Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Mulher, já pegou seu caldeirão de Halloween? Não? Jesus amado, como é que você quer fazer a poção da melhor série de todos os tempos desse jeito? E sim, eu estou falando de O Mundo Sombrio de Sabrina.

Ok, vai lá, eu espero….. ÓTIMO! Agora, a receita:

  • 1 xícara de batismo sombrio;
  • 1 fatia de exorcismo;
  • 1 coven de bruxas;
  • 1 livro de magias;
  • 1 colher de feminismo;
  • Rituais estranhos a gosto.

Coloque tudo no caldeirão e misture até que tudo vire um composto uniforme e.. voilá!

O Mundo Sombrio de Sabrina está pronto para o consumo!

O Mundo Sombrio de Sabrina  é um resgate às origens de Sabrina Spellman, nossa bruxinha adolescente favorita dos anos 90.

mundo sombrio de sabrina

via E! online

Agora, nossa heroína, metade bruxa/metade mortal, sofre um dilema genuinamente assustador e de alto risco. Ocorre que, nessa versão, ela forçada a escolher, aos 16 anos, qual caminho seguir: o da luz (permanecer na vida mortal) ou das trevas (dedicar-se à Igreja da Noite). Para as bruxas, esse aniversário marca um acontecimento muito maior do que uma carteira de motorista: o “batismo sombrio”. É como se fosse uma Festa de 15 anos aqui, sabe? Que representa a transição de uma menina para uma mulher.

Mesmo permanecendo LINDA e alegre e inteligente, nossa nova Sabrina demonstra traços beeeem discretos de subversão e muuuito charme.

E o que você precisa saber sobre essa nova sequência?

A série estreou na Netflix essa semana, dia 26 de outubro de 2018 para ser mais precisa. Até agora, temos 2 temporadas confirmadas e nossa bruxinha da vez é estrelada por Kiernan Shipka (nossa eterna Sally Draper, de Mad Men).

Ainda teremos as tias Hilda e Zelda, mas dessa vez… bem.. elas são literalmente adoradoras de Satanás, sabe? É aquele esquema de matar cabras, dançar nua no meio da floresta, ilustradoras de pentagramas e, PRINCIPALMENTE, noivas de Lúcifer. Habemus, também, o romance entre Sabrina e Harvey e, CLARO, a amizade entre ela e SALÉM, o melhor gato de todos os tempos.

mundo sombrio de sabrina

Tradução: Isso é tão verdade.

E por que essa é a melhor série de 2018?

Porque é Feminista, mulher! Nós estamos cada vez mais precisando de séries com mulheres fodas e empoderadas! O poder da Sabrina não é forçado ou exagerado, sabe? Ele vem naturalmente no diálogo, nas histórias e no desenvolvimento da personagem. Suas palavras são incrivelmente fortes e poderosas, sendo elas parte de um feitiço ou não. Na escola, por exemplo, ela abre um clube para as mulheres se unirem, se protegerem e falarem sobre o Feminismo.

Além disso, é interessante notar que os melhores momentos da série não são focados na questão de qual lado Sabrina escolherá, mas sim por que ela iria querer ficar no mundo dos mortais. Afinal, há INÚMEROS benefícios no caminho das trevas, incluindo mais força, poder supremo, um coven (grupo de bruxas) de apoio e uma conexão mais forte com seu pai biológico falecido, um bruxo pra lá de poderoso.

Porém, ela demonstra ter reservas, o tempo todo, em “vender sua alma” ao Lorde das Trevas por não querer abrir mão de direitos como liberdade pessoal, individualidade e livre arbítrio. Esse fato é, na verdade, uma metáfora incrível da luta de Sabrina contra patriarcado, que rola em ambos os lados, porém, de formas diferentes. Enquanto mortal, ela tem que lidar com homens abusivos, machistas e situações perigosas e limitadoras para as mulheres sem ter poderes mágicos para lutar contra isso. Contudo, enquanto bruxa, ela tem todo o poder do mundo, mas ainda assim precisa obedecer e servir a um Lord Supremo. Foda, né? O que que você escolheria, hein?

Dona da porra toda (de novo)

mundo sombrio de sabrina

A Sabrina meiga, amorosa e até um pouco medrosa abriu caminhos para uma nova personagem que luta para ler livros proibidos e forja seu próprio caminho para conseguir o que quer. Em cada episódio, ela questiona os meios tradicionais e o melhor: as amigas dela também. E confesso: enquanto A MAIOR FÃ DE SABRINA DE TODOS OS TEMPOS, é MUITO foda ver mulheres tão novas com linguagem e bagagem para defender seus corpos e suas escolhas, sabe? É disso que MUITAS de nós ainda precisam!

Representatividade dentro e fora das telas

O Mundo Sombrio de Sabrina conta com muitas mulheres dentro, e foda das câmeras. O grupo de diretores conta com a presença de Donna Thorland e, o de roteiristas, com Sarah Schechter.

Aproveite!

Mulher, pode parar tudo o que está fazendo, então, ir lá assistir O Mundo Sombrio de Sabrina e depois vir aqui me contar o que achou? E se você conhece a outra versão, e também leu as histórias em quadrinhos, quero saber sua opinião sobre TU-DI-NHO e trocar várias figurinhas mágicas e sombrias!

Imagem: Reprodução


O que você responderia a essa pergunta logo abaixo, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more