Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

Realmente choca quando vemos as marcas da ação do tempo em uma pessoa. Quem nunca se chocou ao olhar para o rosto envelhecido de alguém que não via há algum tempo?

Basicamente, isso acontece porque não estamos preparados para envelhecer. Infelizmente nossos valores ainda são muito superficiais, nossa preocupação com a aparência em sua maioria extrapola os limites da vaidade humana.

Para as mulheres então, as cobranças são ainda maiores. Em síntese, a mulher não pode envelhecer, isso porquê está presa dentro da sua própria mentalidade. Mentalidade esta imposta pelos padrões que a sociedade nos impõe. Fica claro que nenhuma mulher gosta de ser vista como “velha”, nem tão pouco se ver como tal.

No entanto, uma coisa é certa, todas nós estamos envelhecendo! Aproveitando o gancho que essa reportagem da apresentadora Xuxa nos trouxe, resolvemos falar um pouco sobre nossa resistência inútil ao envelhecimento. A postagem em si, mostra a linda apresentadora sem maquiagem em férias nas praias da Jamaica e o que era para ser mais um post de férias, acabou causando alguns comentários maldosos e com isso levantando uma polêmica que com certeza vale a pena discutir. Por isso, me acompanhe!

A beleza da mulher e o tempo

O tempo pode ser um inimigo. Todavia, no auge da nossa beleza acabamos por não pensar muito nisso. Muitas de nós ainda temos aquele pensamento de que nossa beleza nunca vai acabar. Além disso, muitas vezes nos sentimos tão poderosas por conta dela, que corremos um risco enorme de nos tornar superficiais e/ou escravas eternas da beleza.

Em nossa sociedade, quando vemos comentários maldosos dirigidos a famosos como a Xuxa, ou até mesmo pessoas comuns, o que imaginamos? Pensamentos como: pessoas infelizes, vazias e frustradas, passam em nossas cabeças na hora, não é mesmo?

Sem críticas ou julgamentos – até porque essa vida é um constante aprendizado – todos estamos sujeitos a cometer erros e acertos. Felizmente no post da Xuxa vemos muitos outros comentários de pessoas bem resolvidas, de mentes jovens e que não se prendem a padrões.

Já quanto aos comentários infelizes, esses normalmente são de pessoas que estão vivendo o auge de sua juventude. Muitos são os que vivem na ilusão de que será sempre assim. Além dessas, tem ainda aquelas que já estão longe desse tempo, mas que por algum motivo possui pensamentos ultrapassados.

Basicamente, podemos concluir que as críticas em sua maioria foram realizadas por pessoas sem coragem de enfrentar o próprio envelhecimento. Assim, acabam canalizando toda a sua frustração e a despejando nos outros. Felizmente, o tempo chega para todos e um dia todos vamos ter que encarar nosso envelhecimento, seja querendo ou não.

Como é envelhecer para uma mulher plena

Em suma, uma mulher que viveu o auge da beleza e inclusive se sentia o máximo na época de sua juventude, se sentindo poderosa e tudo o mais, mas que sempre teve a consciência de que o envelhecimento faz parte da vida, sem dúvidas não terá problemas ao envelhecer. Alguém que soube de fato viver essa beleza e juventude com plenitude, terá este sentimento por toda a vida. Logo, verá a mesma beleza em outras pessoas.

Não existe nada de errado em se sentir poderosa pela beleza que possui, afinal isso faz parte da juventude. Todavia, envelhecer é uma questão de tempo e a forma como iremos encarar isso é o que irá determinar como iremos nos sentir quando isso acontecer. Tudo bem se sentir mal com uma ou outra ruguinha, mas envelhecer é uma dádiva e não deveria ser encarado como um problema. Uma mulher plena e madura sabe bem disso e por isso sua beleza e jovialidade transborda independente de sua idade.

Como se comporta um homem machista ao ver o envelhecimento da mulher

Sejamos diretas, este tópico é especialmente para aqueles homens que são cheios de falar de maneira pejorativa sobre o envelhecimento das mulheres – quem sabe assim eles não se toquem?!

Existem alguns homens que tratam as mulheres como se fossem objetos. Sendo que estas, não possuem sequer o direito de envelhecer! Parece bizarro, mas é verdade! É chocante ver que, quando comentários maldosos sobre o envelhecimento feminino partem deles, geralmente são cheios de grosserias e sem nenhum respeito pelas mulheres. Todavia, eles se esquecem que elas são representadas pelas próprias mulheres de suas famílias. Ou inclusive que um dia também vão envelhecer!

Felizmente não são todos assim! E graças a Deus existem homens amorosos que sabem como valorizar uma mulher em qualquer idade que ela se encontre.

