Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O bebê estava mamando. Enquanto isso, como não sou uma ‘mamãe de ferro’, decidi dar aquela espiadinha no Facebook. Tão logo meus dedos e olhos estacionaram em um daqueles testes que sempre dão certo. Afinal, eles sabem tudo que você vê por ali.

mamãe

Imagem: boredpanda

Que nota você merece, mamãe?

Este era o teste: definir o quanto apta a ser mãe você está.

Bom, aquele dia, exatamente, não estava sendo muito fácil. O bebê não havia tido uma boa noite e o cansaço estava presente desde os primeiros momentos da manhã. Não consegui fazer as tarefas de casa de forma satisfatória, o almoço dele atrasou e eu nem mesmo almocei. Havia uma montanha de roupas para passar, outras para lavar e, na minha frente, uma pergunta: “Que nota você merece, mamãe?’’

mamãe

Tradução: Ei, nós estamos perto da sua casa! Podemos fazer uma visitinha? Imagem: boredpanda

Ele estava ali no meu colo, tomando leite no horário da refeição salgada. Eu estava atrasada para o banho, o que automaticamente alteraria o soninho da tarde. E ainda era sexta-feira, o pai chegaria cedo, exausto e com fome. Pensei em sugerir uma pizza, mas me dei conta de que ela me faria ganhar mais alguns quilos dos quais definitivamente não precisava. Além disso tudo, ainda existe uma adolescente que chega cheia de sonhos todas as noites e eu os ouço para, só depois, colocar os meus no bolso e ir para a cama. A frase anterior não representa “ir dormir”. Ir para cama se torna simbolicamente neutro quando se tem um neném em casa.

mamãe

Imagem: boredpanda

Bem, vamos ao teste.

Você examinou se a fralda do pequeno está sequinha?

R: Sim, esta encharcada.

Você ofereceu sucos, frutas, papinha doce e salgada para ele hoje?

R: Não, ofereci mamadeira, uma banana e outra mamadeira.

Você consegue conciliar a tarefa diária com os cuidados do bebê?

R: Não, não, não!!!

Você já se banhou, maquiou e penteou durante o dia?

R: Ai, meu Deus.

Parei por ali.

Não, definitivamente não precisava daquilo me julgando. Eu mesma faria bem o papel de juíza carrasca de mamães nota 0.

O bebê dormiu. Corri, penteei as madeixas e escovei os dentes. Em tempo recorde, preparei uma sopinha para o jantar do Bryan e coloquei a carne para assar (ceia dos adultos). Preparei a roupa e o banho fresco.

Quando ele acordou, 30 % das tarefas diárias estavam prontas. Caramba, eu sou muito boa nisso!

A noite rendeu muito mais que uma boa carne assada. Teve uma discussão básica porque ninguém me auxiliava nas tarefas, teve desculpas, lágrimas, mais desculpas. Mas, mais importante que tudo: teve eu aprendendo a me perdoar por não dar conta.

É isso, não consigo dar conta de tudo.

Por mais que tentasse, haveria dias em que eu jogaria a sujeira para baixo do tapete. Seriam dias e mais dias em que não me maquiaria e talvez só conseguisse tomar banho depois que o pequeno dormisse – e isso costuma acontecer por volta das 2:00 da manhã.

Sabe a Ana Hickmann? Vi uma foto dela após dar a luz em que estava plena de aparência, corpo e alma. Ela possuía quatro empregadas e duas babás quando se tornou mamãe. Você não. Aqui em casa eu virei mãe com 12 quilos a mais, dona de casa, esposa, funcionária de uma empresa Home Office e manchas no rosto. Não sou a Ana Hickmann. Nem você.

Bom, talvez eu mereça um 7. Talvez um 10 se avaliarmos o fato de que este texto está sendo escrito às 3:15 da madrugada.

Mamãe, você merece nota 1000! Esqueça os testes e lembre-se: Nota 1000.

Imagens: Line Severinsen


E o que vocês responderiam a essa pergunta aqui abaixo sobre ser mamãe, feita por uma de nossas usuárias do Clube Superela?

@ load more