Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Esperando uma amiga a caminho de uma festa, ouvi um grupo de pessoas conversando sobre relacionamento. O foco principal da conversa era se a garota devia ou não dizer o que sentia para o tal boy magia dos sonhos. Naquele momento, ouvindo tudo, deu uma vontade enorme de me intrometer na conversa e dar um belo de um chacoalhão naquela menina tão inconformada com a ideia. Foi aí que eu pensei: por que é que a gente tem esse medo todo de demonstrar sentimentos?

Ah! Então você é do tipo que também não quer demonstrar? Olha, eu poderia dar uma série de sugestões, mas antes eu quero propor algumas coisas pra você pensar antes de tomar qualquer decisão desse tipo, e sobretudo, antes de negar a ideia:

1) Por que não demonstrar sentimentos?

demonstrar sentimentos 1

Eis a pergunta mestre: por que a gente se martiriza com a ideia de simplesmente demonstrar que gosta da pessoa? Por que não mandamos tudo pros ares, estufamos o peito, tomamos coragem e encaramos a situação? Por que a gente pensa tanto antes de ir lá e fazer o negócio acontecer?

Definitivamente, ter uma série de sentimentos martirizando a nós mesmos o tempo todo é cruel (leia mais aqui). Se você não tem coragem de olhar no olho da pessoa e dizer o que você tem pra dizer, faça como eu amiga, escreve uma carta, um texto, sei lá. Só escreve, mesmo que fique horrível, o importante aqui é ser sincero, é ser de verdade. Ah, no final, vai lá e aperta o botãozinho de enviar, tá?

2) Por que o medo da resposta?

Cara, você é simplesmente uma mulher incrível! Charmosa, atraente, poderosa e, com certeza, muito agradável. Como eu sei? Todo mundo tem essas características dentro de si menina, o negócio é não deixar que a filosofia do “não se expor” te reprima.

De verdade, se a resposta para a mensagem enviada for positiva, arrasou! Deu bom, agora aproveita! Se a resposta for negativa, ótimo também! Sim, sim! Já desilude logo dessa pessoa antes que você comece a se machucar. Pra mim, essa é justamente a parte boa de demonstrar e de falar mesmo, ter uma definição. Quando a gente não se abre e não encara a situação de frente, é natural que imaginemos coisas. Se você vai e se abre, e já sabe logo de cara se pode dar certo ou não, a ilusão já não tem mais porque existir e aí sim você pode ser mais livre até pra se apaixonar de novo.

3) Por que a gente critica tanto a ideia de demonstrar?

demostrar sentimentos 2

Por que essa geração enfia na nossa cabeça que tudo isso tá errado? Tá, desde quando chegar na pessoa e dizer “eu gosto de você” é se rebaixar e ser fraco? É isso que andam dizendo por aí? Então, pega uma borracha e apaga tudo isso aí que te disseram, porque, muito pelo contrário, isso é ter força!

Pessoas que são “fracas” e “frágeis”, como eles dizem, jamais teriam coragem pra chegar na pessoa e dizer o que sentem. JAMAIS! Eu acho todo esse papo de “fraqueza” uma desculpa, de verdade. Eu já te disse: vai lá e faz. O resto é história!

4) Por que se iludir quando é mais fácil encarar?

Volta lá pra segunda pergunta. Se demonstrando a gente consegue definir as coisas porque enrolamos tanto? Por que criamos tanta coisa na nossa cabeça se é mais fácil ir lá, falar e acertar logo as coisas?

Tá, confesso, eu também passo por isso. É difícil ir lá e falar de uma vez por todas, eu entendo, mas é o caminho mais fácil e o que faz o maior bem! É o caminho que define as coisas e te acorda pra vida! É assim que você vai conseguir se decidir sobre o que fazer depois. Então, para de ficar aí vendo esses filmes de Hollywood, vendo o mocinho e a mocinha se apaixonarem ali na esquina e toma coragem de ir lá e dizer logo na cara da pessoa o que tá acontecendo!

5) Quem disse que quem tem que tomar atitude é o homem?

demonstrar sentimentos 3

Quando soltaram na roda a ideia de que é o homem que tem que falar o que sente e não a guria, eu ri tanto, mas tanto, que até chorei! Pelo amor de Deus, quem foi que disse isso? Meu, isso é tão old! Essa ideia tá mais velha que o quadro da Monalisa, sério!

A real é que já vi uma penca de casais por aí que se dão super bem, tem uma vida e um relacionamento maravilhosos, tudo porque foi ela quem teve coragem de apertar o botãozinho do ‘start’. Esquece de uma vez por todas essa ideia de que chegar é coisa de homem que meu, isso aí é só mais outra desculpa. Sabe, tem muito cara por aí que tem medo mesmo, timidez ou uma série de outros motivos, então, qual o problema se a mulher tomar a frente?

6) Se conversar é essencial, porque a gente quer tanto evitar isso?

Nenhum relacionamento vem com manual de instruções, nem com botão ‘liga/desliga’, então a gente precisa CONVERSAR. A gente precisa expor pra pessoa como é que estamos nos sentindo, dar meio que um feedback mesmo sabe? Se você tá feliz, agradece por ter essa pessoa do seu lado, fala pra ela o quanto ela é importante pra você. Não precisa ser uma data especial nem nada disso.

O contrário também é válido. Se você não tá feliz, então coloca o que tá te incomodando pra pessoa e tenta RESOLVER o problema junto com ela, antes que todo o charme do relacionamento seja estragado por um problema.

A verdade é que demonstrar sentimentos é uma prática que a galera em geral critica simplesmente porque tem medo. Mas cá entre nós, usando um velho ditado: o futuro a Deus pertence. Então, para de pensar no que é que vai acontecer ou no que é que você vai ouvir. Meu, talvez a pessoa esteja lá pensando em você, querendo o mesmo que você quer e não se abre por medo e aí, enquanto isso, você também tá aqui, pensando na pessoa, mas também não se abre por medo. E fica assim, um de cada lado, gostando um do outro, mas com medo.

Então, como eu disse em algum lugar ali em cima, extravasa esses sentimentos, joga as críticas e o “bla, bla, bla” pra bem longe e encara isso. E me conta depois como foi, combinado?

Imagem: Sara Herranz / Pinterest

@ load more