Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Me arrisco a tocar em uma das feridas da sociedade, que é questão da virgindade.

“É uma virtude”

De fato é, mas ser virgem ou não, não lhe faz melhor ou pior do que ninguém, afinal, o corpo é seu, as regras são suas, faça o que quiser. É uma decisão pessoal que sequer deveria ser discutida “em sociedade”.

Agora o ponto principal não é ditar comportamento, muito pelo contrário, é entender porque uma virtude é usada como xingamento.

O que muda quando você deixa de ser virgem?

Muita coisa muda. Não no corpo, o qual continua o mesmo, digo em termos emocionais e comportamentais. É como se você trocasse de pele, e aquela pele de pessoa medrosa, com baixa autoestima e sem confiança, fosse trocada por uma pele de pessoa confiante, com alguma auto estima e cujos medos foram trocados por medos maiores – afinal, há coisas muito piores por aí do que as que você faz por própria vontade com seu corpo.

O medo de ser rejeitada pelas pessoas desaparece, pois não interessa mais o que elas pensam de você, sempre vai ter a próxima pessoa que pode ou não te corresponder, ou, pode ao menos tentar – algumas vezes não se sabe até se colocar à prova.

Uma luz de amor próprio surge, e você começa a se ver como mais um ser humano no mundo, não mais a pessoa que todo mundo julga como ruim. E fofocas já não lhe interessam mais.

Muito menos vazamento de vídeos e imagens de pessoas em momentos íntimos ou desnudas, afinal, cada um faz o que quer da vida e os outros deveriam parar de tratar um momento tão íntimo como algo vergonhoso – principalmente para as mulheres.

Algo dentro de você está satisfeito com a vida, assim como se satisfaz a fome com comida. E você não deve nada ao universo. Não mais.

Por um momento você tem paz de espírito.

É isso que muda. É uma mudança drástica de comportamento, mas isso não significa que ser virgem seja ruim e que você nunca vai sentir essas sensações. Você pode sentir as mesmas coisas quando realizar seus sonhos e ouvir boas músicas bem alto para comemorar as suas conquistas – especialmente músicas pop leves e lentas, que dão a sensação de “banho”, de limpeza, só que na alma.

Um bom filme, livro, série, jogo, também podem causar essa sensação e liberar os mesmos hormônios liberados durante o ato. Inclusive, a sensação é momentânea e viciante, assim como milhares de outras atividades que você pode fazer, desde uma caminhada leve até alguma atividade física mais pesada como luta ou outro esporte, como o basquete. Enfim, qualquer atividade que integre corpo e mente pode provocar as mesmas sensações.

Não se deixe levar pelo o que os outros dizem, se você quer se manter assim, lute pelo que acredita e não se deixe ofender. Seja firme nas suas escolhas e tenha em mente que não está perdendo nada. Ganha quem luta pelo que acredita, não quem tira sarro e se esconde em um falso sorriso, e em falsas amizades que nem acrescentam nada à vida da pessoa que julga e dá risada, imagina se vão acrescentar algo à sua.

Um ponto importante: não fique se achando melhor do que “quem sai com todo mundo”, porque essas pessoas também têm o direito de fazer o que querem com o corpo delas. E não devem nada a você.

E, por fim, pare de se preocupar com prazeres carnais como este, afinal, a vida é bem mais do que isso.

E outras experiências podem proporcionar as mesmas sensações – até melhores! A ciência e a tecnologia se desenvolveram tanto que esse tipo de prazer ficou secundário, nem é tão interessante assim, já que é momentâneo como todos os outros que você conhece desde criança e enjoa igualmente. Mas, por ser algo que você não conhece, às vezes esse mistério torna as coisas mais interessantes do que realmente são.

Enfim, sexo é um tabu muito maior para aqueles que não o praticam, e, por isso, a virgindade é condenada dessa forma. É um tabu porque muita gente tem medo e continua com medo pela eternidade, por pura ignorância. Tudo que você tem medo e ignora te prende. Por isso, algumas vezes, é preciso se permitir experimentar.

Esse medo se deve ao fato de que há pessoas por ai se preocupando demais com a vida pessoal umas das outras ao invés de cuidar de si próprias e procurar ser pessoas melhores para elas mesmas, não para fazer bonito para outras pessoas ou para ter assunto em seus círculos sociais – geralmente sobre a vida alheia, não sobre a própria vida.

Lembre-se SEMPRE: é SEU corpo, não é individual a toa. Se a decisão fosse para ser coletiva, seria um corpo com várias cabeças, não um corpo e uma cabeça.

Imagem: Reprodução / A primeira vez

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more