Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Eu fiquei tão chocada quanto a maioria das pessoas da internet. No fim das contas, a história de Kylie Jenner grávida não era mais um mito do Twitter, uma fake news espalhada a rodo no Facebook, mas uma realidade: a estrela de reality show deu à luz sua primeira filha na semana passada, mas fez o anúncio oficial só no domingo, dia 4, por meio de um comunicado no Instagram.

“Eu entendo que vocês estão acostumados a irem comigo onde quer que eu vá, mas a minha gravidez foi algo que eu escolhi não viver na frente do mundo todo”, escreveu ela.

Para uma família tão acostumada com a exposição, de fato, é estranho ver Kylie Jenner optando por ter uma gravidez tão longe do estrelato, quase no estilo Beyoncé – anunciando tudo de repente e alguns dias antes do gêmeos nascerem. A verdade é que a maternidade é algo muito íntimo, cada mulher vive de um jeito, e talvez expor em excesso um momento de tantas mudanças não seja o melhor a fazer.

Alguns criticam – e dizem que Kylie deveria ter contado tudo desde o começo, compartilhado todas as suas dores e amores, mostrado a barrigona evoluir no Instagram e até fazendo um especial para a televisão sobre o assunto – ela fez quase isso, com um vídeo muito delicado no YouTube mostrando a evolução da sua gravidez.

Kylie Jenner grávida e a questão da superexposição

Com as redes sociais, é muito fácil a gente se prender numa coisa de querer compartilhar tudo o tempo inteiro. É uma faca de dois gumes: por um lado, é incrível poder dividir com as pessoas o que a gente faz e gosta de fazer, o que existe de legal no mundo e como podemos ficar mais próximos.

Por outro lado, o Instagram é uma das redes que mais causa ansiedade e depressão nas pessoas, e a gente cria essa necessidade de estar conectado o tempo todo, todo tempo, de olho nas últimas novidades, nas fotos recentes do feed, em tudo o que está acontecendo do outro lado da telinha, e esquece de aproveitar os momentos que estão bem na nossa frente.

Eu sei que isso parece coisa de livro de autoajuda que a gente compra na esquina de casa ou aquelas frases de biscoito chinês. Mas repare no quanto a gente fica focado em atualizar o feed, pensando nas coisas que vimos online, e não prestamos atenção no que está diante do nosso nariz.

kylie jenner grávida

Todo momento é um aprendizado. O que Kylie Jenner fez foi pegar, talvez, o momento de maior ensinamento que alguém poderia passar, de maior mudança, e ficar longe dos  olhos do mundo para aprender sobre si mesma e a sua nova fase. Ela não era obrigada a postar cada momento da gravidez online, nem a falar sobre isso publicamente. Mas ela tem todo o direito de levar o tempo que precisar para aprender sobre maternidade e o que significa cuidar e criar outro ser humano longe das críticas do mundo.

Porque, vamos combinar, pela internet inteira tem muita gente com coisas a dizer sobre uma mulher de 20 anos que engravidou do namorado e vem de uma família que mostra absolutamente tudo na internet – incluindo casamentos fracassados, momentos de bebedeira e humilhação pública.

Mas a vida não acontece na internet. Acontece fora dela – o Instagram e o seu perfil no Twitter são uma extensão da sua vida e não o que determina quem você é ou o seu valor. Kylie Jenner apenas conseguiu fazer o detox digital que todo mundo sonha em fazer de vez em quando.

kylie jenner grávida

Isso, claro, não significa que você não pode fazer registros da sua vida – a jovem fez um vídeo de 11 minutos sobre o assunto, afinal. Mas é diferente você ter registros das coisas que fez para se lembrar delas depois com carinho, ao invés de filmar todos os momentos da sua vida porque você PRECISA atualizar o seu Instagram. É uma inversão de valores, entende?

Todo mundo sabia que Kylie Jenner estava grávida, mas ela exerceu o seu direito de viver esse momento com a família, longe dos observadores online, em uma fase decisiva na sua vida: tornar-se mãe muda muitas coisas e tudo o que a gente pode esperar é que ela tenha apoio suficiente do parceiro, Travis Scott, para não levar na cabeça sozinha a responsabilidade de criar uma filha, mas que essa possa ser uma jornada compartilhada entre eles, tanto quanto as fotos que ela posta no Instagram.

Foto de capa: Reprodução / Youtube

@ load more