Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Vem cá amiga, vamos conversar!

Como é que você diz que sente saudade do ex que te maltratava, que não ligava a mínima para como você se sentia, que não te dava nem 1/3 do que você merece?

Nem você mesma sabe explicar esse sentimento, não é?

Mas, deixa eu te dizer uma coisa: Só sentimos saudade do que foi BOM um dia. 

Ninguém sente saudade de ser maltratado, de sofrer e de viver em cativeiro.

O que você está sentindo é insegurança, medo do futuro sem ele, medo da solidão

Você se acomodou à situação, a ter sempre alguém ao lado, mesmo que esse alguém fosse distante e frio.

Você está de luto por todos os sonhos que tão delicada e amorosamente teceu ao longo do tempo em que estiveram juntos. Você está sofrendo por tudo que poderia ter sido e não foi.

Seu ego está magoado, ressentido e de uma certa forma quer vingança. Quer ser amado e não aceita ser esquecido tão fácil. E é por isso que você ainda se sente “ligada” ao ex.

O ego quer chamar a atenção, quer deixar sua marca perpétua no coração do outro. Não aceita ter feito tanto e não ter sido correspondido da forma que deveria.

Ele, o ego, quer te fazer sentir culpada por tudo. Porque, dessa forma, você abaixa a cabeça e volta correndo para o “seguro”, para o conhecido, para o ex.

Dessa forma, você fragilizada com o ego ferido, sente nitidamente que nunca mais vai encontrar outra pessoa capaz de fazê-la feliz. Você acredita mesmo que deveria ter sido mais GRATA pelo ex te aguentar… Você, nesse momento, não enxerga tuas qualidades e não vê as infinitas possibilidades que se abrem bem à tua frente!

Quer saber? Está tudo bem. É assim mesmo. É com medo mesmo que a gente faz as coisas… é com medo mesmo que a gente vai. O importante, uma hora, é IR. É sair da zona de (des)conforto.

É um luto sim. Dói. Dói muito… E a gente fica arrastando essa corrente da autopiedade. E quando cai a noite, todos os nossos piores temores vêm nos visitar… tudo piora.

E então você se conforma, que ao lado do ex era o seu lugar.

Mas, aquela não era a vida digna que você merece! E a sua ALMA sabe disso! Por isso, ela luta para não deixar você se conformar. Ela quer ser FELIZ.

Os melhores surfistas são aqueles que aprendem que as maiores ondas estão atrás da arrebentação.

Primeiro, tem que se furar a arrebentação, tomar água na cara, correr o risco de cair da prancha.

A gente também.

Primeiro, a gente vai chorar, vai perder a graça de tudo, vai ao fundo do poço, mas para podermos renascer, muito melhores e mais fortes.

Não há mal algum em descer até o fundo do poço… só não desce quem não tem profundidade nenhuma, quem vive na superfície e na superficialidade.

Aproveite para descansar no fundo do poço e suba de volta! Suba com garra e disposição de viver!

Não é saudade do ex… é saudade DE VOCÊ! De quem você era… antes de se perder de si.

Se reencontre!

Deixe o ego de lado e foque no seu Eu verdadeiro, na sua alma, sua intuição.

Todo fim é um começo, querendo ou não.

Pare de focar no que acha que perdeu e comece a enxergar tudo que está ganhando. A começar, por um novo e fiel amor, que nunca vai te magoar e abandonar…o AMOR PRÓPRIO!
E então gata, se dê conta do mulherão que tu és e não aceite, nunca mais, de NINGUÉM, qualquer coisa menos do que você sabe que vale!

Quando a gente se livra dos medos, sai da posição de vítima e se coloca no controle e então, um novo mundo se abre.

Abra-se para ele também!

Vai ser feliz!

Imagem: Stocksnap

@ load more