Influência da mídia nos padrões de beleza feminino

Atualmente, a vaidade feminina é baseada nos padrões comerciais de beleza que são despejados todos os dias pelas mídias. Existe quase que uma pressão para se encaixar nesse padrão. Quando o sinônimo de beleza significa ter uma pele perfeita, corpo perfeito ou uma vida perfeita, os valores estão invertidos. Assim, consequentemente a mentalidade se torna muito frágil e ilusória.

Além disso, mesmo que eles preguem a “auto aceitação”, esta é sempre pregada (na maioria dos casos) por aqueles que já passaram por inúmeros procedimentos e intervenções cirúrgicas por justamente não se aceitar. Vai entender!

Quais os riscos dessa busca pela beleza eterna

Anteriormente, falamos sobre essa pressão louca por se “adequar em um padrão de beleza pré-estabelecido”. Pode até parecer que não, mas essa busca pode resultar em consequências graves e/ou permanentes!

Um dos maiores riscos, é a crença de que essa beleza seja tudo, sendo inclusive sinônimo de uma felicidade completa. Logo, para conseguir alcançar esse objetivo, nem sempre os meios buscados são de forma natural ou adequada. Assim, quando uma pessoa não aceita suas próprias limitações, acaba se sujeitando a métodos invasivos, suspeitos e por consequência destruindo sua saúde e em muitas vezes, sua aparência. Pensando nisso, será que essa busca realmente vale a pena?

O que significa ter uma vaidade saudável?

Vaidade saudável é aquela que vem junto com a saúde e o bem-estar físico, mental e emocional, é aquela vaidade que realça a beleza natural, que trabalha o corpo para ficar mais bonita, mas especialmente ter mais saúde e felicidade, que foca na saúde e no bem-estar acima da aparência física.

O processo do envelhecimento feminino

O envelhecimento feminino é simplesmente como qualquer outro. Ou seja, nascemos, crescemos, envelhecemos e morremos, e daí? O que tem de tão extraordinário no envelhecimento feminino? Nada!

Então porque tanto burburinho por conta do envelhecimento de uma mulher? Isso não é a coisa mais natural da vida? Extraordinário mesmo seria se ela não envelhecesse! Aliás, esse deve ser um dos maiores sonhos da humanidade! São tantas as histórias sobre a fonte da juventude…

Até mesmo a ciência trabalha dia e noite tentando encontrar a combinação científica perfeita para parar o envelhecimento. Mas não se engane, isso não é para atender as suas necessidades e sim pela demanda do mercado que promete um volumoso retorno financeiro!

Perdas e ganhos no envelhecimento

Refletindo sobre o sentido mais profundo da beleza e do envelhecimento, nos deparamos com as nossas próprias ideias pré-concebidas e com os preconceitos estabelecidos. Quem nunca se olhou no espelho e cobrou-se com base nessas ideias?

Aceitar esse fato é estar consciente da realidade em que vivemos e do reflexo de nós mesmos na sociedade. A conscientização do exato ponto em que nos encontramos no caminho, é o ponto de partida para o amadurecimento. Logo, temos a transformação do conceito de beleza como um todo. É como se absorvêssemos todo o seu sentido e então a fizéssemos brotar novamente, ou seja, a tão falada beleza que vem de dentro.

Quanta energia gastamos com a preocupação com o olhar dos outros sobre a beleza do nosso corpo sem nos atentar para descobrir o que de fato significa para nós mesmas? Tudo bem cuidar da nossa beleza! Tudo bem também querer agradar os olhos que nos veem! Desde é claro, que este sentimento seja autentico, que venha de dentro para fora e que estejamos à vontade com isso.

Meus desejos e anseios para o “inevitável” envelhecimento

A todas nós, desejo que quando perdermos o viço da pele, e que surjam ai as primeiras ruguinhas, que estas venham com a beleza da sabedoria!

Que com os primeiros cabelos brancos, que venham o charme da segurança emocional. Que tenhamos a liberdade de os colorir com a nossa cor preferida ou deixá-los brancos e assumir a nossa bela natureza!

Que se precisarmos de óculos para enxergar de perto, que seja por conta de que enxergamos muito longe pela experiência dos nossos anos vividos.

Se sentirmos a pele flácida, que sejamos gratos pela saúde de poder nos exercitar.

Que se entramos nos “enta”, que seja um “enta” feliz, livre de conceitos, condicionamentos, conflitos e exigências sociais.

Lembrando que a desarmonia não surge devido à perda da jovialidade, mas sim surge quando há conflito independentemente da idade. As cobranças feitas aos outros não são diferentes das que fazemos a nós mesmos. Compreender isso é essencial para nossa liberdade, bem-estar e aceitação. Viva ao máximo e seja feliz independente da sua idade. Afinal, cada fase da vida deve ser celebrada ao máximo! Ah e não se esqueça, um dia estamos em cima e no outro…

Imagem: Reprodução / Instagram

@ load more