Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Pode parecer um conselho um pouco estranho, mas tem gente que vai além do que consegue fazer e acaba sofrendo muito com essa atitude. Por isso vim te falar, faça apenas o que pode. Acontece que a gente tem a mania de sofrer por problemas que não podemos solucionar. Sofrer por aquilo que nem temos controle e aí entramos em conflitos infinitos diante daquilo que gostaríamos que fosse resolvido.

Você provavelmente já deve ter sentindo essa sensação de que as coisas estão saindo do controle e que infelizmente não a nada a se fazer. A verdade é que é um sofrimento muito desnecessário esse que passamos por aquilo que não temos como mudar. O coração palpita só de pensar em um problema que ainda não temos solução, mas, como já ouvi algumas vezes, problemas só servem para serem solucionados – e mais nada. Então se pode solucionar, assim faça. Caso não, se tranquilize.

Faça só o que estiver ao seu alcance 1

É, eu sei que a teoria é bonita, diferentemente da pratica que da muito mais trabalho. É difícil respirar fundo e se acalmar diante de algo que não tem o que fazer. O coração dispara só de pensar. Mas acredite em mim: é preciso manter o equilíbrio. É preciso estar atento aos sinais que a nossa mente dá, os sinais que mostram que estamos esgotados e de que precisamos parar de tentar resolver tudo.

Não é preciso carregar o mundo nas costas, você não vai dar conta. E não dar conta de tudo e ter consciência disso é muito maduro e humano. Saber o seu limite e entender que existe um ponto que não da para ultrapassar significa inteligência emocional.

Não se massacre pelo ‘’não’’ dito e nem se castigue pelo sim falado. Entenda que cada momento tem sua dificuldade – e que é possível passar sendo tranquilo. A gente tenta demais, e isso é muito bom, mas chega um ponto que começa a nos machucar a ideia de fazer mais do que o possível. Eu gosto de acreditar que o que faço é o suficiente, mas todos nos sabemos que não é bem assim.

Faça só o que estiver ao seu alcance 2

A gente ate tenta, mas muitas vezes não está no nosso controle. O meu conselho é: não se martirize por aquilo que não consegue fazer. Eu entendo que às vezes nos sentimos desanimados por ver o esta ao nosso redor e que não nos cabe a nós mudar. Talvez a gente tenha que fazer um esforço quase sobre-humano pra entender que, às vezes, um sim não é possível, que não vai dar pra ir ou pra ajudar.

Talvez tenhamos que aceitar algumas ‘’caras’’ feias e seguir em frente. Volto a afirmar: não podemos ultrapassar o nosso limite para agradar alguém ou nos sacrificarmos de tal forma que nos machuquemos profundamente.

Não vale a pena virar refém do sentimento de culpa e sair fazendo tudo que os outros almejam.
Se esforce para viver em equilíbrio com quem você é, pois se concentrar em fazer o bem para você e para os outros é mais importante.
Portanto, não se sinta mal por fazer apenas o que pode, pois quanto a isso, esta tudo bem.

Imagem: Pexels

@ load more