Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Imagens de mulheres se abraçando, beijando o espelho, em pose de heroína, com ar de poderosa e infalível são usadas pra expressar uma autoestima saudável. Daí você passa pelo feed de notícias do Instagram e Facebook e vê pessoas 100% gratas, com a vida incrível, corpo incrível, trabalho incrível e em lugares incríveis. E você, olhando para si mesma e não sentindo nada disso, conclui: não tenho autoestima e amor próprio. Será que é assim mesmo?! Será que tem que ser assim pra sempre?! Até o final desse texto você vai descobrir o conceito e as várias faces da autoestima, além de dicas simples – mas poderosas! – para elevar cada vez mais seu astral.

Eu costumo dizer que não existe a terra mágica da autoestima e amor próprio. Tenho certeza que você já ouviu “se você tá procurando a pessoa que vai mudar sua vida, dê uma olhada no espelho”. O louco é que a gente lê isso e pensa que vai ficar se olhando no espelho e suspirando como se estivesse apaixonada. E CLARO QUE NÃO É ASSIM!

A autoestima é um conceito que, juntamente com nossa personalidade, começa a ser formado ainda na infância. E apesar de muita gente ainda associar autoestima somente com aparência, autoestima tem a ver com a avaliação subjetiva que a pessoa faz sobre sobre si mesma – não só sobre sua imagem, mas também sobre sua personalidade, sua essência interior e seu comportamento em relação ao mundo. Isso significa que ter uma boa autoestima não é só se gostar no espelho, mas também saber reconhecer suas qualidades como ser humano, suas habilidades e limitações, sua capacidade de amar e ser amada e sua importância no mundo e no meio em que se vive.

Ter uma boa autoestima não significa sair desfilando de roupa de couro e salto alto na cara da sociedade por aí, como se você vivesse constantemente em um clipe da Beyoncé ou da Rihanna. Também não significa todos os dias transbordar de gratidão e plenitude a ponto de mostrar para os quatro cantos do universo o quanto sua vida é incrível. Apesar de parecer um lugar mágico logo ali, a perfeição não existe. É importante saber lidar com os altos e baixos do dia a dia, com a consciência de que mesmo nos dias em que você não se sente incrível, você continua sendo você, uma pessoa de valor, cheia de qualidades, emoções, medos, desejos e sonhos, que já caiu e levantou milhares de vezes, que já se superou e ainda vai se superar muitas outras.

Sua autoestima não é algo inabalável, muito menos algo que uma vez que você adquire, nunca mais perde. Não é algo que você tem ou não tem, não é “privilégio” de poucos. Todo mundo pode e MERECE (!) ter uma autoestima saudável. Autoestima é algo que precisa ser alimentado em pequenas doses diárias, até que se torne um hábito. E isso depende de você!

– Como assim, depende de mim?

Uma autoestima elevada é como energia: você GERA. E assim como para gerar energia é preciso de um combustível – uma força propulsora, pra elevar sua autoestima existem pequenas práticas que você pode adotar, dia após dia e assim se sentir cada vez mais em paz e orgulhosa de ser quem você é.

Dicas para aumentar sua autoestima e amor próprio:

autoestima e amor proprio - 1

1) Invista em autoconhecimento

Aprender a olhar para dentro de si mesma sem a lente dos pré-conceitos e dos padrões e convenções sociais, faz você se tornar capaz de enxergar com clareza suas qualidades, seus pontos fortes e suas habilidades, e também seus defeitos, dificuldades e medos para assim aprender a lidar com toda a beleza e dureza de ser quem você é. Você vai perceber que não é perfeita, mas é muito mais bela, forte, inteligente e poderosa do que pensava!

2) Diga mais NÃO, quando quiser dizer não

Toda vez que você diz não para situações, pessoas ou coisas que você não tem vontade ou não fazem você se sentir bem consigo mesma, você demonstra respeito e amor por si mesma. Você demonstra que se valoriza, e isso fortalece dia a dia a sua autoestima.

