Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

O texto já começa com a pergunta errada, quando a correta deveria ser “vale a pena arriscar tudo pelo meu amor?”. Essa pergunta é muito subjetiva quando falamos desse sentimento em específico, pois envolvem duas pessoas e um contexto gigante. Por isso, a melhor resposta seria: depende.

Não podemos sugerir respostas hipotéticas do tipo “claro que não vale a pena arriscar tudo por amor, a vida é muito curta” ou “claro que vale a pena, se você tem um amor, tem que aproveitar já que hoje o mesmo anda tão escasso”. São hipóteses sem conhecimento sobre as circunstâncias.

Outra pergunta que deve ser questionada também é “arriscar que tudo?”. O que exatamente é o tudo pra você? Sua família? Seus amigos? Seu medo de se entregar novamente? Seu trabalho? Seus sonhos? Sua vida de solteira? O que é o seu tudo?

O amor em si é íntimo demais para existir uma regra.

Por isso você deve analisar muito bem antes de tomar qualquer atitude. Você precisa analisar se a pessoa faria algo da mesma grandeza por você, se há reciprocidade – que é um ponto essencial – no seu relacionamento, se você se arrependeria depois se o relacionamento acabasse, se o que você realmente sente é amor ou apenas paixão de verão.

O amor está mais para uma exceção do que para uma regra, por isso você deve analisar todos os fatos e atos.

Se você abandonar seu melhor amigo/família pelo seu amor, quem vai te aconselhar quando você precisar? E quando você terminar, vai ir correndo atrás de quem você deixou pra trás? O que seu melhor amigo/família faz pra que seja “indispensável” se afastar dele pro seu namoro dar certo?

E se você abandonar seu sonho, você vai poder retomar ele se você ficar sozinha de novo? Porque seu objetivo atrapalha quem você escolheu compartilhar sua vida? É possível adiar o teu desejo?

Sua vida de solteira é mais interessante do que ter alguém ao teu lado? Sua vida de solteira faz mais feliz que um relacionamento poderia fazer?

São tantas perguntas que você tem que fazer na hora de decidir se vai ou não largar tudo pra viver um amor.
Existem, sim, pessoas que largam tudo o que podem para entrar de cabeça em um romance. Abandonam tudo que podem porque acreditam fielmente que elas encontraram o que precisam nessa pessoa, porque acreditam que o relacionamento entre eles não precisa de nada mais além deles dois. E de fato algumas conseguem ser extremamente felizes assim.

Já outras enxergam que nada valeu a pena quando o relacionamento terminou e começam a pensar que jamais deveriam ter feito isso. Começam a ficar receosas de se entregar de novo, de amar de novo e até colocam a culpa no sentimento e não nas escolhas que elas mesmas fizeram.

Lembra da pergunta? Vale a pena arriscar tudo por amor? Arriscar é correr riscos.

Por isso acredito que a melhor resposta para essa pergunta que invade tantos corações apaixonado é: se entregue com cautela. Não caia de cabeça e não abandone tudo que te faz feliz por algo que também te faz feliz. Não troque o branco pelo cinza. O amor por si só já vale a pena, então pra que trocar tudo por ele?

Algumas alterações são indispensáveis na nossa vida quando nos envolvemos com alguém, alguns defeitos nossos precisam ser revertidos e todas as alterações devem ocorrer de ambas as partes, mas talvez abrir mão de tudo pelo amor não seja a melhor opção.

O amor, o verdadeiro amor, é moderado e não extremo.

Imagem: Pinterest

@ load more