Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Aprendi que tenho muito que aprender. Isso dói, dói ao falar, dói ao pensar. Dói ao escrever. Só que não tinha como não ser assim.

Toda vez que eu me sentia triste, eu pensava: “por que eu tenho que ficar tão sozinha?”. Não fui eu que escolhi essa personalidade, não posso ser obrigada a carregar o peso de coisas que só aconteceram comigo porque eu sou uma boa pessoa. Eu parei para pensar e percebi que tanta coisa de agora é resultado de coisas do passado…

Coisas que os outros fizeram comigo e para mim, porque desde lá eu precisava ter sido sozinha. Não sozinha sem alguém que me ame ou eu ame também, mas sozinha para descobrir, para errar, para ser eu.

Estar em paz

Quando me apresentaram à face do ódio, do assédio, da traição, da violência, eu deveria estar sozinha. Me roubaram um momento que era só meu. Roubaram um pedaço da minha história. Eu não sabia até então, até hoje, até o momento deste texto, que eu sofro tanto não por não saber estar sozinha, mas porque eu tenho medo de estar. É como estar no escuro, todo som parece amplificado e eu tenho medo de mexer em meio ao novo.

Todas as vezes em que fiquei sozinha, alguém me maltratou ou me abandonou. Eu nunca fiquei sozinha em segurança. Eu nunca tive o direito de escolher ficar sozinha, sempre escolheram por mim. Eu sempre fui jogada no escuro, nunca me adaptei para enxergar através dele.

Eu nunca estive sozinha sem me sentir sozinha. Esta palavra sempre significou, para mim, estar sem ninguém. Estar desamparada. Não ser amada.

Filme: Orgulho & Preconceito

Eu não preciso e talvez nem deva pedir desculpas pela minha dor. Ela é necessária, mas também solitária e pesada. Solitária porque eu finalmente estou sozinha. Dolorosa porque eu finalmente percebi que ainda quero estar sozinha e ainda assim estar com você.

Eu quero estar sozinha e ainda ter todas as pessoas que eu amo. Eu quero ter a mim mesma antes de todas elas, porque é também a que eu mais amo. Eu quero poder ver mesmo com os olhos fechados. Eu quero escolher o meu próprio escuro, e mesmo com ele, saber que todas as coisas que eu gosto e me fazem bem ainda estão ali, mesmo que eu não possa vê-las.

Só

São tempos difíceis, como aquele momento entre o apagar da luz e o ajustar dos seus olhos. Eu estou me adaptando e tenho que fazer isso em mim mesma, sozinha, mas não consigo sozinha. Agora você sabe o que eu quero dizer.

"Mas poesia, beleza, romance, amor... isto é pelo que vale a pena viver"

“Mas poesia, beleza, romance, amor… isto é pelo que vale a pena viver”

Não me desculpe, eu sou mesmo incapaz de não amar.

Acima de tudo, eu amo ficar sozinha. Para saber viver com os outros, eu precisava fazer o que estou fazendo agora, resgatando minha conexão comigo mesma. Eu preciso me conhecer para me compartilhar. Eu preciso revisitar traumas do passado, sofrer por dores que eu nunca sofri direito, saber o que ficar sozinha significa para então querer ficar (em alguns momentos, nem todos) ao lado dos outros. Ao seu lado. Como eu quero estar.

Mas só. Girassol.

Ser Girassol

Imagem: Stocksnap

@ load more