Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Procura-se alguém que seja amigo, que seja abrigo. Porque não dá pra levar a vida sem segurar a mão de alguém. Procura-se alguém que seja riso, mas que também sejam lágrimas quando precisar.

Que seja silêncio quando o olhar puder falar. Que seja duro quando você exagerar, mas que também sejam mãos tirando o cabelo do seu rosto no fim da festa. No tio do dog mandando alguma coisa pra dentro, ou na privada botando tudo pra fora.

Procura-se alguém que fique… Depois do fim da faculdade, depois do casamento, depois do primeiro filho… Porque embora nosso círculo de amor aumente, a gente ainda precisa um do outro pra falar sobre eles, afinal, ninguém pode ser tudo para alguém (leia mais aqui).

Procura-se alguém que lide bem com a nossa felicidade, porque a tristeza a gente já aprendeu a dividir. Procura-se alguém que veja além do que temos para oferecer, porque, às vezes, tudo que a gente tem é a necessidade de ter alguém.

Procuram-se amigos que respondam na hora, nem que seja pra dizer que não dá pra falar. Pra dizer que está com raiva, mas ressalte que ela não dura pra sempre  e que ficaria feliz se aguardássemos ela passar. Procuram-se amigos que te defendam na frente dos outros, nem que seja pra te arrastar pra um canto no segundo seguinte, e dizer “Mas que merda você tá fazendo?”.

Procuram-se amigos que vão, não importa pra onde. Porque descobriram que o que importa é a companhia e não o lugar. Procuram-se amigos que saibam o caminho da geladeira na sua casa, e que mesmo quando você disser que não quer comer, ele saiba que você sempre está com fome.

amigos

Procuram-se amigos com quem você possa dividir um livro, um filme, um sorriso, uma dor… Procuram-se amigos que entendam a necessidade do perdão, assim como um pedido de desculpas. E que saiba esperar por ele aqui – batendo os pés – nos cobrando a absolvição. Mas procura-se, preferencialmente, os amigos que não precisem dele, porque sabem direitinho o caminho do seu coração.

Procuram-se amigos que façam questão, porque a gente já entendeu que a distância não tem nada a ver com prioridade (leia mais aqui). Procuram-se amigos que queiram saber como você realmente está, e não o que deu errado.

Procuram-se amigos que pulam a parte chata do “Você tá sumido” e mande: “Pastel na sexta, ao 12h?” ou “Abre aqui que eu trouxe a cerveja”. E finalize com “Eu nunca estive aqui”, ou “Se eu não lembro, eu não fiz…”.

Procuram-se amigos que sejam amigos de verdade, porque se tem uma coisa que a gente aprendeu bem, foi piratear as coisas, as pessoas, e os bons sentimentos. Procuram-se amigos, que não importe quanto tempo vocês passem sem se ver ou se falar, mas que a risada do outro  seja música para os seus ouvidos e, ao se olharem, vocês sempre saberão como fazer o outro sorrir.

Amizade original custa mais caro, mas é pra sempre.

Estilo tupperware.

Não estraga nunca.

Imagem: Pinterest

@ load more