gente gosta de FALAR mas, no fundo, não FAZ nada. Ou então até faz, mas não do jeito que fala? Bizarro, né?

Pensando nisso, queria analisar alguns pontos sobre sexo mais de pertinho e, pra isso, preciso docê. Pensa comigo:

O que significa, afinal, ter relações sexuais?

Ó, MUITA gente conta que já rolou mão naquilo, aquilo na mão, uns orais bem dahora, altos amassos colossais etc, mas nunca a PENETRAÇÃO de fato. Ok, deixa eu te falar uma coisa? Isso É TER relações sexuais. Sério. Gente, se sexo só acontecesse por penetração, isso quer dizer o quê? Que lésbicas não transam? Que você, quando está se masturbando, não está transando consigo mesma? Não, né?

Então, o primeiro detalhe que tenho pra gente refletir junto é o seguinte: por que a penetração é tão valorizada assim? Sinceramente? Até onde sei, ela é imprescindível apenas na hora de conceber uma pessoinha e, mesmo assim, existem outras formas de se fazer isso também. E é aí que chegamos naqueles dilemas sociais que todo mundo tem preguiça quando aparecem mas são reais, né? E eu vou ter que falar disso agora:

Isso é culpa do machismo

Eu lembro de quando tive, pela primeira vez, uma amiga lésbica. Aí, na minha infelicidade (mas sem maldade, claro), perguntei a ela: mas gente, você não sente falta de um pênis não??? Não sei se eu ia aguentar ficar sem. E é claro que a resposta dela foi um belo dum não. Só que ela teve a boa vontade pra me explicar uma coisa fundamental: penetração não é tudo e, se você quiser sentir algo dentro de você enquanto estiver com uma mulher, existem outras formas. Pode ser com a mão, com brinquedinhos eróticos e o que mais for bacana para as duas. 

Massa, né?

Então assim: o ato da penetração não é o principal, e uma piroca não é o centro do universo. O pênis não deveria ser símbolo de virilidade e seja mais o que for, mas sim um órgão sexual como o nosso. Homem nenhum deveria ser zuado por ter esse membro inferior porque, de coração, não é isso que importa e TODO MUNDO sabe disso. Se o cara souber o que tá fazendo, dá de 7 a 0 em qualquer marmanjo com pinto gigante que nem se preocupa com o prazer da parceira.

Tá dando pra entender o que quero dizer com isso tudo? Se você sente vergonha por não saber, ainda, qual é a sensação de se sentir penetrada, mulher do céu, não sinta. Coloca uma coisa na sua cabeça: o que importa é você sentir PRAZER. Se isso rola sozinha ou com outra pessoa, tanto faz, sabe? Aliás, vamos falar um pouco mais sobre empoderamento sexual?

Seja sem vergonha, sô!

relações sexuais

É, eu sou mineira meeeermo. Enfim: moça, TODO MUNDO sente tesão. TODO mundo quer transar, sair distribuindo de vez em quando, ficar 3 horas trancada no quarto com um consolo gigantesco e por aí vai. Não tenha VERGONHA disso. Se você acha que isso é “safadeza demais”, ou tem vergonha de sentir tais coisas, vou te dar uma colher de chá e contar que isso tudo é biológico.

A gente sente tesão porque rola uma série de alterações hormonais e orgânicas em nossos corpos. A gente quer transar porque uma forma de perpetuar nossa espécie é tcharam: tendo relações sexuais. É claro que o buraco é muito mais embaixo e existem situações muito mais complexas quando o tema é sexualidade mas, o básico é isso. Aliás, tenho um link aqui super foda que vai te levar pruma reportagem da Superinteressante sobre esse assunto então assim, depois de conversar aqui comigo, vai lá nela pra saber mais sobre esse assunto.

No mais, chegou a hora de deixar TODAS as amarras sociais de lado, sabe? TODOS os tabus e condenações possíveis. Mulher SENTE tesão sim e quer transar por necessidade de vez em quando SIM. Acordar assanhada é normal e viver assanhada também. Dar pro cara no primeiro encontro ou dar um match no tinder só pra transar e depois cascar fora é normal também. Miga: desde que você SE PROTEJA e se mantenha SEGURA, tudo é válido.

Então se empodere!

Esqueça a tal cobrança de ainda não ter transado com penetração. Esqueça QUALQUER cobrança e vá ser feliz. Se toca, se descubra, se ame. Deite peladona na cama uma noite dessas aí e se conheça. E quando estiver pronta: deixe que outras pessoas a conheçam também. Aliás, é disso que vamos falar no próximo tópico:

Você se sente travada?

Ok, vamos supor que você sente MUITO tesão durante os amassos, se masturba com frequência e coisa e tal mas, na hora do “VAMOS VER” de fato, rola uma tensão ali. Seja por medo, insegurança, desconforto, acredite: isso é normal. Todas nós precisamos estar preparadas para isso e cada uma precisa respeitar o próprio tempo.

Agora, se você, por acaso, já acha que está pronta mas, na hora do ato, se “fecha”, perde o tesão e coisa e tal, o primeiro passo é entender que você não é frígida e que nada disso é culpa sua. Às vezes, esse sentimento pode vir de algum trauma do passado, ou de alguma circunstância dentro de você que ainda precisa ser trabalhada. Nessas horas, procurar por uma terapeuta sexual ou psicóloga é essencial. Afinal, se você QUER transar de verdade, de corpo e alma, mas NÃO CONSEGUE, é preciso estudar o que pode estar te travando, né?

E outra: larga dessa de sentir vergonha por precisar de ajuda profissional para isso, viu? Ninguém nasce perfeito e se essas pessoas EXISTEM é porque a demanda é REAL e ENORME, diga-se de passagem. Cada um com seus fantasmas, né?

Então ó: pode se sentir egoísta SIM, e vá lá investigar o que pode estar rolando com você. Afinal, ter relações sexuais, transar, gozar, ter orgasmos e etc é BOM DEMAIS e todo mundo deveria ter essa experiência.

No mais: se joga, mulher! Sem neuras nem cobranças.

relações sexuais

Não precisa se sentir um alien por ser a única de suas amigas que ainda não teve relações sexuais. Aliás, lembra que falei ali em cima que todo mundo fala MUITO de sexo mas faz de menos? Pois é. Acredite: aquela sua amiga que se diz TRANSONA também tem problemas, inseguranças etc e tal. A grama do vizinho, amiga, é SEMPRE mais verde que a nossa, lembre-se disso. Na hora de contar vantagem, todo mundo levanta a mão mas, na hora de compartilhar dificuldades, geral fica quietinha e finge que a vida sexual é perfeita. E é isso que tá errado.

Sendo assim, gostaria de agradecer, primeiro, por uma de nossas leitoras que mandou um e-mail para o Superela expondo suas preocupações sobre esse tema. Ela teve coragem de pedir uma pauta sobre esse assunto e aqui está ela. Aliás, espero ter ajudado!

E aí, queria convidar todas vocês, MULHERES MARAVILHOSAS, a compartilharem mais suas dificuldades do que vitórias. Pode ser por e-mail, por grupos de Facebook (aliás, temos o #superelas) e o que mais for útil. Afinal, se a gente se ajudar, todo mundo goza junto, saca? Até porque é muito sem graça ter relações sexuais toda noite pensando que tem ALTAS MINAS por aí que sequer conseguem se imaginar na mesma situação. Por mim, todo mundo tinha que gozar pra CARALHO mesmo. COM ou SEM penetração.

Até porque se a gente gozasse mais e se cobrasse menos, o mundo não estaria tão caótico como está. Né?

Se joga!

Imagem: Pascal Campion

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more