Quais desses temas você mais curte? Vamos fazer uma seleção especial pra você!










O que você procura?

A terapeuta sexual Danni Cardillo fala sobre quais são as zonas erógenas das mulheres e como sentir prazer.

Com o crescimento do empoderamento feminino, mulheres que tinham medo de falar sobre sexo acabaram se libertando e criando mais curiosidade sobre como sentir orgasmos.

A terapeuta sexual Danni Cardillo, fala sobre como as mulheres estão procurando cada vez mais cursos que elas possam se sentir seguras durante o ato sexual.

“As mulheres conquistaram o seu espaço e descobriram o prazer multiorgástico, transformando a moral sexual tradicional baseada na ignorância do medo, culpa e vergonha nessa revolução do autoconhecimento em viver sua sexualidade de forma, plena e sadia.”

Danni percebeu o crescimento de mulheres que estão investindo em cursos de Terapia Tântrica e Pompoarismo. Fazendo com que o cenário masculino se preocupe com seu desempenho. 

E cada vez mais as mulheres precisam está atualizadas sobre o âmbito sexual e tem ao seu favor apetrechos como o vibrador, que é novo queridinho delas.

A terapeuta sexual diz que a maior queixa dos homens e de entender como fazer para conquistar essas novas mulheres, que estão empoderadas modernas e exigentes.

“Cada vez mais os homens buscam maneiras de desvincular o padrão herdado da penetração por sua orientação sexual pornô irreal. O que mais tenho ouvido dos homens é: Prefiro dar prazer a receber. Essa é uma constante em minhas escutas de terapia que como profissional me orgulha e anima muito fazer parte dessa transformação que ouço nos feedbacks deles, para mim uma experiência ímpar.”

Para a terapeuta sexual a mulher tem 12 zonas erógenas no corpo que são: cabelo, nuca, pescoço, orelha, coluna lombar, interno de coxa, seios, nádegas, vagina, clitóris, ponto G e a mente.

“Mulheres são sensoriais e isso não é novidade, elas querem mais. No ato sexual elas querem ser desejadas, apoiadas, o homem precisa conduzir o erotismo, acariciando o pescoço, usando falas quentes e motivadoras em seu ouvido, acionando uma área exponencialmente sensível e pouco explorada: a mente. É o cérebro o principal motor nessa conexão, beijar as costas da parceira lamber suas nádegas arrepiar a pele são metas, mas é importante demonstrar o prazer na comunicação, só assim promovem a interação de um sexo falado, ativo e participativo.”

Ela continua falando sobre como melhorar o desempenho na cama:

“Mulheres estão cansadas desse sexo mecânico, rápido e frio. Penetração só com muita lubrificação natural esse é o indício que o corpo e mente feminino estão em equilíbrio para o ato, sem esse sinal é certo que foi uma relação amorosa vazia para ambos.”

“Elas buscam homens de atitude e autocontrole que priorizem primeiro o prazer dela, que a paquerem mesmo nessa troca de energia vital, sempre digo que não é a relação amorosa, mas a experiência do toque, a liberdade e a segurança da comunicação sensorial que ambos evoluem.”

A terapeuta sexual ainda frisa como as coisas estão mudando no cenário masculino

“É crescente os homens que querem aprender a como dar sexo oral de qualidade em suas mulheres. É desafiador criar um ambiente de respeito onde a extrusão (nome técnico dado ao sexo oral feminino) possa alcançar seu objetivo. Os homens precisam deixar de lado o nojinho e se apaixonarem pela intimidade que o ato promove na autoestima da mulher.”

Vejam o vídeo abaixo, em que a Terapeuta Danni Cardillo ensina as mulheres a chegarem ao orgasmo em um exercício bem simples.

Imagem: Unsplash

Área especial sobre Orgasmo Feminino

Sabia que a gente tem uma área especial sobre Orgasmo Feminino com muitas dicas, técnicas, fotos e vídeos?

Veja uma prévia do que espera por você

Você ainda poderá participar do nosso grupo fechado no Facebook e tirar dúvidas com uma Sex Coach, além de falar sobre o assunto com outras mulheres!
Vamos nessa? 😉

Acessar o especial Orgasmo Sozinha
@ load more