Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Motivada por uma entrevista que dei, decidi que era hora de falar sobre período sabático aqui no Superela. Afinal muitas leitoras estão naquela fase de transição de carreira, pois ganharam um cartão vermelho em sua última empresa. Mas como fazer desse limão uma limonada, doce e gostosa?

Fiquei pensando aqui que a melhor forma de transformar esse período incerto em algo positivo, seria aproveitando ele para um sabático. Ai, você pode estar me xingando ao ler isso e dizer, Rê você tá loka! Não tenho grana nem para ir na esquina tomar um sorvete com esse calor todo e agora você vem com essa ideia de eu fazer sabático.

sabatico - 2

Tá bom! Vou explicar desde o começo e por favor me dê mais uma chance lendo um pouco mais. Sabático é um período de descanso para recarregar as energias, tem origem nos preceitos judaicos do descanso semanal. Trabalha-se seis dias e descansa um. Gente, Deus era tão inteligente que implantou isso com ele mesmo na criação do mundo.

Nos Estados Unidos é uma prática comum desde o século 19. As universidades davam um ano de descanso a cada seis de trabalho dos professores, para que eles pudessem reciclar seus conhecimentos e ao retornarem agregarem suas experiências nas salas de aula. Na década de 50 as empresas descobriram que essa podia ser uma boa para implantarem no mundo corporativo.

Lembrem que as gerações anteriores, contavam com profissionais que trabalhavam toda a sua vida em uma única empresa. Então, aquela máxima de trazer sangue novo ao negócio era muito raro. E olha essa coisa de sabático, deu muito certo. É lógico que a turma abaixo da linha do Equador copiou. Mas não é uma prática comum ainda.

sabatico - 1

Por aqui a turma anda mesmo é desempregada e dura sem um pila no bolso. Por isso, quero resgatar o conceito do sabático de ser uma viagem antes de mais nada, interior. Isso mesmo que você leu, trata-se de um processo de reavaliação da sua jornada profissional e pessoal. Sabe aquele papo que temos sempre aqui de autoconhecimento? Pois é.

Então, por isso mesmo que o tempo de desemprego deve ser transformado em um período sabático. Aproveite os dias em casa e busque se conhecer, avalie o que você gosta, o que não gosta, que rumos quer dar a sua carreira, que conhecimentos você precisa adquirir, que habilidades precisa desenvolver.

Analise se a carreira escolhida é a que realmente te dá tesão, ainda faz sentido aquele plano que você fez antes de entrar na faculdade? Depois de descobrir isso é possível trilhar um novo caminho sem ansiedade, administrando o tempo e se preparando para a nova etapa. Lógico que o desemprego te restringe em muitos aspectos como fazer cursos pagos, mas comece pelos cursos livres e grátis da internet.

O que eu quero mesmo é que você se reinvente nesse novo ano que começou. Reprograme a sua mente de “desempregada” para “em transição de carreira”. Quando te perguntarem você está desempregada, você diz: Não, estou em um período sabático. E então se redescubra e faça acontecer! Precisando de ajuda conte comigo.

sabatico - 3

Imagem: Pinterest

@ load more