Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O que parecia mais uma manhã de domingo de lazer, transformou-se numa espécie de observatório sobre a relação entre amor próprio, camisinha e os muitos orgasmos que uma relação sexual pode proporcionar.

Vamos a uma historinha…

Estava eu, minha irmã e sobrinha apreciando um Desfile de Muares em uma das principais avenidas da nossa cidade, quando fomos abordadas por uma mulher de aproximadamente 45 anos com um isopor onde parecia vender água, cerveja e refrigerante.

Ela nos fez uma pergunta, respondemos, e ela se sentiu confortável para falar da vida dela. Conversa fluindo, falou que tinha arranjado naquele local um paquera, amava cavalos.

Que “se perdeu” (leia-se perdeu a virgindade) com um cara que andava de cavalos. Tinha duas filhas, havia sido casada, estava separada e agora só estava se divertindo com “os velhos”, etc.

Num dado momento, ela abriu a bolsa e nos mostrou uma camisinha feminina. E disse:

“Carrego a minha camisinha para colocar no meu ‘xibiu’ quando eles não querem usar a deles, e uso anticoncepcional para não ter problema, porque eu gosto de namorar, mas primeiro gosto de mim, então preciso me cuidar.”

5 métodos contraceptivos para dar adeus às pílulas

Ficamos surpresas, e aproveitamos o ensejo para ratificarmos a importância do autocuidado, e como isso é uma prova de amor próprio, bem como o uso da camisinha e de outros métodos contraceptivos.

Em seguida, nos despedimos e fomos embora observando o comportamento dela com outras pessoas.

No retorno para casa, fiquei pensando sobre a situação, uma mulher acima dos 40 anos, separada, com filhas, que gosta de sexo, assumindo com muita propriedade esse gostar, de bem com a vida e extremamente alerta para as consequências de uma relação de risco, tanto que leva a camisinha feminina em sua bolsa.

Você deve estar se perguntando: por que isso me chamou tanta atenção?

Bem, durante minha caminhada, e em especial como palestrante na área de educação sexual tenho defendido com muita veemência o uso do preservativo nas relações sexuais, por entender as consequências de uma relação de risco para a saúde.

Não estou dizendo que nunca aconteceu comigo.

Num passado remoto, mas depois que me conscientizei dos riscos e da importância de cuidar de mim e do outro, evito ao máximo.  

Tenho observado o quanto às pessoas “com mais acesso a educação/ informação” se mostram resistentes quando o assunto é a exigência do uso do preservativo nas relações sexuais, bem como a prevenção de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

No geral, todos dizem saber da importância e dos cuidados, mas na “hora H”, se comportam como adolescentes em fase de iniciação sexual – com medos, dúvidas, irresponsabilidade e vergonhas.

As desculpas são as mais variadas possíveis:

“Na hora não tinha”
“Você desconfia de mim?”
“Se você gosta de mim, então prove fazendo amor sem camisinha”
“Com camisinha não sinto prazer”
“Meu pau não fica duro com camisinha”
“Estava na carteira na sala, e nós estávamos no quarto, se eu parasse para pegar a camisinha, ela desistiria”
“Ah! Ele insistiu tanto para que fosse sem camisinha, que me cansou e eu queria tanto também”
“Foi rapidinho”
“Tenho corpo fechado, aqui não pega nada”
“Sem camisinha é mais gostoso”
“AIDS é uma doença que a Globo inventou”
“Ele/Ela não tem cara de que tem doença”
“Chupar bala com papel não tem graça”

Difícil entender o motivo de tanta resistência. Às vezes penso que seja falta de amor próprio, porque se você não se cuida, você não se ama, correto?

Além das teorias fantasiosas de que o uso limita o prazer. Vamos esclarecer: se na hora não tiver camisinha, não transe! A maior prova de amor é usar a camisinha! Com camisinha sente prazer sim e não vai ter preocupação no dia seguinte.

Já dizia Chacrinha: BOTA A CAMISINHA

Para os homens

Que tal trabalhar essa resistência em usar a camisinha? Procure uma mais adequada (o mercado está com uma grande diversidade, para todos os gostos e tamanhos).

Verás que “teu pau” ficará ereto e pronto para a diversão, sem preocupações depois? É muito mais questão de hábito. Deixe de conversinha!

Para as mulheres

Pelo amor da Deusa: Exija o uso da camisinha. Use a camisinha feminina. Tenha camisinha na sua bolsa!

Para geral

Desconfie de quem não quer usar! Se el@ não quer usar com você, isso pode ser mais frequente do que você imagina, e não porque você é especial.

Trago verdades

As infecções sexualmente transmissíveis também são transmitidas em rapidinhas. São mais reais do que você pode imaginar. E infelizmente os números estão cada vez mais altos.

Para o sexo oral também é necessário o uso do preservativo, porque há riscos de transmissão de IST.

Informação e prevenção é a melhor maneira de desfrutar dos bons prazeres e muitos orgasmos de uma vida sexual plena.

A título de informação, o uso da camisinha não é uma novidade

Segundo a história, A.C os egípcios já usavam um envoltório sobre o pênis, depois os romanos, e por aí foram por várias civilizações e épocas.

O produto passou por várias modificações e adequações, até que em 1930 inventou-se o látex que deu ao preservativo um aspecto mais fino e confortável.

Sendo que em 1960 deixou-se de ser utilizada por conta da invenção da pílula anticoncepcional (em outro momento falaremos sobre isso). Retomando seu o uso apenas em meados dos anos 80 com a grande epidemia de HIV/AIDS.

Portanto, se há 3000 anos, já havia sido descoberto que a atividade sexual traz alguns inconvenientes, não somos nós que iremos retroceder.

Buscar mais informações. Cuidar-se com carinho e amor próprio em primeiro lugar, usar camisinha em todas as relações para aproveitar os muitos orgasmos e prazeres que estão por vir.

Então meu bem, tenha sempre em mãos camisinhas, e se rolar, usem-na sem moderação. Vista-se e divirta-se!

Imagem: Freepik    

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more