Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Primeiro vamos entender o que é ressaca emocional.

A ressaca emocional acontece logo depois de uma grande investida em uma história com alguém. Aquele caso em que a gente mergulha tão fundo naquela pessoa e, da noite para o dia, nos vemos saindo pela superfície e com a cabeça devastada sem entender direito o que houve. Isso pode ser uma história de um dia ou de anos.

Ressaca emocional é sobre embebedar o coração de amor e vê-lo largado na sarjeta dos sentimentos.

Essas ressacas começam rapidamente.

No acordar do dia seguinte e perceber o fim da rotina de uma mensagem de bom dia. No começar da madrugada com a ausência daquele “dorme bem”.

Quando a gente se dá conta, já estamos mergulhados em uma ressaca emocional. Uma ressaca que envolve a habilidade e disposição de ter que recomeçar; ter que levantar a cabeça e encarar a vida como se nada tivesse acontecido mesmo que estejamos aos pedaços. O processo de reconstrução é devagar.

“Por Deus, como que vou estar bem depois de você ter entrado na minha vida, colocar tudo de cabeça para baixo e mal falar comigo agora?”

E toda ressaca emocional deixa sequelas na gente.

A gente, por exemplo, começa a ter medo de ser quem somos. A gente questiona se as coisas boas que temos a oferecer são mesmo tão boas assim. A gente pergunta para amigos se o que estamos fazendo faz algum sentido – e a gente se influencia por opiniões. A gente sente medo de se dedicar para alguém de novo e de novo ver esse alguém indo embora.

A gente passa a duvidar mais das pessoas. Toda boa intenção é certamente um disfarce de uma intenção horrível. As pessoas querem nos usar. Todo mundo se faz de boa gente para passar a perna na gente. A gente começa a não acreditar mais em ninguém e quem mais perde com isso somos nós mesmos.

Outra sequela é que a gente começa a não gostar mais tanto da gente assim. A gente esquece das coisas que amamos em nós, esquecemos de colocar aquele perfume preferido, de ouvir aquela música ou de usar aquela roupa que nos cai tão bem. De tanto esquecerem nossos corações, a gente deixa ele lá esquecido também.

Não há exatamente uma hora para que a ressaca emocional passe, mas é bem difícil administrar as sequelas que elas deixam na gente. É bem difícil entender que os dias não são iguais depois de alguma desilusão – depois de uma decepção ou frustração. Recomeçar exige uma energia que a gente nem lembra que tem. Afinal, veja só, da noite para o dia temos que levar a vida da mesma maneira que levámos antes daquela história começar. A diferença, porém, são todas as dores de cabeça que a gente acorda sendo obrigados a suportar.

É por isso que a gente precisa cuidar de quem somos antes de querer cuidar de alguém. Porque as pessoas vêm e vão, mas nunca vêm em vão. A gente sempre vai aprender alguma coisa nessa escola que é a vida, mas nem toda lição precisa doer. Então, o que nos resta a fazer, é lembrar de não nos esquecer. Lembrar que temos que cuidar de quem somos, do que sentimos e do que queremos. E lembrar de quem somos e do quanto gostamos de coisas em nós é o remédio para a ressaca emocional passar mais rápido, afinal, elas sempre vão existir, mas também depende da gente determinar por quanto tempo. Já as sequelas, a cada nova ressaca a gente vê que ela não é tão profunda assim, né? A gente costuma amar alguém para sempre até amar alguém de novo.

Imagem: Unsplash

@ load more