Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

É clichê, eu sei. Mas preciso começar o artigo dizendo que se você sofre da sofre da síndrome da boa aluna e da impostora, tudo começa na falta de autoestima!

A capacidade de se auto estimar, se reconhecer e se admirar não é uma tarefa tão fácil para as mulheres. Fomos treinadas a estimar, reconhecer e admirar os homens. Nosso pai, nosso chefe, nosso marido. Depois, em colocar nossos filhos antes de nós mesmas. Fomos treinadas a ficar em segundo plano.

Mas por que?

Acredito que por medo. Afinal, a mulher é poderosa. Quantos homens “perderam a cabeça” e o poder quando apaixonados? Quantas mulheres que bateram de frente contra tudo isso alcançaram lugares inimagináveis?

Somos poderosas! Mas até hoje por muito tempo, nos fizeram acreditar que não somos. Fomos treinadas a não nos conhecer e reconhecer.

Me responda: o que você vê quando está de frente para o espelho? Quais são seus sonhos e vontades? O que você realmente gosta de fazer? Quem você verdadeiramente gosta de ter ao seu lado?

Essa dificuldade em se reconhecer fez nascer duas “síndromes” que amedrontam a mulher que luta para ter seu lugar ao sol. Já ouviu falar nelas?

Síndrome da boa aluna

Crença limitante comum entre pessoas que nunca se sentem boas o suficiente e precisam sempre aprender mais antes de começar (seu próprio negócio, sua nova carreira). E ficam empurrando com a barriga por uma eternidade!

Sintomas:

  • Já fez muitos cursos online;
  • Vive em eventos e workshops da sua área;
  • Sempre que ouve algo novo, acredita que precisa aprender sobre isso;
  • Acha que só pode divulgar seu serviço depois de aprender tudo que precisa;
  • Acredita que só estará pronta depois de aprender “aquilo” a mais.

Se você se identifica com os pontos acima, você sofre da síndrome da boa aluna.

Dica:

Acredite que você já sabe o suficiente para começar! Não tem problema nenhum em aprimorar seus conhecimentos com regularidade, mas isso não pode te impedir de usar o que você já tem. Sempre terá alguém que sabe mais do que você. Foque em ensinar quem sabe menos que você, pois seu conhecimento sempre agregará à essas pessoas.

Síndrome da impostora

Crença limitante que impede pessoas talentosas a se mostrar para o mundo, por não acreditarem em suas próprias competências (leia mais aqui).

Sintomas:

  • Tem medo de divulgar o seu serviço;
  • Acho que a concorrente é sempre melhor do que você;
  • Acho que vão te “zoar” se gravar vídeos e tirar fotos;
  • Não acha que sabe o suficiente para compartilhar com as pessoas;
  • Acredita que tem muita gente melhor do que você: “Se eu me mostrar, estarei sendo falsa”.

Se você se identifica com os pontos acima, você sofre da síndrome da impostora.

Dica:

Bota a fralda e vai. Se mostre mesmo com medo. Não se importe com a opinião de quem não atua na sua área e não entende sua profissão. Seja verdadeiro com você e com sua audiência: mostre apenas aquilo que você tem certeza e assuntos que domina.

Imagens: Unsplash

@ load more