Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Muito tem se falado sobre como os dias estão curtos, as horas escassas, os meses corridos e que não se tem tempo para nada. Os anseios, expectativas cada vez mais a flor da pele e a ansiedade são marcas neste contexto.

Respirações curtas, passos corridos, sonos perdidos, stress, barulho, frustração e agitação. Pílulas indicadas para tratar todos esses males estão se transformando em fórmula de felicidade, aquela imediata, fast food que supre momentaneamente o corpo e não cuida do sentir. Relações superficiais, muitas formadas e desenvolvidas através das redes sociais que resultam um comportamento marcado pela pressa de quem não se dispõe a aprofundar, a se doar.

A insatisfação com essa situação nos leva à observação de nós mesmos e do outro, a interiorização que nos solicita envolvimento, qualificação de nossas horas e de nossas escolhas, prioridades e, principalmente, uma reflexão do que estamos fazendo com o tempo, com nosso tempo.

Muitas vezes, esse questionamento vem através de uma doença, uma dor, uma perda, um chacoalhar da vida que desperta em nós, a necessidade de viver e não só sobreviver, de passar pelos dias e horas com outro tom, usando outra cor (leia mais aqui). Daí a necessidade de desacelerar o ritmo, sair do automatismo, de respirar profundamente, de se conhecer, de saber o que quer e não satisfazer com o pouco que a vida oferece dentro da sua grandiosidade plena.

Tudo é uma questão de tempo, amadurecimento, de escolhas, de plantio, de ser essência e não só casca. É chegado o tempo de sentir e viver o presente, sem as angústias do futuro como incerto e o saudosismo do passado, porque é esse presente que marca o que virá, e as ações nele que farão toda diferença.

Então, sinta o vento nos cabelos, o ar entrando pelos pulmões, sinta o gosto daquela fruta preferida e as cores que te compõe. Converse olhando nos olhos, declare seus sentimentos, sorria com o calor que vem da alma, trazendo a alegria daqueles que sabem o valor do simples, do toque e das pequenas delicadezas. Converse com você, com seus medos e anseios, abrace sua sombra e acolha seus desafios, trace o mapa da sua existência, sabendo que sim, tudo pode mudar, mas com a compreensão de quem sabe que a vida é dinâmica e transformadora.

Coloque sua música preferida, sua roupa mais bonita, sem data definida e dance com você, se ame, apaixone-se por cada traço, por cada marca que o tempo lhe deu. Busque seus sonhos, suas motivações e envolva-se com essa energia, deixando a esperança tomar conta do seu coração. Deixe o tempo ser o seu aliado, esse senhor dos destinos e mestre da sabedoria, que a cada dia mostra seu engrandecer.

Tudo é uma questão de tempo e de olhar. Ajuste a sua lente, aprume suas velas e vá rumo ao mar, o mar da vida que nos traz o sol das novas oportunidades, mas também as tempestades que nos propiciam o fortalecer. Vai sem medo, vai sem culpa e torne-se cada vez mais você.

Imagem: Pinterest

@ load more