3) Diga mais SIM, quando quiser dizer sim

Pode ser para um convite pra sair. Pode ser para uma proposta importante – ou uma proposta boba! Pode ser para a sua vontade de comprar aquela saia linda mas que você vive esperando emagrecer para comprar. “E se tiver alguém olhando? E o que as pessoas vão pensar de mim? E se der errado?”. SE JOGA e vai, bonita! 🙂

4) Dedique um tempo a fazer algo que te faz feliz

Você ama brincar com seu bichinho de estimação? Ama caminhar no parque? Tomar um banho demorado com música? Cozinhar uma comida bem gostosa? Visitar uma creche ou asilo? Dormir? Assistir seriado? A cada dia, escolha algo que faz você se sentir bem consigo mesma, com o ser humano que você é. Hoje!

5) Cuide da sua aparência

Você pode fazer as unhas, passar um hidratante que você gosta, usar um perfume novo, cuidar dos cabelos, fazer uma atividade física, usar uma maquiagem bonita. Qualquer coisa que faça você se sentir melhor – e nada que não combine com você, claro.

autoestima e amor próprio - 2

Tudo vai ficar bem hoje porque… minhas unhas estão tão lindas!

6) Cuide do seu espírito

Somos muito mais do que esse corpo físico. Não importa sua crença ou religião, dedique um tempo a alimentar o seu interior – seja pela meditação, pela oração ou simplesmente por ser grata pelas coisas boas que você tem.

7) Dedique-se a aprender algo novo

Você pode aprender a pintar, fotografar, dançar, cozinhar, tocar um instrumento, praticar um esporte, escrever poemas, dirigir, aprender uma nova profissão… Nunca é tarde para realizar um desejo antigo ou descobrir uma nova paixão, e você perceberá que é totalmente capaz.

8) Permita-se comer, sentir, viver

Permita-se comer (e saborear de verdade!) chocolate quando você quiser muito. Permita-se comer com consciência o que você quiser, sem se impor restrições, culpa ou julgamentos. E permita-se sentir o que estiver sentido. Sinta o medo, a alegria, a tristeza, a ansiedade. O medo de sentir quase sempre é maior do que o próprio sentimento.

9) Faça planos para o futuro – e ouse sonhar alto

Seja qual for o seu sonho – fazer uma viagem, comprar uma casa, abrir um negócio, mudar de emprego, encontrar um amor… permita-se e planeje esse futuro. Imagine claramente como será sua vida vivendo essa realidade. Mentalizar a vida que você quer não é o “passe de mágica” que irá realizá-la, mas é o primeiro passo para que essa realidade se manifeste.

10) Substitua pensamentos negativos por pensamentos positivos

Sempre que um pensamento negativo sobre você mesma surgir na sua cabeça, substitua-o pelo contrário. Quando vier à sua mente frases como “Eu não consigo”, “Eu não sou capaz” “Não vai dar certo”, substitua essas afirmações por “Eu consigo”, “Eu sou capaz”, “Vai dar tudo certo”. Parece bobo e simples, mas quando você está condicionada a ter ideias negativas sobre si mesma, suas atitudes serão condizentes com essas ideias. E o resultado disso não será diferente, claro.

autoestima e amor proprio - 3

Eu acredito que nós criamos nossa realidade, consciente ou inconscientemente – e isso nem é uma coisa espiritual ou esotérica. É uma questão lógica. Se você alimenta pensamentos negativos a respeito de si mesma, você tomará decisões negativas ou não terá confiança suficiente para tomar decisões positivas e corajosas. As ferramentas necessárias para que você se sinta melhor consigo mesma estão todas aí, dentro de você. Você precisa apenas encontrar uma forma de acessá-las e, acima de tudo, praticar a gentileza e o amor consigo mesma. No começo parece difícil, mas é algo que exige prática e te garanto que vai ficando cada vez mais fácil com o tempo.

Como parte do meu projeto que ajuda mulheres a recuperarem a autoestima e elevarem sua autoconfiança para viver melhor, eu criei um Programa Online de 33 dias com vídeos cheios de insights, reflexões e exercícios pra você aprender a confiar na pessoa mais importante do mundo: você. Porque muitas vezes a gente sabe o que fazer, mas não sabe como. E é isso que eu ensino lá, como fazer essa transformação com passos simples e comprovados. Saiba mais clicando aqui.

Imagem: Pexels


Agora que você sabe como nutrir a autoestima e amor próprio, que tal ajudar alguém no clube?

@ load more